Quando o vendedor não ajuda quem quer usar Linux

o pessoal de direito que me corrija.
mas isso não seria induzir o consumidor ao erro?

4 curtidas

Fora o agravante que muitos usuários não tech savvy, até mesmo os que já possuem um pouco mais de noção de tecnologia porém são ignorantes, tem medo e “raiva” do pinguim… Tiro isso por um episódio que aconteceu no serviço do meu pai. Em fim, acho que vale a pena criar um tópico para isso “Por que o Linux é odiado, por muitas vezes, sem motivo ou por ideias fúteis?”

6 curtidas

Sim, isso inclusive também remete a outro ponto: antes de se recomendar uma distro para um usuário sem contato prévio com Linux ou outra família de sistemas operacionais é necessário que se estabeleça minimamente o perfil da próprio pessoa e o uso pretendido, do contrário, mesmo que a distribuição seja excelente, robusta, competente etc, sua indicação pode ser inadequada, por isso, ao recomendar é preciso se colocar no lugar da pessoa e não querer de forma proselitista apenas recomendar os sistemas de nosso agrado.

3 curtidas

eu me pergunto
o que é que custa vender um computador sem sistema operacional instalado?
eu tenho certeza que se vendessem sem OS instalado venderia.

4 curtidas

O problema não é técnico, mas legal.
Infringiria o código de defesa do consumidor ao entregar um produto que não é “completamente funcional”. Em tese, isto é ultrapassado em máquinas sob demanda, em que pessoas com presumido conhecimento técnico fazem opção expressa de vir sem sistema.

E aí digo que infelizmente, vale a máxima do mercado. Se as pessoas não querem aprender, não querem saber que têm a opção, pagam caro sem nem saber.
É a mesma coisa com tarifa bancária, com carro à vista x financiado etc. E quem tem um mínimo conhecimento, acaba ficando tão à margem do mercado que ou passa raiva ou sem o produto.

2 curtidas

E voltamos ao problema inicial: a venda é feita de qualquer jeito e o usuário acaba apelando para a pirataria. Isso apenas fortalece o monopólio e diminui as opções para as pessoas

5 curtidas

O Linux Educacional era bem feito.
Ocorre que a experiência dos usuários com ele foram em escolas, ambiente que era muito controlado e que nem sempre o hardware existente era bom o suficiente para rodar o Linux Educacional. Em alguns ambientes um único computador era usado como multiterminal por até quatro usuários.

Outro problema do Linux Educacional é que nem sempre as escolas contavam com alguém para tirar as dúvidas dos professores quanto ao funcionamento do sistema, e nem sempre havia alguém que cuidava das máquinas. Era bastante comum ninguém da escola saber a senha do root, necessária para atualizar o sistema e fazer algumas tarefas administrativas (até mesmo mudar de rede era necessário ser root, pois o Linux Educacional foi criado tomando diversos cuidados para ser usado em um ambiente em que muitas pessoas iriam utilizar o mesmo computador e qualquer descuido poderia desconfigurar o computador).

5 curtidas

o problema não é o Linux. o problema é a comunidade pois 80% dos usuários de Linux são esnobes. e quando os mesmos se dão o mínimo trabalho de “ajudar” iniciantes interessados a entrar no universo universo Linux, essas “segunda ressurreição de Albert Einstein” usam uma linguagem na tentativa de humilhar e espantar o pobre novato. por causa desses o Linux nunca vai pra frente e ficar restrito só esse nicho sem oportunidade de crescimento e investimento igual seus concorrentes.

o meu dell vei com ubuntu rodando as apps de boa liso só que eu não tinha experiencia ai coloquei windows , ai dp de conhecer o dio fiz dual boot com o propio ubuntu. dp testei mint, pop etc…

1 curtida

Ué. Que comunidade tu tá visitando? Única que um dia foi assim, que eu tenha ciência, é a do Arch e do Manjaro (gringa). Usando o mesmo argumento, a gente pode ver que a “comunidade” do Windows consegue ser pior ainda por simplesmente não saber conversar quando a palavra “Linux” aparece no meio. Basta acessar qualquer vídeo do youtube que aborde sobre o “Windows 11 e a polêmica mudança de requisitos mínimos” que tu vai ver o desrespeito total se algum cidadão sugerir que utilize alguma distro Linux.

4 curtidas

Nem a do Manjaro (ao menos o Fórum) - eu sempre olho e as pessoas são bastante cordiais (ao contrário do Fórum do Garuda, onde a maioria das respostas é na base do “te vira, mermão”

5 curtidas

Já tive essa mesma experiência, sugerir a possibilidade de usar Linux pra eles é como se você tivesse xingando eles ou algo do tipo, difícil entender porque alguns tem tanto ódio por um software que nunca usaram

4 curtidas

Síndrome de Estocolmo, só pode.

2 curtidas

Só que não.

5 curtidas

Adiciono ainda mais um evento ao comentário sensacional do Sergio

E outro de brinde

2 curtidas