Plasma 5.20. Novo e melhorado por dentro e por fora

Sim, de fato. Veja o caso do Okular. Apesar do Evince ser muito bom, o Okular (e o Foxit) são bem superiores - e o Okular é o único em Linux que conheço que usa o espeaker pra ler textos, o que o torna indispensável aos que tem baixa visão

Eu assisti uma live do KDE Brasil e o empenho em torno do Okular é muito grande. Muitas pessoas colaborando e implementando coisas novas, fiquei impressionado.

1 Curtida

5.19 ainda… já era pra ter vindo no Tumbleweed, não é mesmo?

3 Curtidas

Deve sair logo, mesmo na versão rolling release a turma do Suse é mais preocupada com estabilidade que o padrão.

3 Curtidas

Vi em algum lugar, que no Manjaro, o 5.20 vai sair no dia 20/10. Estou ansioso. kkkkk

2 Curtidas

O q seria padding/margem interna?

Também concordo, o gerenciador de partições do KDE, precisa de uma melhoria.

2 Curtidas

e eu achava que talvez a 5.17 seria a última versão

Visualmente o Discover não é atrativo e definitivamente possui espaço para melhora, mas no que se refere a funcionalidade – junto a AppCenter do ElementaryOS – o Discover é a central (não loja) mais útil que já utilizei em Linux para Desktops, com boas e rápidas pesquisas, mas isso apenas foi possível recentemente.

Sobre o Chromium, o seu problema é algo referente a base Ubuntu e aqueles que optam por utilizar os snaps.

Ademais, sobre novidades para o discover e outros, saiba que existe uma comunidade de UX/UI muito forte por trás do Plasma, ou seja, já existem mockups e discussões inteiras sobre o futuro do Plasma, Discover e outros apps. Particularmente, estava acompanhando a discussão de um mockup que chamou atenção e está atualmente em aberto. Segue imagem:

6 Curtidas

É o espaço entre a borda da janela e o conteúdo da janela, um exemplo bem exagerado:

Sem título

Sem título2

Obviamente ocupa mais espaço mas fica melhor

5 Curtidas

Na verdade, só para pontuar, coisas* podem ser feitas de forma integrada no OpenSUSE e Fedora via Discover e applet do painel do Plasma, como atualização do sistema/app’s, gerenciamento de programas instalados/não instalados e repositórios…

3 Curtidas

Algo que não gosto do Discover além do seu layout, é deixar a quase 1 click do usuário quebrar* o sistema removendo o Plasma todo…rs
Não que eu ache que, necessariamente, o sistema tem que ser a provas de “usuário quebrador de sistema” mas da maneira que está não é boa não…

É assim no OpenSUSE TW e Fedora spin KDE:

4 Curtidas

Sim, é da base Ubuntu, a Canonical descontinuou a compilação do navegador em .deb

Se o sistema não vier com a “runtime” a primeira instalação demora mesmo, é tipo o Flatpak

2 Curtidas

Acho que a equipe do KDE poderia dar uma simplificada na parte de som, acho muito poluída visivelmente.

1 Curtida

Eu já não gostava do Muon Discover.

Quando ele ficou abandonado por tempo demais, KDE o substituiu pelo Plasma Discover ─ que gostei menos ainda. ─ Também não gosto de “lojinhas” em geral.

Em geral, removo Discover, PackageKit etc., e verifico atualizações manualmente, por comando, no início do dia ou no final da tarde.

Depois, atualizo por comando mesmo (pacman, zypper, urpmi, xbps). ─ Quando existe Synaptic, aplico as atualizações por ele, pois é praticamente um apt, e fica um “histórico” muito amigável, com direito a pesquisa. ─ No Mint, aplico pelo mintUpdate (fork do Synaptic), que deixa o mesmo histórico amigável no Synaptic. ─ Em outras distros, raramente uso YaST2, Drake etc., só em casos muito especiais.

No Arch, uso o pcurses só para pesquisar o nome exato de algum pacote, ou para ver dependências e outros detalhes. ─ Mas depois instalo pelo pacman, mesmo.

KDE precisa urgentemente de designers.

1 Curtida