Qual seu tamanho de notebook favorito?

  • Pequeno (12,1" ou menor)
  • Médio (13,3"~15,6")
  • Grande (16,4" ou maior)

0 votantes

Só por curiosidade

1 Curtida

Respondi grandes, sempre tive médios… mas eu curto netbooks, pena que não prosperaram

2 Curtidas

Sempre usei os de 14" e achava pequeno, aí comprei um de 15,5" e agora acho muito grande e pesado :sweat_smile:. Como eu sempre uso ligado a um monitor, quanto mais leve melhor, com certeza meu próximo notebook vai ser de 14" pra baixo.

Prefiro notebooks menores, de 14" pra baixo, o que facilita muito o transporte. Hoje estou usando um de 15,6" que considero o limite.

1 Curtida

15’’-16’’ sempre foi meu tamanho favorito de laptop, mas provavelmente ia começar a preferir notebooks menores (para especializar na portabilidade) se tivesse um desktop pessoal.

1 Curtida

Netbooks com as tecnologias atuais seriam belíssimas máquinas. Sad :confused:

2 Curtidas

A Apple pensa parecido… os MacBooks são bem compactos já tem tempo… com os chips ARM isso deve se manter

2 Curtidas

Que essa trend ganhe força fora do ecossistema da maça. Sem condições de negociar outro rim por um macbook kkkkkk

1 Curtida

Pior que essa não é a tendência da indústria, mas de disfarçar tablets X86 (basta abrir um dessas batatinhas pra ver) com cara de notebook médio… triste

2 Curtidas

Acho que depende da proposta, se for para jogar ou usar como workstation (como substituto para um desktop), quanto maior, mais rústico e robusto melhor, se for focar em portabilidade mesmo (para viajar, usar no trabalho, escola, faculdade, etc) quanto menor e mais fino melhor.

3 Curtidas

Tem os notebooks compactos, mas, custam fortunas. Um dos poucos com essas características e com hardware modesto em nosso mercado é o Lenovo 300e, o qual me interessa muito pela portabilidade, porém, no momento o preço não compensa pelo hardware que entrega, vou esperar as coisas melhorarem para ver se consigo pegar um:

https://www.lenovo.com/br/pt/laptops/lenovo/student-laptops/Lenovo-300e-2nd-Gen/p/88EL10S9992

Aqui no Brasil, você só os encontra com Celeron e Pentium, no exterior tem AMD também.

1 Curtida

Acho que cheguei a postar aqui um que é feito no Peru de madeira e reciclados… esse tipo de iniciativa deveria vingar mais por aqui

2 Curtidas

Postou, achei o projeto interessantíssimo, tanto pela inovação, quanto pela finalidade social. E o mais interessante é que é na América Latina, já que no exterior temos um número considerável de iniciativas assim, mas, na Europa, Ásia e EUA-Canadá.

2 Curtidas

O próprio Raspberry, aqui um mimo, nos EUA tem função mais social/educativa que outra coisa…

1 Curtida

Realmente, mais de 3K num Celeron 4gb de ram e 64gb de
EMMC é paia…

2 Curtidas

Infelizmente quase todos esses equipamentos perdem o sentido no Brasil. lembra dos laptops de $100 que no Brasil se tornaram os “netbooks do Governo” e que quadruplicavam de preço?
FNDC - Era uma vez um laptop de 100 dólares.
XO-1 – Wikipédia, a enciclopédia livre
Classmate PC – Wikipédia, a enciclopédia livre

2 Curtidas

Aqui no Brasil enquanto o dolar não baixar de 4 reais nada vai fazer sentido, a minha GTX 1080 que comprei ~ 4 anos atrás está mais cara hoje aqui do que perto do seu lançamento… :man_shrugging:

1 Curtida

O interessante desse notebook são algumas features como a portabilidade, a tela touch screen que permite o uso até de um lápis comum, as certificações militares de resistência e a resistência do teclado a derramamento de líquidos.

1 Curtida

Sim, e o pior que essa situação não tende a melhor esse ano. Já estou até pensando em futuros upgrades de meu notebook, porque sei que não terei condições de comprar um novo tão cedo em um país onde até notebooks de entrada estão custando mais de 3.000 reais.

eu descartei completamente a troca de notebook dentro ou fora do país enquanto o dólar estiver acima de 3,50. Em momentos assim se o computador não está queimado já é lucro. E para piorar os modelos ultra leves que são minha preferência são os mais fora da realidade hoje.

1 Curtida