Mineradores de criptomoedas abusam de serviços de CI

Um artigo explicando porque cada vez há cada vez menos serviços de CI (compilar o código na hora que ele é enviado ao repositório) gratuitos:

Até o CI interno do KDE já foi alvo disso (comentário de um dev).

3 Curtidas

Criptomoedas já deveriam ser pauta da geopolítica há muito tempo, para além das evidentes implicações em finanças.

O que o fracking representou para a indústria de petróleo e gás e as questões ambientais a mineração de criptomoedas está representando para o mercado de hardware e a Internet…

2 Curtidas

Taí uma coisa que acho que nunca vou colocar meu dinheiro, mas que mesmo assim já está afetando a vida de todo o mundo, o pior: discretamente.
Não é só o preço de hardware, mas o consumo energético também é uma coisa de louco. No Brasil, isto não é tão visível porque nossa energia é tão cara que pouquíssimas pessoas se atrevem a minerar por aqui, é muito mais viável noutros países do mundo.
Infelizmente estou sem a fonte aqui, mas o consumo de energia do bitcoin tem aumentado em múltiplos elevados, e havia previsão de 2021 já consumir mais do que a Argentina (sim, inteira).

E o que causa mais estranheza é que até hoje não entendi o fundamento do bitcoin, seja como reserva de valor, seja como moeda. São duas coisas que ele não faz direito, é extremamente ineficiente. Por isto entendo que são as tulipas do século XXI.

2 Curtidas

Na real, o bitcoin é mais pra especulação. Como é algo que está em alta, uma galera está ganhando dinheiro com criptomoedas (não só bitcoins), mas eu não usaria isso como moeda de fato, o Paulo Gala explica um pouco disso num vídeo dele.

2 Curtidas