Microsoft quer resolver problema de incompatibilidade de drivers no Windows 10

Um dos maiores problemas de usuários do Windows 10 é que, a cada nova atualização do sistema operacional, é possível que uma série de drivers do computador parem de funcionar.

É só usar um kernel Linux :smile: :smile: :smile:

Como alguém que ficou preso no kernel 5.3.13 até o lançamento do 5.4.7 devido a um problema parecido com as placas Wi-Fi Intel, não acho que tenho como concordar mesmo sendo fã do pinguim.

2 Curtidas

Tentando entender o que seu comentário tem ha er com o assunto da forma mais extremamente lógica possível. Ps. No linux vc não fica preso a nada, quem quiser pode botar o kernel mais recente que quiser.

Meu comentário foi uma resposta ao do @lfmoreno. Apenas discordei da afirmação que bastaria um kernel Linux para melhorar a compatibilidade de hardware quando, se fizermos igual à Microsoft e assumir que tá tudo certo e pode entupir de recurso novo se nenhuma fabricante reclamar, não há período de testes que seja suficiente.

Essa afirmação é válida para distros fixed-release, que oficialmente seguram o kernel em uma versão mais antiga, mais testada e à qual eles acrescentam apenas correções de segurança. Se o usuário for para um kernel mais novo para ir atrás de um novo recurso, é por conta e risco dele.

No entanto, eu uso Arch Linux, que é rolling release e prioriza novos recursos sobre a estabilidade, igual ao Windows 10, e eles oficialmente só suportam a versão mais recente do kernel. Eu fiquei sim preso ao kernel 5.3.13: enquanto a equipe do Arch progrediu seis versões do kernel e quase dois meses no calendário de testes, eu e outros usuários de placas Wi-Fi Intel ficamos sem novos recursos e sem correção de bugs. Igual a um usuário do Ubuntu que faz gambiarra pra avançar o kernel.

2 Curtidas

Vamos analisar de formar matemáticamente lógica aqui. 1- O assunto é sobre as atualizações do Windows bugarem drivers com frequência o que não tem nda haver com o kernel linux já que dificilmente ocorre esse tipo de problema. 2- Contar uma historinha: Uma vez eu instalei o Ubuntu 13.04 que não reconheceu minha placa WiFi, então decidi instalar uma versão mais nova do Kernel que reconheceu a placa. 3- vc não vai ver updates de distros linux bugando drivers que já estavam funcionando de boas assim que vc instalou o sistema. Por tanto concluo de forma lógica que seu raciocínio está da forma mais extremamente possível equivocado!

muita cocaina! muuuuuuuita cocaina!!

botar o kernel Linux pra rodar em baixo de tudo que está “acostumado” com NT não me parece um trabalho muito interessante também! :stuck_out_tongue:

Maconha muita maconha. Quem diabo tá falando de Kernel NT???