LUBUNTU? Porque quase ninguém fala dessa distro?

Porque quase não se fala sobre esse sistema, apesar de ser uma distro Oficia?

1 curtida

Mas Lubuntu é bastante falado sim, mano.
É uma das distros mais recomendadas quando o assunto é hardware antigo.

8 curtidas

Verdade, só aqui no fórum, ele tem mais de 50 recomendações: Buscar resultados para 'Lubuntu' - Diolinux Plus

3 curtidas

Na época de lançamento do Ubuntu 18.04 eu havia feito uma enquete e postado no subreddit do Ubuntu, perguntando qual flavour o pessoal iria instalar, o Lubuntu foi o menos votado.

A meu ver o Mate e o XFCE são opções mais interessantes que o LXDE, eles possuem mais recursos e são mais personalizáveis, sem consumir tantos recursos, a não ser que a máquina seja realmente uma batata, não existem muitos motivos para utilizar o LXDE. Dito isso, com o amadurecimento do LXQt pode ser que a situação mude, visto que o LXQt é construído com base em tecnologias modernas e oferece melhores recursos.

1 curtida

Já usei o lubuntu, até que tem conteúdo dele, porém tanto o lubuntu quanto o Ubuntu mate; não são muito comentados. Pessoalmente odiei o lxqt em comparação ao lxde e desde então não uso mais

3 curtidas

Eu amo o Lubuntu, pra mim é das distros que chega mais próximo ao conceito do PuppyLinux por questões de simplicidade e leveza. Mas ele (o Lubuntu), é feio? Pode ser pra quem não gosta dos looks do Windows 9X. Mas o que ele ganha com isso? A vantagem de ser uma ótima distro pra personalização, sem apps que consomem recursos do processador e espaço em memória para exibir e realizar funções básicas que não precisariam de tanto recurso.

Mas que lição podemos tirar do que o Lubuntu é?
O Lubuntu tem ferramentas básicas que são bem simplistas no quesito finalidade. Simplistas mas… eficientes:
Ele é composto por ferramentas interessantes como: Openbox + Lxsession (e suas feramentas do lxqt para a sessão e personalização) + Xfce4-powermanager.
Com essa mesma base serve de idéia para a partir dai você implementar o sistema do seu jeito - Afinal se o Lubuntu é o LXQT com implementações externas. Nesse mesmo conceito, basta fazer as SUAS implementações externas (amantes de Arch amam isso) e deixar ele do seu jeito e leve.
Vamos dizer…: Você vai criar a sua Desktop Environment.

Exemplos do Lubuntu personalizado:


Pra quem gosta de Mac

Ou pode ser ainda mais minimalista sua DE:

Tendo a mesma base forte dos seus irmãos maiores, ‘o mulekinho’ manda ver :cowboy_hat_face::+1:

4 curtidas

Personalização do Lubuntu feita por meu filho.

3 curtidas

Sempre falo do Lubuntu e recomendo seu uso. Gosto bastante do LXDE e simpatizo com o LXqt. carrego comigo, para onde que quer eu vá, um pendrive de 16GB com o Lubuntu 18.04.3 instalado. Uso quase como um chaveiro. Nunca se sabe de quando será necessário.

1 curtida

cara eu gosto mto do lubuntu e utilizo diariamente para desenvolvimento. O público em geral pode achar o lubunutu meio “feio” em comparação com as outras distros mais populares

1 curtida

e Linux é o mais recomendado para hardware fraco/antigo

1 curtida

Porque basicamente é apenas um Ubuntu com uma interface gráfica diferente, mas, tecnicamente na verdade ela é bem comentada, sempre que pedem uma dica de distro leve para computadores antigos ou limitados ela é mencionada.

3 curtidas

Sim, ela é uma das favoritas do pessoal com PC fraco, ou daqueles que querem uma DE enxuta e que faça o necessário

1 curtida

Isso é bem relativo, uma DDE ou um GNOME da vida pode não estar preparado para o mesmo tipo de computador que o Lubuntu (assim como o LXDE é mais leve que o LXQt, embora descontinuado.

2 curtidas

Prefiro Xubuntu

1 curtida