O Linux não é difícil, você que pode estar dificultando as coisas

Eu sou um usuário iniciante do linux (instalei na minha máquina a umas 3 semanas). Não era avançado no windows também, e depois que conheci o linux, o meu conhecimento sobre informática aumentou consideravelmente. Já fazem 8 meses (no momento em que escrevo esse tópico) que conheci o linux. De início, não podia instalar na minha máquina com medo de acabar fazendo besteira na hora da instalação (o uso do computador é compartilhado). Antes de realmente começar a aprender sobre esse mundo, ouvi algumas coisas como “linux é ruim” e “linux é difícil”. Comecei a conhecer mais sobre o esse mundo, e acabei vendo que o que tinha ouvido falar não passava de boatos. Porém, enquanto testava linux em máquinas virtuais, comecei a perceber que algumas coisas estavam sendo mais difíceis de serem feitas. Então, me veio o seguinte questionamento: será que o linux não é difícil mesmo? Comecei a repensar um pouco, e cheguei a conclusão que não, linux não é difícil. O que estava acontecendo é que eu estava rodando linux em máquina virtual, fazendo tudo por linha de comando, tentando fazer coisas como mudar da versão stable do debian para a testing, ou instalar o lxqt no linux mint, editar aquivos importantes, etc. Começar aprendendo linux mudando a interface do linux mint é um tiro no pé. Da mesma forma que você não aprende a andar de carro fazendo drift logo no começo do aprendizado, você também não vai aprender linux fazendo as coisas mais avançadas logo de cara. É preciso admitir que você não sabe sobre aquele sistema, e ir subindo degrau por degrau. Você provavelmente vai lidar com frustações durante o seu aprendizado, isso ocorre em tudo que você tenta aprender. Então, pare de fazer as coisas do jeito mais difícil, e, ao invés de perder tempo tentando entender como customizar o terminal editando o arquivo .bashrc (como eu já fiz), invista esse tempo em entender como você pode otimizar a sua interface por exemplo. Infelizmente eu não percebi isso antes, isso poderia até mesmo ter feito eu abandonar o linux, mas pelo menos você tem essa informação agora

15 Curtidas

Minha mãe nunca teve facilidade com computadores. Usava melhor o Linux no desktop e no mobile (celular/Android).
Ela é um caso que chamo do paradoxo do francês. Como brasileiros, deveria ser muito mais fácil aprender francês que inglês, posto que a origem é latina e compartilha muitos radicais e sintaxe, ficando fácil se focar nas relativamente poucas diferenças entre ambos os idiomas.
Entretanto, como somos muito mais expostos à língua inglesa, desde a infância, pensamos que é muito mais fácil aprender inglês, porque já fomos expostos a ele.

Quando você quebra o paradigma e passa a entender do zero, vê que as distribuições mais fáceis e focadas em usuários do Linux são tão ou mais intuitivas do que o Windows. / /boot e /home não fazem mais sentido que uma letra “sorteada” e variável como C: ou D:?

Ao quebrar esta parede, muito rapidamente você entenderá porque usuários médios e avançados preferem, em geral, distros Linux. E, naturalmente, você não será “iniciante” mais com o tempo, porque aprende muito. É uma outra lógica de utilização.

9 Curtidas

Endless OS é a distribuição Linux mais fácil de usar que conheço, embora não seja uma distribuição tradicional (é baseada no OStree e no Flatpak) e por isso não tem a disposição todos os softwares que existem no mundo Linux.

No Endless OS é impossível o usuário quebrar o sistema e a interface é bem similar ao que encontramos nos smartphones.

4 Curtidas

Concordo plenamente com seu comentário. O costume afasta muitas pessoas do linux, mas aqueles que fecham os ouvidos aos boatos e perdem o preconceito, acabam, muitas vezes, descobrindo um sistema melhor do que eles estão ultilizando

2 Curtidas

Sim, ela foi criada com o objetivo de ajudar pessoas que nunca usaram um computador.

2 Curtidas

Acho a proposta do EndlessOS muito boa, mas será necessário disponibilizar mais aplicativos no Flathub para que o sistema seja mais utilizável.

Lembrando que não apenas o EndlessOS está precisando de mais aplicativos, mas o Fedora Silverblue e o ClearLinux, ambos são sistemas operacionais gerenciados pelo OSTree.

4 Curtidas

Uma das coisas que eu também percebi é que, as pessoas ao meu redor que sabem que eu uso linux, “tampam” os ouvidos todas as vezes que eu falo bem ou tento derrubar algum mito sobre linux. Eles simplesmente aprenderam que linux é difícil, ruim, não tem programa, dentre outras coisas, e acabam não verificando o que realmente acontece. As pessoas vivem de boatos. Felizmente, existem pessoas que querem compartilhar a verdade sobre o linux ao redor do mundo, mas aqui no Brasil é muito comum que as pessoas não verificam se aquela informação é veridica

4 Curtidas