Melhor configuração para um SSD?

Qual seria a melhor configuração para um SSD no Linux?

2 Curtidas

Pode explicar melhor o que quer dizer com melhor configuração? Se estiver entendendo corretamente, o mais importante é comparar as velocidades de leitura e escrita. Quando maior, melhor!

Caso você use um PC, provavelmente terá um HD com velocidade de 7.200 RPM. Caso tenha um notebook, muito provavelmente será de 5.400 RPM. Qualquer SSD será bastante mais rápido que um HD, especialmente o de 5.400 RPM. A principal diferença será observada no carregamento do sistema e abertura de programas, embora você possa ter ganhos na usabilidade geral.

Espero ter ajudado!

3 Curtidas

Configurando o sistema para o SSD, o q precisa mudar, etc

1 Curtida

Nada demais, só não utilize memória de paginação e não desfragmente o ssd

1 Curtida

Ah é desculpa mais uma coisa, se você utiliza windows na real você deve deixar um pouco de memória virtual… porém dizem que isso diminui a vida util do ssd, mas a microsoft diz que é necessário então…

1 Curtida

Isso é um mito que na verdade só acontecia nos primeiros SSD (2008), hoje em dia qualquer SSD vai durar cerca de 40 anos se usar normalmente,
Recomendo ler para quem quer saber mais sobre esses mitos.
https://www.arles-santana.com.br/2018/02/02/10-mitos-sobre-ssd/

E respondendo a sua pergunta @T-Rex_numa_Suzuki que me lembre em distros baseadas no Ubuntu não precisa fazer nada, mas em outras distros (Fedora e Manjaro por exemplo) vai precisar ativar o TRIM manualmente, caso use o OpenSuse o BTRFS vai ser o FileSystem padrão e com BTRFS não precisa ativar o TRIM.
Caso não saiba o que seja o TRIM e queira ativar em alguma distro “não-Ubuntu” recomendo ler

1 Curtida

2 – SSD’s possuem um número limitado de ciclos de escrita e apagamento.

VERDADE. Dada à natureza das células de memória, cada célula suporta um número limitado de ciclos de escrita e apagamento ( Program / Erase cycles ), no universo do SSD o termo Write Endurance representa a resistência do disco a estes ciclos. Portanto no momento da aquisição é importante avaliar qual tipo de SSD adquirir, basicamente temos SSD’s de escrita intensa (Write Intensive, que geralmente utilizam células de memória SLC) os de uso misto (Mixed Use, que utilizam células de memória MLC) e finalmente os discos de leitura intensa (Read Intensive/Mainstream utilizam células de memória TLC).

@Keviny Como ativa no Arch Linux?

Eu criei um script cron com o seguinte conteúdo na pasta /etc/cron.daily
No terminal dê o seguinte comando:

sudo mousepad /etc/cron.daily/fstrim

Cole o seguinte conteúdo

#! /bin/sh
#Este script pressupoe que o diretório /usr está em uma unidade SSD.
#Altere o ponto de montagem de acordo com sua realidade
#Voce pode adicionar outros pontos de montagem, separados por espacos.
#Certifique-se de que todos os pontos de montagem estejam entre as aspas
#simples, conforme o exemplo abaixo:
#SSD_MOUNT_POINTS=’/ /boot /home /media/my_other_ssd’
SSD_MOUNT_POINTS=’/ /home
for mount_point in $SSD_MOUNT_POINTS
do
fstrim -v $mount_point
done

Salve (com CTRL + S) e feche o arquivo.

Agora dê a permissão de execução do script

sudo chmod +x /etc/cron.daily/fstrim

Teste o Script pelo próprio terminal:

sudo /etc/cron.daily/fstrim

Edit: Desculpe pela confusão :joy::joy::joy:

Nesse tutorial de ativar o Trim ai, ta meio confuso. Poderia explicar os comandos que vc usou para ativar o Trim no Arch.

Esse script seria para mudar o sistema e o /home para o SSD?

Esse comando é para abrir o editor de texto e criar um arquivo nomeado de fstrim na pasta /etc/cron.daily depois é só colar aquele script para ativar o TRIM no SSD e depois salvar o arquivo pressionando Ctrl + S e depois fechando o editor graficamente

No Script a primeira linha são os diretórios do SSD caso esteja particionado no meu caso a partição / esta no SSD e o /home estar em um SSD secundário, caso use somente um SSD deixe somente o / dessa forma.
SSD_MOUNT_POINTS=’/

#! /bin/sh
SSD_MOUNT_POINTS=’/
for mount_point in $SSD_MOUNT_POINTS
do
fstrim -v $mount_point
done

Seria assim? Precisa do # ali? Quero fazer SSD+HD deixar so /home no HD.

O Arch Linux tem um systemd timer para executar o TRIM por padrão, é só ativar o serviço.

sudo systemctl enable fstrim.timer

Ativo o TRIM na instalação ou quando instalar tudo?

Tanto faz, não importa.

se a microsoft falou, entao ta falado!

1 Curtida

Alguém saberia me dizer se no Linux Mint já vem ativado por padrão, e como eu checo se está ativado o trim?

1 Curtida

Sim ele é baseado então deve estar ativado mas queira conferir recomendo usar o seguinte comando:

sudo systemctl status fstrim.service