O que faz uma distribuição linux reconhecer os drivers do dispositivo

O Linux FX é a única distro do Linux que encontra os drivers do computador, por se assemelhar ao WIndows?

Os drivers são presentes no kernel Linux.

Eu desconheço Linux FX, mas acredito que ele só tenha uma aparência semelhante ao Windows 10.

Questão de drivers deve ser o mesmo que instalar um Ubuntu, Fedora ou Manjaro.

3 curtidas

Os drivers são encontrados e instalados automaticamente na maioria das distribuições. O LinuxFX é apenas uma das diversas distribuições GNU/Linux disponíveis, sendo seu “diferencial” a interface copiada do Windows 10.

2 curtidas

A semelhança é só uma casca (literalmente), o reconhecimento de drivers extras é feito pelo Ubuntu

3 curtidas

“O Linux FX é a única distro do Linux que encontra os drivers do computador, por se assemelhar ao WIndows?” Não! O Linux kernel que as distribuições usam já possuem os drivers imbutidos que vão reconhecer a maioria dos hardwares atualmente. É por isso que quando vc instala um Ubuntu por exemplo, vc não precisa sair a procura de drivers para camera, vídeo, som, wifi e etc. Geralmente quando vc termina a instalação já está tudo funcionando e pronto para uso. O diferencial do Linux FX está mais na interface que copiou o Windows 10, mas o seu funcionamento de reconhecimento de hardware é igual as outras distros Linux.

3 curtidas

Não sei se minha explicação é a correta,mas vou tentar:

Acho que o kernel não tem os drivers embutidos,senão o kernel ficaria muito pesado de baixar e compilar,acho que o kernel tem o código fonte para reconhecer os drivers,seria isso,me corrijam se eu estiver errado.

2 curtidas

Sim, mas na maioria das vezes só é apenas um pequeno arquivo (bem pequeno mesmo) que faz reconhecer o dispositivo pelo kernel, algo semelhante aos .INF no Windows.

1 curtida

Quem detecta os dispositivos é o kernel. Ele verifica qual é o fabricante e modelo de todos os dispositivos do seu computador e carrega os módulos compatíveis (os módulos fazem parte do kernel).

Alguns dispositivos possuem implementação parcial no kernel, ou seja, dependem ainda de partes proprietárias (código binário distribuído pelo fabricante - firmware) e não são instalados em algumas distribuições que prezam pelo software livre. Mas com algum esforço você pode instalá-los também.

Outros dispositivos possuem o código completamente proprietário. Nesses casos o módulo completo precisa ser instalado, pois não há suporte pelo kernel no sentido que o módulo inteiro é distribuído pelo fabricante.

Outros ainda possuem suporte parcial pelo kernel e também possuem implementação totalmente proprietária, cabendo ao usuário (ou aos desenvolvedores da distribuição) optar por qual deles instalará.

Vale lembrar que o modo mais rápido de implementação de drivers no linux é quando o próprio fabricante libera as especificações dos seus produtos e pode ele, juntamente com a comunidade, desenvolver um módulo para seu hardware.

Outras vezes o fabricante apenas libera as especificações e somente a comunidade programa os módulos. Nesse caso a implementação demora mais pois vai depender da boa vontade da comunidade.

Algumas vezes também o fabricante não libera as especificações do próprio hardware, e alguns programadores que gostam de desafios encaram o processo de engenharia para decifrar e desenvolver um módulo do zero. Nesses casos geralmente a implementação demora bastante tempo e é comum o driver conter muitos bugs ou a falta de recursos.

3 curtidas

Quase:

Correto

Na verdade é por causa da licença, muitos dos drivers são proprietários

No caso dos que são proprietário no geral você tem um driver genérico pra reconhecer os dispositivos) que funciona mas não extrai o desempenho total (isso acontece no Windows e Mac OS também), aí entram as distros que identificam esses drivers genérico e substituem pelos proprietários

O Linux FX no fundo é um Ubuntu, se ele detecta seu hardware qualquer Ubuntu detectará também. A detecção de hardware depende mais do suporte embutido no kernel, é claro todavia existem distros especializadas por exemplo em hardware antigo que irão suportar até um 486 e outras não.

1 curtida

Os drivers estão presentes no kernel.
Já o LinuxFX não tem nada haver, ele só tem uma aparencia semelhante aquela presente no Windows 10, e umas paparicagens a mais