Mude a Minha Opinião. O Linux não é feito para o Usuário Comum

Não existe debate, você está errado a per se:

Pra começar, Linux é um kernel, logo, sozinho ela não tem a função de realizar nenhuma tarefa, assim como apenas um motor não tem a função de transportar alguém.

O que é “usuário comum”? O que é preciso para uma pessoa ser taxada disso? Tem que ter nenhum ou algum contato com tecnologia? As pessoas nascem sabendo mexer em Windows, MacOS e outros? Se não, isso não isenta o usuário de ter uma curva de aprendizagem ao usar sistemas com Linux.

E quanto a Android ser baseado em Linux? Pessoas com quase nenhum contato com tecnologia são capazes de usar.

Enfim, refutado :smile:

3 curtidas

Eu passei dois anos usando Linux sem ter qualquer conhecimento de informações técnicas. Foi apenas de 2021 para cá que eu passei a me interessar em conhecer o sistema a fundo.

4 curtidas

Por que diabos um usuário comum precisaria correr para algum lugar? Se você não quer ter problemas, pesquise por “distros para iniciantes” no Google.

Qual dificuldade o usuário teria em usar um Linux Mint da vida? Eu acho que você ainda está preso em uma mentalidade de que só existem distros como o Gentoo, o Void Linux, o Arch Linux etc.

No Linux também existe suporte pago, ok?

2 curtidas

Eu mudo sua frase: desktop não é feito para pessoas comuns

Exceto que você não precisa entender o que é kernel

Talvez eu seja a pior pessoa pra isso até porque do meu ponto vista nem Windows nem Mac são, mas vou tentar,

Esse é o KDE Neon (mas vamos explorar o KDE apenas e finge que meu print está em português), as pessoas dizem sem “complicado demais”, mas olha só:

Vamos supor que eu queira usar o navedor (Google, YouTube, Docs, WhatsappOffice, Canvas, ChatGPT…), eu não sou especialista mas clicar em “Navegador web” em teoria deve abrir já que são recursos da web

Vamos atualizar os programas e instalar alguns outros, de novo, não sou especialista mas clicar em “Central de programas” deve resolver alguma coisa pra mim

Uau, está tudo organizado em categorias e atualizado

Vamos ver os meus arquivos, talvez “Gerenciador de arquivos” tenha alguma coisa a ver

Então assim, qual uso comum o usuário comum/leigo vai ter dificuldade? Um editor de textos?

Não me parece complicado, Novo deve criar um novo arquivo, Abrir deve abrir alguma coisa (quem sabe arquivos), Salvar deve, bem salvar e salvar como é só uma teoria mas deve permitir salvar com outro nome

Calculadora?

Extrair arquivos de origem duvidosa?

Acho que clicar em Extrair possa dizer algo

Procurar alguma coisa no HD?

Tirar print?


Não sei se é realmente essa coisa de ofiuroide de 400 braços que pintam, que tem que saber 300 termos técnicos e usar o terminal toda hora, qual case que um usuário comum tem que eu não citei? Acho que o problema é que as pessoas confundem “usuário comum” com “profissional iniciante”

3 curtidas

Mais uma vez: ideias estranhas.
Ponhamos um leigo total em “coisas de computador” para instalar o Windows ou corrigir um problema de tela azul.
Não vai saber.
Vai pedir a um amigo que entende “de coisas de computador”, ou pagar alguém que entenda.
Não seria diferente quanto a lidar com um sistema Linux dos mais amigáveis.
Alguém que saiba um pouquinho mais de mexer com computadores, se souber como instalar o Windows de um USB, vai ter facilidade em aprender como instalar um Ubuntu ou um sistema que use Calamares.
Windows não é tão fácil. Há, por exemplo, problemas com atualizações que podem exigir digitação ou colagem de comandos numa tela preta de Terminal. Às vezes a solução passa por MUITOS comandos a digitar ou inserir. Ou a alternativa será restaurar o sistema ou reinstalá-lo.

3 curtidas

Bom eu não diria, não foi feito pra usuário comum, talvez o que você queira dizer é que ao se relacionar com usuários avançados pareça mais complicado, ou ainda algumas distros são mais amigáveis e recomendáveis ao usuário comum outras menos mas no fim qualquer distro é utilizável pelo usuário comum. Abração.

1 curtida

Aqui, está o segredo da coisa. O Linux pode ser usado por um usuário “comum”, desde que ele tenha o mínimo de interesse/curiosidade. Daquela pessoa que, se aparecer uma mensagem na tela, ao menos vai pesquisar a mensagem no Google. Se a pessoa não faz nem isso, não é para esse tipo de pessoa.

3 curtidas

Se você quiser pagar para ter suporte, não será doado, terá suporte e poderá reclamar.

4 curtidas

Discussão não construtiva.