O que significa cada diretório do Linux

#1

Geralmente quando alguém vai explicar sobre o diretório / para um iniciante a pessoa explica o que o diretório contém mas não o nome isso pode ser confuso então pra um resumo geral hoje continuando (na verdade substituindo) uma série de artigos que eu fiz no grupo do Facebook hoje eu vou mostrar o que significa cada diretório do Linux:

Diretório Significado
/bin Esse não tem muito segredo, significa BINaries é onde ficam os binários (com binário entenda executável) essenciais do sistema como o Bash, mkdir, cd...
/sbin Esse também não tem muito segredo, significa System BINaries é onde ficam os binários principais do sistema, aqui ficam os programas que interagem diretamente com o kernel, como o lsmod e o insmod (que permitem listar e carregar módulos do kernel respectivamente), ferramentas que permitem manipular sistemas de arquivos, o firewall, etc...
/lib Esse é o terceiro mais literal significa LIBraries é onde ficam os as bibliotecas (um tipo de binário com funções que são executadas através de outra biblioteca ou de um executável), você pode encontrar essa pasta com as terminações 64 e 32 essa é a arquitetura das bilbiotecas, isso acontece porque o nome é igual, logo manter na mesma pasta iri dar problema
/mnt Esse é simples de entender seu nome vem de MouNT é basicamente um lugar para você montar os seu arquivos de imagem usando o comando mount
/cdrom Esse é o mais literal é onde o CD - DVD eram montados
/lost+found É o segundo mais literal, do inglês Achados+Perdidos são nós defeituosos recuperados pelo fsck
/var É o quarto mais literal, seu nome deriva de VARiable o ideal seria que o /usr fosse somente leitura (tanto é que você até pode fazer isso) mas aí fica a questão: Onde os o sistema vai salvar os logs, cache, registros, estados...? A resposta é o /var, teoricamente tudo que é dado variável é salvo aqui
/sys Esse deriva de SYStem, ele não existe embora tenha arquivos lá, ele é uma interface para o kernel, se quiser buscar alguma informação (ou definir) sobre o sistema a nível kernel, é aqui que você encontra
/run Esse deriva de RUNtime data, ele também não existe embora tenha arquivos lá, aqui é um diretório temporário para arquivos relacionados a inicialização do sistema, de aplicativos e de alguns sistemas de arquivos MTP e PTP
/boot Aqui é onde ficam os arquivos de inicialização, é um nome literal mas pouco conhecido sua origem (que está bem explicada no artigo da Wikipédia) deriva de BOOT strap, a tradução seria algo como cadarço
/proc Seu nome vem de PROCesses, aqui é outro que "não existe" nele você encontra informações sobre cada processo que está em execução incluindo o kernel separados por ID
/home Seu nome vem do inglês "casa" e é bem isso aqui fica a Pasta Pessoal de cada usuário exceto o Root
/root Essa é Pasta Pessoal do Root
/dev Seu nome vem de DEVices, aqui ficam os dispositivos do computador é como se fosse o backend do "Meu computador"
/media É onde os dispositivos de armazenamento no /dev são montados
/opt Seu nome vem de OPTional softwares, aqui ficam (ou deveriam ficar) como o nome indica os softwares opcionais, isto é os softwares que você instalou, não prática poucos softwares usam mas ainda sim é pra isso que ela serve
/srv Seu nome também é uma abreviação SeRVer, agora não preciso nem dizer pra que serve, essa seria a pasta para colocar os arquivos do servidor, ela está caindo em desuso a pasta /var está sendo usada para esse fim também
/etc Seu nome são as iniciais de Edit To Configure, aqui ficam os arquivos de configuração de todo o sistema
/usr Seu nome são as iniciais de Unix Shared Resources, são os recursos compartilhados do sistema, no geral tem uma pasta de binarios, uma de bibliotecas e a compartilhada (share)

Num resumo é isso no futuro talvez eu explique mais detalhadamente alguns diretórios como USR, ETC, PROC, VAR, DEV… que tem subdiretórios específicos

9 Likes

#2

Fantástico. Esse é um excelente recurso para todos.

3 Likes

#3

Olá fico feliz que tenha achado útil :grin:

0 Likes