Meu notebook aguenta interfaces como o KDE Plasma e o GNOME?

Olá :upside_down_face:

Então… tenho um notebook com uma configuração não muito boa, e gostaria de sair do Windows devido à lentidão e diversos problemas com atualizações. Ainda estou procurando uma distro que eu me identifique, mas antes de me decidir, gostaria de saber se meu notebook aguenta o GNOME ou o KDE Plasma, que são as duas interfaces que eu mais gostei.

Meu notebook possui um Intel Celeron 1000M com 4GB de RAM (ele já é meio velhinho).

E perdão por fazer uma pergunta que, acredito ser, extremamente repetida, mas eu realmente não sei o quão pesada são as interfaces, e não conheço ninguém que entenda deste assunto.

1 curtida

Acho que o XFCE ou LXQT seriam os mais ideais, mas o KDE roda também de boa, o Gnome consegue rodar, mas não será uma experiência agradável. Dê uma olhada nas seguintes distros:

  • Fedora Spins LXQT
  • Fedora Spins XFCE
  • Lubuntu
  • Pepper Mint OS
  • Linux Mint XFCE
  • Manjaro XFCE
2 curtidas

Kde/Plasma roda de boa sim. Sugiro testar o Big Linux ou Regata OS.

2 curtidas

Daigo, o Tiger usa XFCE, né? Se sim, mau meu de não ter feito o “mercha” :sweat_smile:

1 curtida

Vou dar uma olhada

Muito Obrigado :slightly_smiling_face:

Já foi o tempo que o KDE Plasma era um “ambiente gráfico pesado”, não estamos mais em 2010, tanto que já chegou ao ponto que o consumo de memória RAM do KDE Plasma não é muito diferente do XFCE, aqui o link da discussão.

4 curtidas

Ele foi específico em perguntar do KDE/Plasma, q em uma máquina de 4gb roda numa boa, por isso nem mesmo eu fiz meu próprio merchan.

Se eu der uma dica em público vc não me xinga (muito)?
Big Linux são ótimos projetos BRs, merecem serem recomendados no lugar de suas bases originais. Se não tiverem divulgação e usuários, fica complicado conseguir investimento ou colaboradores.

1 curtida

Essa discussão já é um pouco antiga xD. KDE Plasma 5.22 batendo as portas enquanto a discussão era sobre o 5.17. Nem era LTS ainda xD

Mas é. Lembro que na entrevista com o Tomáz Canabrava, ele também havia dito que o Plasma está mais leve que o XFCE

Independentemente do KDE Plasma ser mais leve ou não que o XFCE na maioria dos cenários (afinal, há muitas variáveis envolvidas em diferentes distribuições), só o fato do KDE Plasma estar na mesma faixa que o XFCE no que diz respeito ao consumo de RAM, já é algo incrível, especialmente para quem acompanha o desenvolver desses ambientes gráficos há mais de dez anos.

3 curtidas

Quando comecei em 2006, KDE 3.5.X era bem pesadinho, a série 4.X então nem se fala.

1 curtida

Pode escolher qualquer interface, inclusive o GNOME. Imagino que o computador será utilizado apenas para tarefas básicas e, além disso, o que interfere mais no funcionamento do GNOME é a memória RAM.

Esse Celeron 1000M parece ser consideravelmente mais rápido que o Atom Z3775 do meu tablet em cenários single ou dual core, embora perca no quad core. Eu uso Debian 11 com GNOME nesse tablet. A limitação, no meu tablet, ocorre devido aos 2GB de memória RAM, e não ao processador. Enquanto eu não começo a estourar a memória, roda liso. Ou seja, com 4GB pode ir tranquilo.

2 curtidas

O BigLinux dá opção de um KDE Plasma com menos efeitos, otimizado para desempenho. É habilitado com um só clique — o BigLinux está muito bem pensado para facilidade de uso e customização.

1 curtida