Relógio movido por batimento cardiaco

Estava me lembrando de um relógio que meu pai ganhou anos atraz de um colega dele, em que ele era mecânico, mas ele funcionava sem pilhas, de acordo com os pulsos cardíacos da pessoa.

Fazendo uma pesquisa, ví que essa é uma tecnologia de uns 250 anos atrás.

Aí eu me pergunto, porquê não temos hoje algo que também aproveite da energia corporal? Tanto física, química ou termal, hoje, acessível as pessoas?

1 curtida

Normalmente a explicação é simples: o custo de fazer um sistema destes e a confiabilidade não compensa em relação a utilizar uma bateria convencional, padronizada.

Achei essa explicação técnica bem interessante, e que sim, seria bem prática para uso em smartphones e até em fones sem fio:

1 curtida

Crio essa pergunta num dia, e no outro a Mari do Manual do Mundo dá essa expliação de como funciona o relógio automático: