Qual distro atual é indicada para iniciantes, que seja estável?

Bom dia, tarde, noite!!!
Primeiramente gostaria de parabenizar esse canal. Foi através deste que decidi sair do mundo fechado Microsoft e entrar para o opensource, mundo Linux.
Minha expectativa de meses está sendo mediana… Já instalei as distros:
Mint - Dificuldades para instalação drivers de vídeo Intel gráfica…
Deepin - Sistema instável, após atualizações gerou erro de inicialização, mesmo em modo de segurança não consegui resolver.
Zorin OS - Estava de boa e até curtindo, um mês instalado, porém, após atualizações, ficou muito lento, até mesmo na inicialização.
Todas as distros informadas acima, instalei as últimas versões.
Peço por favor, indicações para uma distro estável para produção, pois não jogo.
Não gostaria de retornar para o Windows…
Desde já obrigado!!!

3 Curtidas

acho que vc deveria tentar o debian 10 na minha opinião é a distro mais estavel

1 Curtida

Obrigado pela sugestão…

1 Curtida

Debian é super estável mas não é muito amigável para iniciantes do mundo linux. Se você quer algo mais “novato”, ubuntu e mint são os mais indicados. Se busca estabilidade, vá de debian mesmo. Agora, existem outras distros fora dessa base. Manjaro, por exempo, tem uma estabilidade interessante para distros rolling release. E embora nunca tenha usado fedora, sempre ouvi que é uma boa estação de trabalho

1 Curtida

Acho que Ubuntu é uma boa pedida, distro bem amigável, vasta comunidade pra te ajudar, facilidade na configuração

3 Curtidas

Teste o Kubuntu também!

2 Curtidas

Obrigado pela sugestão…

Obrigado pela sugestão. Eu realmente procuro algo para iniciantes, que no momento, não precise usar terminal para instalações. Já ouvi falar muito bem do Debian 10, só não instalei por conta que não é tão fácil para iniciantes, rs. Pesquisei também sobre o Manjaro, mas vi que no repositório não há tantos aplicativos para ser instalado, por exemplo, Google Chrome
Vou analisar as indicações da galera e tomar uma decisão. O que preciso de fato, é trabalhar, e ter produtividade na estação que será instalado a distro. Trabalho muito com formulas e planilhas, e designer gráfico.
Mais uma vez, obrigado.

1 Curtida

cara, desculpa mas ri bastante agora. Manjaro conta com AUR, uma base de pacotes do arch que chega a rivalizar o Debian. se não encontar na base da distro, só ativar o aur no pamac (o gerenciador de pacotes da base arch).

E cuidado com um dos maiores erros de novos usuários: buscar usar o mesmo programa que usa no windows. Quando se muda para o mac ou para o iphone, poucos passam a usar o que usava no windows. Por que tem que ser diferente quando passa para o Linux?

Se quer um navegador tipo chrome, use o chromium, no qual o chrome é baseado (a google testa primeiro no chromium e depois leva para o chrome, mas nao quer dizer que seja instável, existem as versões “estável” e “desenvolvedor”).

2 Curtidas

Obrigado pela resposta. Só comentei sobre o Manjaro, pois vi comentários no Youtube,
Realmente não irei usar os mesmo programas que rodam no Windows, sei que há similares com outros nomes, pro exemplo LibreOffice, que em minha opinião e idêntico com o Office Microsoft, e me atende muito bem, o Gimp que me atende muito bem nos meus trabalhos gráficos, e se eu precisar algo do Windows nada nada melhor que emular com o Wine.
Porém assumo que sou novato em relação ao terminal, porém procuro aprender.
Mais uma vez, obrigado pela resposta.

1 Curtida

Olá, aleclaro.
Parabéns pela decisão de vir para esse mundo!

Eu recomendo o Ubuntu e o Mint (que é um derivado direto do Ubuntu). Pelo fato do Ubuntu ser o mais comercial das distribuições os projetos do Ubuntu e derivados são bastante estáveis, amigáveis e trazem outras facilidades que outros não trazem por conta de questões de filosofia de projeto, como Drivers proprietários, alguns programas de terceiros, e um suporte mais profissional ao sistema … O Debian, por exemplo, é um sistema extremamente estável e robusto, mas no qual é bem mais complicado instalar esses drivers e programas fechados. Além disso, por serem muito usados (Ubuntu e derivados), existe muita documentação, tutoriais, e afins para eles.

Sobre as suas questões de cada distro, eu não posso falar sobre o Zorin e o Deepin pois nunca os usei, mas ouço falar muitas coisas boas sobre o Zorin. Já sobre o Mint, nas versões mais atuais, não é necessário instalar nada em relação ao Driver da Intel pois esse já vem embutido no próprio Kernel. Para ser mais exato, isso acontece para todas as distribuições que trazem versões minimamente atualizadas do Kernel. Além disso, no Mint há uma ferramenta que permite a mudança do Kernel usado, que pode ser usada para alterar para a versão mais nova. Isso muitas vezes resolve a grande maioria dos problemas de suporte a Hardware em computadores mais novos.

2 Curtidas

Creio que deva ter ocorrido algum equívoco, para ter os drivers atualizados da intel, basta manter atualizado o mesa driver. Se foi só por conta desso, o Mint pode ser uma excelente opção.

Como já foi dito, o Debian é bastante estável. Mas não é muito amigável. Acho que o ideal seria começar por uma distro base Ubuntu; Mint(s), xubuntu, lubuntu, Kubunto “Mubuntu” mate, etc. Como o seu foco é produtividade, outra possibilidade seria usar o Fedora 30, ou o Fedora SilverBlue, que promete ser inquebvrável.

Resumindo, em seu lugar, eu iria de alguma distro base Ubuntu, principalmente pela facilidade de suporte, disponibilidade de aplicativos e documentação. Não sendo base ubuntu, em seu lugar, eu iria de Fedora ou Silverblue.

Experimente as possibilidades. Somente você pode definir o que é melhor e mais adequado para você. E conte com esta comunidade para ajuda-lo no que precisar.

Boa sorte

3 Curtidas

Olá, Bruno.
Muito obrigado pela sua resposta, muito clara e objetiva.
Como disse nos comentários acima, sou novato, mas com muita vontade de aprender.

2 Curtidas

tnsampa
Muito obrigado pela sugestão, resposta clara e objetiva.

2 Curtidas

Mint - Dificuldades para instalação drivers de vídeo Intel gráfica…

Creio que deva ter ocorrido algum equívoco, para ter os drivers atualizados da intel, basta manter atualizado o mesa driver. Se foi só por conta desso, o Mint pode ser uma excelente opção.

Só um observação, No Mint, meu problema estava na resolução, que não conseguia alterar de forma alguma, permanecendo em 1024x768, após usar o comando:

xrandr
cvt 1440 900 60
xrandr --newmode “1440x900_60.00” 106.50 1440 1528 1672 1904 900 903 909 934 -hsync +vsync
xrandr --addmode VGA-1 1440x900_60.00
xrandr --output VGA-1 --mode 1440x900_60.00

e editando o .profile
xrandr --newmode “1440x900_60.00” 106.50 1440 1528 1672 1904 900 903 909 934 -hsync +vsyncc
xrandr --addmode VGA-1 1440x900_60.00
xrandr --output VGA-1 --mode 1440x900_60.00

Mesmo reiniciando não assumia a configuração, retornando para 1024, isso me estressou que optei em formatar e testar o Zorin, mas como disse, após 2 meses de uso, está ficando muito lento, principalmente na inicialização.

Uso o Linux em um desktop com processador I3 com 4Gb de memória ram, e HD de 1 Tera.

2 Curtidas

realmente, você só vai saber qual a melhor distro testando. Infelizmente nao há outro jeito kkkk =(

1 Curtida

Já usei muitas distros diferentes ao longo dos anos. Mas desde 2015 que tenho preferio o Mint XFCE. Atualmente uso Mint, Lubuntu 18.04.3 (LXDE) e Fedroa 30 XFCE. Você deve usar o que for melhor para você. Sua máquina não é nehuma maravilha, mas também não é nenhuma porcaria. Pelas configurações, eu daria preferência a DEs mais leves como, XFCE, LXDE, LXqt, Mate… Mas isso sou eu. inclusive eu acho que o grande lance é a escolha da DE. Se sua escolha for, por exemplo, O XFCE, vocẽ poderá usar Xubuntu, Mint XFCE, Debian XFCE, Fedora XFCE, etc sem grandes dificuladdes, porque o ambiente te será familiar. O mesmo vale para o Gnome, KDE, etc. Se sua escolha for pelo Gnome, se vc se acostumar com a DE, terá poucas, ou nenhuma, dificuldades em migrar de Ubunto para Fedora Workstation, por exemplo, porque a De te será familiar. Ao menos é como me sinto.

2 Curtidas

Eu recomendo linuxmint/ubuntu, manjaro e endless .Sendo o endless para iniciantes de computador em geral…

1 Curtida

O Debian 10 já conta com instalador gráfico bonitinho (não use a netinst) e deve funcionar bem com os drivers da intel. Qualquer coisa é só habilitar o repositório “non-free” e depois só ir atualizando. Nunca tive problemas de lentidão com ele. Também é bom que não fica atualizando o sistema toda hora, eles corrigem apenas atualizações de segurança para cada versão. Para quem não fica instalando repositórios de terceiros vale muito a pena. Além do mais com alguns meses de uso você não é mais tão iniciante assim para deixar de fazer uma administração básica do próprio computador.

Não falaram aqui, mas o OpenSUSE é uma ótima pedida. Eu instalei apenas o tumbleweed, que é rolling release. Muito bom, mas não gostei que duas a tres vezes por semana sai uma atualização de 600 mb (ponto ruim de qualquer distribuição rolling release). Talvez OpenSUSE Leap 15 seja a opção ideal para você. Conta com o Yast, que é tipo um gerenciador de configurações que concentra tudo em um só lugar: firewall usuários, atualizações, repositórios, kernel, máquinas virtuais, enfim… um show! No debian cada item desse tem caminho para seguir. Claro que depois de configurado é só alegria!

2 Curtidas

Isso é realmente estranho. Pelas configurações do monitor, do próprio sistema, também não apareciam as outras resoluções?

De qualquer forma, se decidir testar novamente o Mint ou qualquer outra distro, e tiver problemas semelhantes, venha antes aqui no fórum que a gente ajuda a resolver. Nenhuma distribuição Linux é perfeita, assim como o Windows, MacOS e qualquer outro sistema também não são. E geralmente as soluções são mais simples do que parecem ser.

3 Curtidas