O Futuro do Windows 12 e do Linux Windows Like

Um dia desses, postei algo sobre a minha perspectiva em relação ao futuro do Windows. Trata-se apenas de uma visão futurista que talvez nunca se concretize, mas vou tentar explicar.

Acredito que a Microsoft possa apostar em uma versão de Linux com características semelhantes ao Windows em um futuro próximo, possivelmente de forma simultânea ao lançamento do Windows 12.

Entretanto, surge um momento disruptivo na indústria de hardware. Ela está caminhando em direção à adoção de processadores ARM e à oferta de produtos completos. A Microsoft é conhecida por sua persistência em seus empreendimentos, e eu presumo que isso se refletirá no lançamento do que pode ser chamado de “Novo Surface”. Esse dispositivo será distribuído para competir com a Apple, seguindo a abordagem de sempre, que é integrar acessórios diversos de fabricantes variados. Isso é um contraste interessante com a abordagem da Apple, que cria um ecossistema coeso, enquanto a Microsoft busca atingir um público mais amplo.

Os processadores ARM oferecem muitas vantagens para a indústria em diversos aspectos e estão perfeitamente alinhados com a tendência atual de obsolescência programada, que é amplamente adotada.

Por outro lado, temos os usuários mais jovens, que cresceram em uma era completamente distinta daquela das décadas de domínio do Windows. Como atrair esse público, que já nasceu na era do touch? O modelo atual parece não ser eficaz nesse sentido.

Assim, na minha perspectiva, a Microsoft poderá lançar um Sistema Operacional de nível básico, possivelmente com uma versão de código aberto, e também lançar um produto totalmente integrado com hardware em colaboração com os fabricantes atuais, adotando a tecnologia ARM.

Infelizmente, não consigo aprofundar muito mais esse raciocínio no momento, mas é por aí que enxergo as possíveis tendências futuras.

Pode ser apenas um devaneio, mas pelos movimentos que acompanho me parece bem lógico. O que você acha?

2 curtidas