Microsoft reforça novo posicionamento quanto ao Open Source

Quando se está a frente de uma empresa, precisa-se tomar muito cuidado com o que é dito em público, principalmente quando se trata da concorrência.

19 anos atrás, o então CEO da Microsoft declarou que o Linux é um câncer para a indústria do software. Porém, em 2018, a situação mudou radicalmente com o novo CEO, declarando que a empresa ama o Linux.

Recentemente, o presidente da Microsoft, Brad Smith, declarou em entrevista que a companhia “estava do lado errado da história quanto ao Software Livre.

Engraçado que essa declaração foi dada a pouco mais de 1 semana que eu publiquei um vídeo falando sobre o assunto:

Sobre a declaração de Brad Smith:

2 Curtidas