Lxde vai ser descontinuado?

Um dúvida que tenho desde que lxqt apareceu lxde vai morrer???
Muitos vão dizer que não vale apena manter lxde vivo.
Ao meu ver lxqt não é tão completo assim o projeto parece ser interessante, mas ele me parece meio confuso é minha opinião.
Afinal o lxde vai morrer???

1 Curtida

Não acho que o LXDE vá ser descontinuado. Acho que ele vai entrar em um estado “vegetativo” como os window managers antigões que tão aí desde os anos 90/início de 2000 (Openbox, Window Maker, IceWM, etc.): apesar de ainda ter uma equipe minúscula de devs que ainda corrige bugs, efetivamente não se adicionam mais recursos.

Nesse post de 2013, detalham-se planos de manter a versão GTK dos programas LXDE, mas tornar prioridade as versões em Qt. Detalhe que também há planos do LXDE morrer um dia, mas foi dito o mesmo desses WMs antigões e apareceu uma equipe de devs para mantê-los para máquinas jurássicas aproveitando-se do fato de eles serem Open Source.

3 Curtidas

O OpenBox recebeu diversas melhorias na última década, mas tudo comunitário, provided as is.

2 Curtidas

Salvo engano ele vai sendo “incorporado” pelo LXQT, sou relativamente novo no mundo Linux, mas aparentemente a tendência é que o QT tome o lugar do GTK.

1 Curtida

Na verdade, Qt e GTK vão sempre estar presentes nos desktops Linux, cada tecnologia é mais apropriada pra finalidades diferentes.

Embora eu use o Unity, que é um ambiente GTK, gosto mais de aplicativos Qt, de uma forma geral.

3 Curtidas

Quais seriam essas diferenças? Entre GTK e QT

É um pouco difícil explicar, mas por exemplo:

Editores de vídeo que usam o Melt como backend, geralmente são feitos em Qt por ter uma maior facilidade de integração entre essas tecnologias, diferente de editores feitos em GTK que usam GStreamer pelo mesmo motivo.

Até onde eu sei, GTK é mais antigo, mais bem documentado e mais popular.

Qt costuma ser mais fácil de programar interfaces complexas, ao menos, é o que a maioria dos devs que eu conheço, dizem.

3 Curtidas