Não é possível manipular hd e ssd secundários

Olá. Sou novo por aqui (e no Linux em geral) e estou penando um pouco para fazer meus drives secundários da forma como os usava no Windows.

Para explicar como as coisas estão organizadas aqui: tenho Windows 10 e Ubuntu 21.04 instalados com dual boot num ssd nvme principal (modo UEFI) e mais três drives secundários, um deles sendo um sdd, que uso para gravar arquivos pessoais e, no Windows uso ssd para instalar por exemplo jogos da Steam. Eu já usava todos estes drives no formato NTFS no Windows e não tenho nada do SO neles. Nem mexi neles durante a instalação do Ubuntu, só trouxe comigo os drives como estavam no Windows.

O que acontece é que eu consigo montar os drives automaticamente no boot (depois de alguns comandos no terminal), salvar arquivos neles pelo Ubuntu e acessar no Windows e vice-versa sem nenhum problema, porém não consigo particionar estes drives (ou mesmo formatar) tais drives no Ubuntu via GParted ou pela GUI disks. Eu também gostaria de instalar jogos da Steam no ssd secundário, mas os três drives secundários estão como “somente leitura” e pertencem a root (eu sou o único usuário principal do sistema, porém). Então eu queria saber como arrumar isso, principalmente por que se depois eu decidir tirar o Windows e ficar só em alguma distro eu pretendo continuar usando esses meus drives normalmente sem ter que formatá-los também.

Peço desculpas caso não tenha entendido o seu modo de operação. Para particionar ou formatar uma unidade de disco ela não pode estar montada no sistema. Você poderá realizar essa operação utilizando um Live CD (Pendrive) ou desmontando a unidade no sistema em execução. Sugiro que você utilize o sistema de arquivos Ext4 para uso no Ubuntu. Eu imagino que não seja conveniente o uso do NTFS para uso contínuo em distribuições Linux. Crie uma partição para uso no Windows - NTFS e outra para uso no Ubuntu - Ext4, caso você avalie que seja o correto a se fazer. Para mudar as permissões de acesso execute o Nautilus como administrador a partir do terminal (sudo nautilus), clique com o botão direito na unidade a ser modificada, escolha a opção Propriedades e altere o acesso em Permissões.

Só pra eu entender se estou fazendo a coisa certa: acessando o drive como root através do nautilus eu tentei editar em Permissions de read-only para read and write tanto para Group como para Others, porém quando eu faço essa mudança ele reverte imediamente para o status read-only.

O meu está conforme a imagem abaixo e funciona corretamente. Em Proprietário selecione o seu usuário.

image

Você tem que abrir o Nautilus pelo terminal.

image

Essa sua pasta é a pasta com o nome do drive em filesystem root/mnt, certo? Mudar o meu para meu user reverte automaticamente para root na hora. (Prometo parar de te encher).

Os discos montados ficam em /mnt, mas você pode alterar as permições escolhendo o disco na coluna da direira e clicando com o botão direito na janela da esquerda para alterar as permissões.

Você tem que alterar a permissão do disco montado, não da pasta /mnt. O meu disco montado fica em /mnt/de43ddd4-60f0-406e-ad2f-c73e894fb63f.

É isso mesmo, então. Por algum motivo mudar o proprietário desta pasta para o meu username reverte automaticamente para root. Deve ser algum motivo besta, mas pelo menos agora eu sei o que eu tenho que alterar.

Como está a permissão do seu user em Grupo? Modifique as permissões do grupo. Nas opções em Grupo você verá o nome do seu user. Talvez te ajude.

Também não consigo mudar as permissões de grupo nessa pasta. Reverte automaticamente.

Amigo é simples, abra o gparted, e mande ele desmontar a partição que vc quer manipular, vc não pode manipular pratições que vc montou automaticamente ou manualmente via terminal.

Vendo esse tutorial pareceu mais simples ainda. Eu não precisaria criar outra pasta da Steam, bastaria identificar a que eu já tenho naquele drive, porém isso não funcionou pra mim por que minha pasta media está vazia. Muito estranho, deve ser alguma bobagem que eu fiz na montagem dos drives. Usando fstab me mostra que os meus drives secundários não tem UUID, então pode ser isso, mas não sei dizer.

Se o que vc quer é formatar esses drives fala assim: Abra o gparted > selecione o drive que vc quer formatar > clique com o botão direito nas partições do drive e desmonte > Formate!

Formatar é exatamente o que eu não quero fazer. Quero usar a pasta da Steam que já existe no meu segundo ssd conforme o video ali mostra que dá pra fazer. Engraçado que meus drives secundários todos montam no boot e consigo criar arquivos neles normalmente, então deve ser algum detalhe besta na montagem dos meus discos que não está permitindo isso.

vc disse que executou alguns comandos, poderia nos dizer que comandos foram esses.
e nos mande o conteúdo de seu fstab

cat /etc/fstab

Então… primeiro eu mexi pela GUI e coloquei os drives que eu queria montar no boot pela opção que aparece lá, isso funcionou ok. Daí como fiquei na dúvida se tinha feito alguma bobagem desmontei todos os drives (novamente pela GUI) e segui o tutorial do cara que eu postei ali em cima: editei o meu fstab para incluir a linha

/dev/sdb2 /media/meu user/Steam ntfs-3g uid=1000,gid=1000 defaults 0 0

(sim, meu uid e meu gid são esses mesmos, conferi antes e eu instalei ntfs-3g pelo terminal antes também do jeito que ele fez no vídeo). Isso criou um mount point para o meu drive dentro da pasta media que antes eu tinha dito que estava vazia, um avanço já. Ainda assim a Steam não acha essa pasta. A pasta media nem mesmo aparece nas opções de “adicionar pasta da Steam”. De resto ta tudo certo. Eu consigo usar os drives sem nenhum outro problema, então algo me diz que o meu problema tá na instalação da Steam.

Por referência, o meu fstab está assim:

UUID=1d6a630f-c895-4ec4-808d-d1929dd413f7 /               ext4    errors=remoun>

UUID=80EC-4057  /boot/efi       vfat    umask=0077      0       1
/swapfile                                 none            swap    sw           >
/dev/disk/by-uuid/E692216D92214381 /mnt/E692216D92214381 auto nosuid,nodev,nofa>
/dev/disk/by-uuid/F6C26E04C26DCA07 /mnt/F6C26E04C26DCA07 auto nosuid,nodev,nofa>
/dev/disk/by-uuid/4C0468B50468A424 /mnt/4C0468B50468A424 auto nosuid,nodev,nofa>
/dev/sdb2  /media/meu user/Steam ntfs-3g uid=1000,gid=1000 defaults 0 0

onde sdb2 é o nome da partição onde está minha pasta SteamLibrary do Windows conforme a GUI disks indica (e é mesmo por que as outras partições nesse disco são reservadas pelo sistema quando criei a partição pelo Windows).

Talvez eu formate esse drive no final. Mas como estou em dual boot capaz de eu deixar pra lá. Posso muito bem bootar no Windows pra jogar sem problema. Só queria fazer o teste de performance no Linux por curiosidade mesmo.

Usando o gnome-disks para editar seu fstab.

Se vc for no hd e editar opções de montagem.
Se vc deixa a opção ‘Padrões de sessão de usuário’ marcada como padrão. O ubuntu não monta o hd na inicialização do sistema. Vc vai precisar montar o hd manualmente no explorador de arquivos, será montado na pasta ‘/media’. Porém ao montar esse hd ele pertencerá ao seu grupo de usuário e vc sera o proprietário deles. Assim terpa as permissões de escrita e se apagar um arquivo ele vai para a lixeira.

Se vc desmarcar a opção ‘Padrões de sessão de usuário’ o hd será montado na inicialização do sitema na psta ‘/mnt’, porém tanto o proprietario como o grupo serão o root. Aí vc não vai ter permissão de escrita pela steam. E todo arquivo que vc excluir desse hd vai ser eliminado de uma vez sem ir para a lixeira.

Obs: o Wine não instala em partições ntfs. Ou seja se for instalar jogos da steam nesse hd vai precisar mudar o formato para ext4, e perder o acesso ao windows nele. Pelo menos no Xorg é assim, não sei no Wayland.

tente executar o comando abaixo em uma partição ntfs com xorg, nem vai conseguir criar o wineprefix.
WINEPREFIX='/media/SEU_USER/SEU_HD/Jogos/win_iso/Seu Jogo' DISPLAY=:0 WINEDEBUG=+seh,+delay winetricks win7

Obs: o DISPLAY=:0 é o driver do xorg, pra saber qual é o seu use ‘$DISPLAY’ no terminal pra saber o valor do seu DISPLAY


veja esse tópico:

Entendi agora a diferença nos modos de montagem (apesar de que eu consigo mandar para a lixeira arquivos do meu drive montado em boot, mas vai saber). É mais fácil eu fazer uma partição maior para o Ubuntu no meu caso e instalar jogos na pasta padrão da Steam mesmo, ou então criar uma partição ext4 nesse ssd secundário como você falou.

Estava procurando uma solução para o meu problema. E acabei achando uma solução paliativa para o seu probelma.

No terminal digita esse comando para descobrir o id do seu usuário:
$id -u

aí no gnome-disks vc adiona esses comandos no fim da linha onde mostra as opções de montagem do fstab:

,umask=000,uid=1000,gid=1000

onde 1000 é o valor do comando ‘id -u’
e uid será o proprietário do hd
gid será o grupo do hd

Ponto de montagem vc escolhe um local e nome que seja mais conveniente pra vc

Com isso o usuário que vc definir será o proprietário do HD e esse usuário poderá instalar os wineprefix nele. O inconveniente é que se vc tiver outros usuários no mesmo pc eles não poderão fazer isso.


Assim vc dá permissão de leitura escrita e execução para todos os usuários

umask=000

outra opçao é:

umask=007

só seu usuário terá permissão de visualizar esse hd

o comando umask faz o mesmo que chmod mas os números são ao contrário:


Usei essa opção:

,umask=000,uid=1000,gid=1000

Fiz um teste instalando o Tomb Raider 2013 via Iso pelo lutris com partição em ntfs, e funcionou.
Não testei com a Steam, mas acho que deve funcionar também.


OBS: se tiver algum problema pra rodar o jogo via lutris, pode tentar fazer um update do wineboot com o comando abaixo, mas faça um backup do seu save antes:

WINEPREFIX=‘/ponto de montagem/do seu hd/seu wineprefix’ wineboot -u

ex:
$WINEPREFIX='/mnt/Jogos/Isos/Tomb Raider 2013' wineboot -u

/mnt/Jogos é o ponto de montagem do hd
/Isos/Tomb Raider 2013 pasta onde o jogo foi instaldo

obs: Se tiver 2 usuários no mesmo pc, uma alternativa seria criar uma partição de wine para cada usuário e outra partição de ‘backup diversos’, dai cada partição do wine vc cria com a opção ,umask=007,uid=1000,gid=1000 específica de cada um. e a partição ‘backup diversos’ deixa como root, para todos terem acesso.

obs2: se tiver apenas um usuário no seu pc pode deixar uma única partição ntfs nesse hd e configurar o fstab assim: ,umask=007,uid=1000,gid=1000 Daí consegue montar o hd ao inciar o pc, o hd será propriedade do seu usuário e pode instalar wine nele

1 curtida

Muito obrigado, vou salvar caso precise de uma solução parecida no futuro. Eu acabei resolvendo meu problema de outro jeito: como o vídeo que eu postei acima faz, eu consegui finalmente colocar a minha pasta da Steam original do Windows para ser reconhecida pelo Linux. O que eu fiz foi essencialmente editar o fstab para criar um mount point para o meu ssd assim como eu tinha dito acima. Só um detalhe: para isso tive que instalar a Steam através do Steam Installer na “loja de apps” do Ubuntu. Estava tentando usar a versão dos repositórios deb e talvez por isso tive problema em encontrar meu drive.

Não sei se preciso fechar o tópico, mas os problemas que eu tinha foram resolvidos. Tenho todos meus drives disponíveis a um click e tenho acesso a minha pasta da Steam que criei no Windows com todos os jogos instalados. Agora vou mexer com Wine e compatibilidade pra ver se rodo sem problema. Muito obrigado pela ajuda de todos.

1 curtida

Este tópico foi fechado automaticamente 3 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.