Os melhores aplicativos para linux que ninguém mais usa!

Como tudo na vida os aplicativos para o nosso amado Linux nascem, evoluem e morrem! Ou pior ainda há muitos aplicativos que você com certeza você já usou no seu Linux e agora nunca mais ouviu falar?

O Slackware ainda usa LILO.

1 Curtida

Acho que muita gente aqui nem conhece o LiLo :joy:

Sim, mas ele era praticamente o padrão em varias distros, ai chegou o GRUB e o LILO deixou de ser usado.

Eu também só conheço pelo Slackware

Usei uma série de coisas que foram perdendo usuários, deixando de serem mantidas etc, mas antes de falar delas, gostaria só de dizer que o Xine sempre foi uma bomba instável e que o Nero Linux era praticamente desnecessário diante do K3B. O XMMS foi ótimo, mas morreu com a primeira geração do toolkit GTK, sendo substituído com tranquilidade pelo Audacious, que também pode usar skins do Winamp, caso o usuário deseje.

Outros softwares que eu usei no passado e hoje meio que são lenda:

  • Xfm (gerenciador de arquivos e de programas, que vinha num dos conjuntos de pacotes do Slackware e que até hoje está no pkgsrc do NetBSD, mas que eu não consegui rodar quando tentei tempos atrás, mas… talvez tenha sido antes do último fix para segfault com a Xaw3D)
  • TkDesk (outro grande gerenciador de arquivos, que também vinha no Slackware e era bem legal, apesar de bugado, faz tempo que desisti de tentar rodá-lo, mas também está no pkgsrc)
  • SIAG Office (pacote leve com planilha, editor de textos, gerenciador de arquivos e criador de animações, também está no pkgsrc)
  • Maxwell (processador de textos que flopou)
  • Corel WordPerfect 8 (processador de textos comercial)
  • Applixware (também comercial, era meio esquisito, mas eu gostava desse pacote para escritórios, até saiu uma Home Edition há uns 10 ou 15 anos, mas não foi mantida)
  • Xmultimedia (reprodutor de CD e controle de volume para X, ainda nos tempos do OSS)
  • Xv (visualizador de imagens com alguns recursos de edição, também está no pkgsrc)
  • Dfm (gerenciador de arquivos que lembrava o OS/2)

Capturas de tela:

XMixer e XPlaycd no Conectiva Red Hat Linux Marumbi:

Applixware 4.37 no Conectiva Red Hat Linux Marumbi:

Xv 3.10a no Conectiva Red Hat Linux Marumbi:

1 Curtida

XFree86, alguém chegou a usar?

Sim, editei muito o /etc/X11/XF86Config.

2 Curtidas

Usei no Kurumin, e era fácil editar a configuração.

Um dia, me deparei com o Grub 0.x e fiquei perdido. Foi o Grub Customizer que me salvou, de imediato. Depois fui aprendendo a lidar diretamente com o Grub.

Instalando o aMule, alguém mais?
Vou conhecer essa ferramenta é agora.
Brabo é que a versão do repositório é de teste então esta bugada, mas eu vou compilar do código fonte.

1 Curtida

Baixar discos inteiros.exe
HUE

1 Curtida

Terminei de compilar, se alguém quiser ajuda, abre um tópico de como compilar.


Compilei em menos de 5 min.
Caraca olhando a estrutura dos diretório dos arquivos compilado esta prontinho para criar o pacote DEBIAN.

1 Curtida

Que lembrança boa , antes do audacious veio o beep-media-player (beepmp), o audacious já foi um fork direto do Beep, que depois mudou a interface para mais moderna e virou BMPx, na época eu também utilizava o gXine ao invés do totem, o xine-ui tinha opções demais e apesar de todo mundo praticamente utilizar mplayer eu sempre usei a xine-lib com os codecs do mplayer até surgir o gstreamer.

1 Curtida