O que torna FPGA tão superior a emulação?

Além da possibilidade de programar o comportamento do hardware posteriormente, o que torna o FPGA tão superior a emulação?

Emulação de que?

De hardware.

Copiando e colando um trecho de uma entrevista com um moderador de um fórum de FPGAs:

O processamento baseado em FPGA é extremamente eficiente em executar a tarefa de emulação de hardware, uma vez que permite que várias operações ocorram simultaneamente em tempo real. Os circuitos eletrônicos do hardware original são repletos de chips e circuitos que operam em conjunto, e o tempo de cada operação é bastante específico. Emular com precisão o hardware de mesmo consoles simples, como o NES, requer uma CPU tradicional monstruosa para obter resultados semelhantes a FPGAs de baixo custo. Então, os emuladores tradicionais geralmente tomam atalhos onde o FPGA não.

4 Curtidas

Muito interessante. Dizem que essa fidelidade exige muito trabalho na programação.

No FPGA você tem uma implementação física de um circuito no gate array do chip FPGA. Se o código HDL (descrição do circuito) for uma descrição fiel do circuito original, você tem a implementação de um circuito equivalente ao original. Neste caso, as principais vantagens são a acurácia e a ausência de input lag.

2 Curtidas