Muita Maquina para Pouco Linux

Se o seu hardware é especializado e o software responsável por controlar ele é exclusivo, fique com Windows.

As empresas simplesmente não se importam em portar suas aplicações :man_shrugging:

1 curtida

Depende. Tudo isto que você irá perder, fará falta para você? Se sim, então não vale a pena sair do Windows.

Uma pena, a Dell só vende até o G15 com Ubuntu de sua linha gamer. Até pensei em ficar com uma configuração padrão, mas perco muitos apps, mas já tava gostando muito do Fedeora.

Não, ainda não tem como jogar Valorant no Linux. Talvez um dual boot…

Estranho, muito estranho. Diria que é um caso estranhíssimo.

Até onde eu sei (posso estar enganado), quem está em posse da Alienware (que nada mais é do que uma linha de desktop e notebook’s gamers) atualmente é a Dell. E a Dell, pelo que todos sabemos, é uma das empresas mais entusiastas (se não a mais entusiasta) do mundo open-source. É uma das empresas que mais investe nos softwares e hardwares não proprietários e de código aberto.

Sendo assim, porque cargas d’água o notebook do nosso nobre @diomenezes simplesmente tá cheio de configurações de driver proprietário?

Tava pesquisando soluções para o Alienware Command Center, achei esse git que quem sabe uma possível solução.

https://www.incredigeek.com/home/alienware-fan-control-in-linux-notes/

Até pesquisei em no forum da Dell gruinga, mas lá é pior ainda a Dell me respondeu que ele só é homologado e testado para Win11, kkkkk.

1 curtida

Eu acho essa afirmação um pouco forte, a Dell não é tão engajada assim. Considere o fato que da maioria dos softwares para gestão dos computadores da marca não possuem versão nativa para Linux. Por mais que o hardware “bruto” vá funcionar, a questão dele está focada nestas customizações bem específicas.

Quando entramos nesse mundo gamer de customizações, ainda falta muito apoio das fabricantes:

  • Alguns produtos Redragon são suportados pelo OpenRGB e também tem este projeto aqui.
  • As funções específicas do Alienware, necessita de pesquisa para ver se alguém desenvolveu algo aberto.
  • Ajustes de performance talvez possam ser feitos com o CPUFreq, O GreenWithEnvy pode ajudar com GPU Nvidia e por aí vai.

O ponto mais importante é entender que ao trocar de sistema operacional, você vai precisar aprender a fazer as coisas de uma forma diferente, encontrar ferramentas diferentes e muitas vezes, pensar de forma diferente.

P.s.: acabei de lembrar do Tuxedo Control Center também, é só testar o quanto é compatível.

:vulcan_salute:

5 curtidas

Só para começar, a Alienware é da Dell, mas nasceu independente. E isto faz uma diferença fundamental.
Parte do modelo de negócio e da margem de lucro envolve imagem, marketing etc. Colocar um Linux funcional reduziria o preço da máquina que é feita para custar caro e tem um público que a adquire, e reduziria a própria margem de cada unidade vendida pela Dell.
Por fim, já há um longo histórico com os lados da MS, e você teria que ter horas (muitas) de engenharia para fazer funcionar soluções que não são tão práticas. Hoje talvez isto não seja tão claro, mas há uma década quem queria começar no mundo Linux teria muito mais facilidade se utilizasse um determinado hardware padronizado, e sofreria muito com máquinas mais customizadas e avançadas.

O meu amigo comprou um G15 e veio com o Ubuntu 20.04 porém sem nenhum app para gerenciar o teclado RGB ou seja, ele comprou um G15 com teclado RGB, mas que não tem como mudar a cor! Fica apenas assim:

Tem o OpenRGB

3 curtidas

Depois de algumas tentativas, é possível usar o Alienware com Linux, mas não graças a DELL e sim a um Dev.

Uma simples prova que é possível, mas realmente falta o engajamento da Empresa em desenvolver o seu “software” para Linux.

5 curtidas

Se puder, compartilhe a solução. Vai ajudar mais pessoas que chegarem a este fórum.

:vulcan_salute:

4 curtidas

Só seguir esses passos do git

4 curtidas