Navegador mais confiável?

Vejo muitos navegadores que oferecem as mais diversas experiências de navegação (Brave, Vivaldi, Opera, etc), porém não consigo largar do Firefox, pois ele parece oferecer o que há de melhor em segurança e privacidade e os outros não parecem ser tudo isso que dizem, Opera e Vivaldi tem um sério problema quanto a não serem totalmente open sources; Brave já vi falar que vende alguns dados de usuários e por ai vai. Talvez ao firefox falte algum navegador que seja baseado nele, mas com mais “perfumarias”.

Isso me incomoda um pouco também, só vejo navegador baseado no chromium ou no opera. O único navegador que eu conheço (e nem sei se existe mais) e que era baseado no Firefox era o Comodo IceDragon.

1 Curtida

@atomic @RamonVSBR pra ser sincero, essa questão já não me incomoda tanto quanto tempos atras, minha vida todo está online nos servidores do Google, eu sigo o padrão e uso o Chrome e Firefox.

Olha esse artigo que encontrei:
leia o artigo

3 Curtidas

Baseado no Firefox tem o Pale Moon, que também é código aberto.

“Pale Moon is an independently developed product derived from Mozilla/Firefox code”

1 Curtida

Essa do Brave vender dados de usuários é novidade para mim. Pode mandar a fonte dessas notícias?

Enfim, outro navegador que não é baseado no Chromium e é open source, é o Falkon. Ele usa o QtWebkit e está em desenvolvimento ativo. Mas existe a possibilidade do Google ou outros sites acusarem o Falkon de ser inseguro, mas isso é um ataque a navegadores Linux julgados menos seguros, e o Falkon apareceu no fogo cruzado.

2 Curtidas

Como usuário desencanei dessa paranoia, hoje em dia não tem como fugir dos monitoramentos, se você foge do navegador tem o seu dispositivo monitorando, se não for o dispositivo tem o roteador, se não for o roteador tem o seu provedor de internet, se não for o provedor tem o servidor onde está hospedado o site, e por aí vai.

Como desenvolvedor sempre recomendo qualquer navegador que use a engine do Chromium, e de preferência o Chrome, e porque recomendo isso? Já que não tem como fugir do monitoramento 100%, pelo menos use o navegador que tem maior compatibilidade com JavaScript e que implemente mais rápido as novas tecnologias.

6 Curtidas

Essa é a realidade, infelizmente. Eu uso o Brave só por usar mesmo. Ele não tem sincronização na nuvem, sendo sincronizado entre dispositivos apenas. E eu ainda estou querendo a fonte do que o amigo disse acima sobre o Brave estar vendendo dados de usuários, até porque vai contra a política de privacidade deles.

2 Curtidas

Eu acredito que tranquilo, monitoramento é algo que sempre vai existir e é algo até que necessário.

Porém, o que procuro é dar preferência aqueles que me oferecem maior privacidade, e pra mim nem é questão de “meus dados na rede” mas sim meio que um questão de respeito da empresa por trás do serviço/programa/produto para com o usuário.

Para mim num é o fato de monitorar, mas sim como é que se faz isso e a que nível isso é feito.

1 Curtida

Olha só… Tava bom demais pra ser verdade.

1 Curtida

E está chegando com barulho não é mesmo, ou estava pelo menos, mas acredito que no Linux não vá ter muitos usuários.

Da uma olhada nisso e vê o que acha: Brave Reviews - AlternativeTo.net

Eu me importo um pouco com privacidade em relação a navegadores, mas o que me importa mais é velocidade e desempenho e aqui o Firefox perde pra qualquer navegador baseado em Chromium, um pena porque eu queria usar o Firefox como padrão

1 Curtida

Tenho a impressão que isso se trata do beta. Se não me engano, não foi lançado oficialmente ainda. E pelo que me consta, todo software beta faz isso. Tem que ver na política de privacidade do navegador. Se o usuário aceita os termos, que são poucos os que lêem, então não tem do que reclamar. Agora, se for a versão de produção, tem algo errado. Mas, de qualquer maneira, privacidade hoje em dia é algo complicado.

Tor Browser? (baseado no Firefox) :thinking:

1 Curtida

Perdão mas review de usuário não conta como evidência. Caso um desses usuários mostrem como chegaram a esses resultados, como em toda boa metodologia científica, aí posso dar crédito. Um exemplo disso é o Metacritics. Um bocado de usuário dando notas baixíssimas só para deixar algo com uma aparência pior do que realmente é para ter suas vozes ouvidas.

O pessoal reclama daquele tal BAT. Mas você usuário do Brave qual sua experiência com ele?
Eu já o usei, no celular era bom, mas no computador nunca teve um desempenho bom como dizem.

Eu nunca tive problemas com o Brave. O BAT faz parte do Brave Rewards e é opcional. Tanto é que comigo veio desativado. Se acham que isso é quebra de privacidade e anúncios sem controle, isso é um engano. Dá para instalar, modificar e remover addons, dá para sincronizar com o celular diretamente sem precisar criar uma conta e há configuração mais profunda do Brave Shields, então se estiver quebrando site, é só desativar o bloqueador de scripts. Sobre o BAT e Brave Rewards, é tudo opcional. Não sei porque ficam reclamando. É só deixar desativado, caramba.

Sobre o resto, não tenho nada a reclamar. Eu li aqueles comentários no Brave, sobre addons e a tela de nova aba, dizendo que não dá para modificar. Se não dá para modificar, então explica como eu modifiquei. Com addon feito para o CHROME, ainda por cima. Eu curto o Brave, e uso principalmente por causa da sincronização com Brave no Android. E por sinal o Brave de Android é bem melhor que o Chrome de Android

Sem dúvidas o mais seguro é o Tor, só que acho que é quase impossível utilizá-lo para o uso cotidiano em Surface WEB.

1 Curtida

Da pra realmente ganhar algo com o BAT e o Rewards?

Essa parte eu não saberia te responder, afinal eu também deixo desativado. Mas foi só por não ter conectado conta de paypal nem nada, que ouvi falar que precisava. Mas se quiser testar aí, me conta como foi.