Momento arrependimento

Boa tarde a todos… escrevo apenas para desabafar sobre minha aventura de sábado a tarde… sou usuário do Fedora 32 Workstation e, como para algumas atividades o gnome estava pesando um pouco meu notebook Samsung I3, 7a geração, com seus 4 GB de RAM e 1 TB de HD, decidi particionar o HD, para q em uma partição fique o Workstation e em outra o Fedora XFCE… alguns vão dizer q poderia instalar o XFCE no próprio Workstation… até fiz isso… mas baguncei mto a partição… enfim… resolvi q formataria o Workstation, instalaria o Fedora XFCE numa outra partição e em uma terceira partição de 700GB manteria documentos e imagens… ao tentar fazer o remanejamento no GParted começou meu arrependimento… estou desde as 13 horas aguardando mover a partição e o tempo estimado é de mais 6 horas de duração… não quero correr o risco de danificar o HD pois tenho mais de 100GBs de fotos e documentos… sem backup… alguém tem alguma sugestão?? Ahhh… e pra ajudar, depois q instalei o XFCE, estou sem conexão nem Wi-Fi nem com cabo de rede… não sei configurar o App…e meu resultado é este:

2 Curtidas

Poxa, ficou bem sem noção essa operação que você fez… Seria bem mais fácil se você tivesse apenas diminuído a sda5 e criado uma nova partição no fim do disco para instalar outro sistema operacional.

A opção de mover a partição de 700 G já era esperado de ser lenta, pois a média de velocidade de leitura num HD é de 100 M por segundo. Fazendo as contas: 700000 / 100 = 7000 segundos. Isso dá 7000/60/60 ~ 2 horas. Mas esse cálculo apenas se fosse de um hd para outro hd.

Quando vc vai mover dados dentro do próprio HD, essa velocidade cai drasticamente pois além do tempo de leitura ser 2 horas, tem o tempo de escrita que vai ser mais duas horas, e adiciona aí o tempo que a agulha do hd vai ficar indo e voltando pra buscar os dados. Esse tempo depende do tamanho do buffer de memória usado e pode ir pra tempos astronômicos se o programa não for otimizado. Eu achei que 12 horas pra fazer essa operação está dentro do esperado para a operação que você mandou fazer.

A dica é ficar tranquilo. Aproveite para fazer outras coisas e coloque uma fita ao redor do computador e conector de energia. Tudo dará certo se o processo não for interrompido.

1 Curtida

@Deleterium Eu pensei em fazer exatamente isso… diminuir a partição de dados pra criar uma partição… mas tenho um toc terrível e qndo vi a partição vazia por último me deu nervoso… a vontade de deixar as partições organizadas me fez dar este tiro no pé… por isso q acabei me embaralhando todo… estou no aguardo até agora e nada de finalizar a movimentação das partições… acreditava q seria mais rápida pelo fato da partição estar praticamente vazia (108Gbs ocupado de 720GB)

Pois é… Quando tem espaço suficiente ele faz uma cópia apenas dos dados. Mas nesse caso a partição era tão grande que o programa decidiu copiar bit a bit movendo 2G pra frente.

Teve uma vez que eu queria mover uma partição de 150gb e comecei a copiar dentro do próprio disco. Era ntfs e nao tinha como mover apenas os dados, pois era sistema do windows. Comecei e vi a eternidade que ia demorar. Cancelei a operação e mandei copiar desse HD para um outro externo (usb3.0). Terminou a cópia e copiei daí de volta para a outra localização do disco e no final foi muito mais rápido, justamente pelo fato da agulha do disco estar em modo “burst”.

Se for isso msm que tu quer,
Eh só ter paciência agora .

Se eu fosse vc, esperava até amanhã cedo. Se nao tiver dado amanhã cedo a hora que tu acordar… Ai quem sabe travou e vc vai ter que interromper.

Abraço

Essa velocidade teórica do deleterium diminiu muito quando o número de arquivos eh grande, ou seja eh lento se se tem que mover muitos arquivos pequenos mas não tao lento quando vai mover arquivos grandes.

Eu faço backup em um hd externo usb, seleciono as pastas e faço um tar diretamente no hd externo. Só que como estou criando um tar no destino, a velocidade de transferência eh absurdamente maior do que se eu fosse copiar arquivo por arquivo…

1 Curtida

Fora a questão do particionamento em si já comentada essa configuração devia rodar de boa. Usava Fedora 32 em computador pior de boa. Tinha 2gb e era i3 de terceira geração. Apesar que tinha SSD. O que ocorria logicamente era uso comum da Swap.

E aí? Correu tudo bem?

Estamos juntos nessa meu amigo, tenho um HD de 1Tb também, a muitas formatações atrás deixei uma partição de uns 50Gb para o linux, porém, com o passar do tempo o linux foi pro SSD e aqueles 50Gb no inicio do HD me incomodavam demais e até aí tudo bem, era só apagar tudo, e formatar se não fosse um punhado de arquivo pessoal na partição dos 950Gb… Certo dia me deu na cabeça de resolver o problema e fiz a mesma coisa, já era meio da noite e quando vi a estimativa de tempo subindo e subindo sem parar pensei, que meleca eu fiz, tomara que não perca meus dados, por fim, desabilitei tudo quanto é coisa que achei que poderia atrapalhar o Gparted como suspensão do computador ou coisas do tipo, baixei o caffeine, ativei, joguei uma camisa na tela do note e fui dormir. Graças a Deus no outro dia estava tudo certo e vida que segue com mais esse aprendizado… RssrsrsrS

1 Curtida