Não seria a hora do Pinguim ganhar território?

3 Curtidas

Agora e tarde jkkkkkkkkk
Isso vai depender de quanto a microsoft e essas fabricantes vão ferrar com o consumidor… Mas agora “e chutar cachorro morto”

Qual o motivo de agora ser tarde?

O primeiro SP1 do Win10, dizem que vão conseguir segurar os usuarios… Mas era pro linux ter conseguido essa margem em 2017

Ao meu ver, por comodismo, Linux nunca vai ganhar mais território. Galera prefere ter dor de cabeça com o Windows do que migrar. Fazer o que, não sabem o que tão perdendo.

5 Curtidas

Na verdade a dor de cabeça é bem maior para migrar, é bem complicado para resolver alguns problemas que dificilmente não aparecem no início

1 Curtida

Para usuarios que fazem uso simples do desktop como usar a internet, tirar fotos, precisar um office básico, e scanear/imprimir, que é bem o caso da grande maioria, pra questão da migração: basta dar orientação e usar uma interface usando icones e cores que vão ser amigáveis ao novo usuário.

É mais uma questão de orientação a quem tem interesse ou quer se livrar dos problemas do seu anterior SO.

1 Curtida

Os usuários que migram de Windows para Mac (ou melhor de PC como um todo para MAcintosh) tem um perfil muito específico, um nicho de mercado, se for discorrer sobre esse aqui só fazendo um TCC, rsrs.

1 Curtida
1 Curtida

Geral abandonou o Desktop/notebook doméstico e adotou tablets e smartphones, se querem q o Linux ganhe mercado, é com empresas.

Huuum, eu migrei sem muitas dores de cabeça. Sei lá. Único problema que tenho no Linux é rodar games (nem tudo o que jogo roda por aqui, como o Modern Warfire por exemplo). Mas ainda assim, migrei bem de boa. Nada de correr atrás de crack pra pacote Office, nada de instalar vírus pra ativar licença pirada do Windows, nada de atualizações forçadas enquanto jogo, nada de programas que eu não pedi pra instalar na minha máquina rodando em segundo plano consumindo recursos… enfim.
Migrei, e foi bem de boa.

Adoro o Linux, meu filho usa o Windows 10 devido ao Roblox que ele adora jogar, nessa última atualização começou a dar tela azul, já fiz vários testes no hardware e tudo em ordem, o problema é no sistema mesmo. Caso contrário já teria trazido ele para o mundo Linux. (Rsrsrs)

2020 é o ano do Linux no desktop

/s

Pelo que vi é noticia sobre o mercado as pessoas podem ter comprado com Linux e chegar em casa e colocado o Windows pirata !
Tem é que ver lugares que verifica o sistema operacional em uso tipo a Steam bla bla.
Ala quando olha na Steam: Pesquisa de Hardware e Software do Steam
A redução do Windows chega nem a 0,3% muito inferior dos 2,3%.
E o Linux 0,02% o que comprova que as pessoas compra Linux e formata para Windows.

Geralmente essas pessoas que ao comprarem, vem com linux desktop. Geralmente, vêm com um linux nada habitual.
Kd o Paint? Kd o botão de Maximizar? Aonde está o icone Meu Computador na área de trabalho?
Até pessoas que não fizeram curso de informática, a principio só tem em mente o Ambiente como a Microsoft coloca. Até porquê naquela Lan House os computadores que vão mecher é um Windows 7 ou 10 da vida. Ai quando vão finalmente comprar o Seu primeiro PC que acabou comprando o que cabia no orçamento - Vem com um linux que nem Android lembra.
Ai quando descobre que o sistema que veio não é o Windows pq já tá morrendo de dificuldades, pensa logo em botar logo aquele sistema que pra ele já é mais familiar.

O pior é que as fabricantes querem só que seu produto tenha saída. Só o lucro, sem visar se o que vai ser entregue é algo que vai passar uma boa imagem.
Geralmente são derivações linux malfeitas e mal otimizadas, ou fogem demais da visão da pessoa que tá comprando Seu primeiro Computador, de como é o Ambiente do Desktop.

Tudo isso mancha o nome - a visão - do Linux.

1 Curtida

Minha sogra comprou o 1 Notebook dela. Um multilaser que veio com Keep OS.
Primeiro computador dela. Antes disso só usava o Android pelo celular e ia pras lan houses caso fosse necessário, ou imprimir alguma coisa.

Mas veio com o Gnome como interface principal.
Nada contra o Gnome. Mas para quem está comprando algo novo, ficou dificil a lógica de uso.

Mas quando fiz logoff e entrei pelo Lxde, que já vinha pré-instalado, tava lá o Lxde basicão, feião. Como se tivesse sido empurrado o pacote só por ter mesmo. Sem polimento nem personalização para mostrar como opção de uma distribuição feita como produto. Além de não vir instalado o Synaptics para poder usar o

Mas no que personalizei, troquei a barra pela do Xfce com Whiskermenu e Dockbarx, e troquei pelo Nemo o gerenciador de Desktop. Ela achou fácil.

Então um dos grandes males é as fabricantes que tem a oportunidade de embarcar as suas releazes em PCs para serem comercializados, não criarem “um bom Cartão de Visitas” para o usuário comum.

1 Curtida

Acredito que o que mais contribui na dificuldade do pinguim ganhar território é a facilidade que o windows oferece na hora de solucionar os problemas que dizem respeito a usabilidade, coisa que não existe de forma evidente no linux. É claro que as pessoas podem dizer “ah mas é só rodar um único comando no terminal e você instala um programa” o problema é que as vezes o usuário digita esse comando errado, as vezes não é aquele o nome do programa no repositório, as vezes tem uma mensagem de erro, e o usuário simplesmente não tá afim de gastar 5 ou 10 minutos do seu dia pesquisando na internet como instalar tal coisa no linux; ele só quer sentar na cadeira e usar; prova viva disso é o esforço que as pessoas fazem para jogar no linux hoje em dia… instalar os drivers de vídeo, instalar wine, instalar o lutris, configurar o lutris com versões específicas do wine, instalar o vulkan, configurar o lutris com versões específicas do vulkan… coisa que nenhum usuário de windows 10 passa; no máximo vai instalar os drivers da nvidia e olhe lá.

1 Curtida

Nesse caso, já seriam por parte os fabricantes dos games criarem um pacote tipo .bin ou .appimage pra baixar e jogar.
Ai eu queria ver o Linux superar o Windows rapidinho no quesito Jogos.

1 Curtida

Se a Canonical, Suse, Redhat e Google, (ou o @Diolinux - kkkkkkkk) por exemplo, fizesse uma gigantesca parceria com as desenvolvedoras para distribuir os games em .bin ou .appimage seria :top:.

1 Curtida

Continuando a discussão do Não seria a hora do Pinguim ganhar território?:

Mas aí teria que convencer as empresas a portabilizar os jogos para Linux, o que é muito difícil porque a venda de jogos para Linux não vai sustentar o custo de produção.

E sobre o que o @denielt disse, é a mais pura verdade, Windows pode até ter seus problemas mas ainda apresenta maior facilidade do Linux. Enquanto Linux parece ser uma cambiarra que tentam fazer funcionar, no Windows apenas funciona.

1 Curtida