[RESOLVIDO] Manjaro-architect-18.1.0 problemas na instalação (CLI):

Bom dia, Dio, e demais colegas de forum. Já assisti ao vídeo acima e tenho algumas reclamações a fazer sobre o Manjaro.

Fui tentar instalar o manjaro-architect-18.1.0-stable-x86_64 no Virtual Box 6.1 e me deparei com os seguintes problemas:

No passo “1 - Prepare Installation”, tudo parece funcionar até que você tente passar para install CLI por exemplo. Qualquer coisa que você tente fazer ele reclama “Mount Partitions First”. As partições foram montadas e remontadas inúmeras vezes, e até deletadas e recriadas. Isso aconteceu por eu acreditar numa página do site OFICIAL mandando dar “sudo setup”. Ao refazer o processo com “setup”, essa parte funcionou normalmente e as partições se mantiveram montadas.

Em UEFI Mode (sim, o Virtual Box suporte a UEFI e eu tenho nele um ARCHEFI com LVM on LUKS full-encryption):

Também no passo “1 - Prepare Installation”, é preciso fazer algo possível porém contraintuitivo: NÃO montar a EFI System Partition e não criar partição de boot(eu até concordo com isto mas não deveria provocar erro). A única maneira de funcionar é no passo “3 - Create partitions” criar 4 partições: ESP, ROOT, SWAP e HOME. EDIT: Eu as criei via gdisk, mas poderia ser outra ferramenta também. Cada um tem sua favorita.

No passo acho que “7”, “Mount Partitions”, ele vai requerer a raiz e a swap. OK. Vão sobrar a HOME e a ESP. Ele manda você selecionar e montar as demais. Faça-o, somente para a HOME (selecione, formate, e monte em /home). Não tente formatar muito menos montar a ESP ou vai dar erro. Quando sobrar o que seria a ESP selecione “done” e espere o instalador detectar sozinho a mesma, escolha-a como EFI System Partition, dê “Yes” ao reformatá-la e tudo estará OK (exceto por eu achar coisinha demais pra um sistema que se alardeia “user friendly”, não?)

No “install CLI System”, me ofereceu uma lista de packs. Eu selecionei yay+base-devel e o kernel5.5. Em seguida, outra tela com “packs extra/opcionais”. Selecionei o KERNEL-headers e KERNEL-virtualbox-guest-additions. Prossegui com a instalação normalmente.

Ao fim e ao cabo erro. Na primeira vez, tinha dado “setup” mas acabei com o erro acima. Da segunda vez, “sudo setup” e deu erro no mount partition. Só da terceira vez, com “setup”, dei chroot quando me foi oferecido no final, constatei que o installer ignorou os headers e o vbox-guest-add, além de não ter compilado os kernels (/boot/ sem initramfs ou vmlinuz, apenas um arquivo .kver). mkinitcpio -p linux reclamou a falta de um arquivo.

Como resolvi o problema: estava chrooted, logo:
1 - pacman -S kernel55-headers (instalar os headers que não estavam lá, mas deveriam)
2 - pacman -S kernel55 (Reinstalar o kernel, apenas para que ao término da instalação ele finalmente compilasse e eu tivesse vmlinuz e initramfs)

Adicionalmente, instalei outras coisas que faltavam (como linux55virtualbox-guest-additions), mas o que fiz acima foi o suficiente para ter um sistema funcional. Exit seguido de fg pra voltar ao instalador e “done” pra terminar.

Agora… que papelão hein, Manjaro? Logo na instalação? E se fosse uma máquina real que a pessoa precisa pra trabalhar? Do que adianta tanta user-friendliness se na hora do vamos-ver sem conhecimento técnico a pessoa ficaria presa ali para sempre?

P.S.: i3 e MATE funcionam como um relógio, Xfce4 não. No início “culpei” o virtualbox mas percebi que uma vez ela iniciou e funcionou. Ora, há algo muito errado aqui! E não pode nem ser pacote faltando já que, quando a instalei, ela funcionou com o que tem hoje. Como é isso?

Enfim, Dio, Manjaro “user-friendly”, não dá meu amigo. É justo na instalação que ele deveria “superar” o Arch já que na mesma semana ouvi mais de uma que fulano usa Manjaro pra fugir do Arch Install (faz um ano isso). Como pode isso então? Sei que o lugar correto de falar é o forum deles, mas estou me manifestando já pra ir avisando outros e vendo se recebo algum feedback.

Abraços a todos.

Extras: imagens

1 - chrooted, após instalar os kernels 419, 44, 49, 53, 54, 55, logo após pacman -S linux55 linux54 linux53, reparem como já tem vmlinuz e initramfs pra esses três mas pros outros ainda só .kver:


2 - i3 funcional

3 - MATE funcional

4 - Xfce4 não-funcional (mas uma vez, do nada, funcionou, não entendo).

Instale com a versão mais recente do Architect antes de fazer um texto deste, as ISOs foram atualizadas para a versão 18.1.5 dia 8, e a versão 18.1.3 estava disponível desde 2019-11-29.

Acho que quem fez isso foi você, escolher uma versão antiga que foi construída antes de algumas transições para “opinar” da distribuição.

Saudações.

1 Curtida

@anon18965540 não encontrei no site do Manjaro. 18.1.5 só as três com KDE, Xfce e GNOME.

https://manjaro.org/download/

EDIT: Consegui encontrar no link abaixo, saindo a partir do site do Manjaro. De fato há uma versão 1.8.3 e a 1.8.5

O bug existe na 1.8.0 mas faço votos de que esteja corrigido. Agradeço a citação das versões pois acabei encontrando-as.

2 Curtidas

Problema resolvido no manjaro-architect-18.1.5, o link para baixar a ISO está no meu post acima.

  • Kernels devidamente compilados (vmlinuz e initramfs) durante a instalação.
  • KERNEL-headers e KERNEL-guest-modules ainda não aparecem instalados mas não sei se estão. Estou confiando na saída do pacman -Ss. De qualquer forma são pequenos e os instalei sem problemas.
  • Xfce4 roda perfeitamente desmarcando a checkbox “3D Acceleration” nas configurações da VM.

@anon18965540 Grato por citar as outras versões que não estavam na página e resolveram o problema.

2 Curtidas