Loffice 365: Rode a versão web do Office 365 como se fosse nativa no Linux

O Loffice 365 é um projeto que visa melhor integração entre o Office para Web e o seu sistema Linux. Com ele possível utilizar o Office Web para abrir arquivos direito do seu gerenciador de arquivos, como se fosse uma outra suite qualquer instalada no seu sistema.

É preciso primeiro fazer a instalação OneDrive CLI para Linux e ativar a sincronização de arquivos do OneDrive com o seu sistema, depois basta instalar o Loffice 365 e vc poderá utilizá-lo para abrir o seus arquivos ou criar novos documentos.

Fico pensando, se a Microsoft desse ao menos um apoio a esses aplicativos da comunidade que trazem os serviços deles pra Linux, o quanto que não poderia ser feito e talvez não custasse muito pra eles.

8 curtidas

Boa, soldado!

Você chegou a testar em seu computador? Consegue-se fazer exatamente o mesmo em relação a um office instalado na máquina?

@eltonff dá uma conferida se é interessante.

Dei uma testada e funciona bem aparentemente. Vc consegue fazer tudo o que é possível fazer com o Office para Web. Pelo que entendi, ao abrir um arquivo o programa cria um link desse arquivo na sua pasta do OneDrive e sincroniza ele na nuvem, quando vc termina de mexer no seu documento o programa automaticamente baixar o arquivo que está sincronizado no seu Onedrive e substitui o seu arquivo local com o novo arquivo contento as alterações que vc fez.

Esse projeto foi lançado ontem, então acho que pode evoluir mais com o tempo.

1 curtida

A extensão Office, da Microsoft, compatível com Chrome e Edge, é mais fácil de usar e bem funcional.
Mas tem o inconveniente de gravar no Onedrive.

Sim, mas a extensão não tem integração com o sistema e com o seu gerenciador de arquivos. Se quiser abri um arquivo vc tem que abri o navegador, abrir a extensão, fazer o upload. Isso pode ser incomodo pra algumas pessoas que já estão acostumadas a simplesmente clicar no arquivo para abrir e ele abrir. É mais essa barreira que o Loffice tenta eliminar aparentemente.

Gostei da ideia é bem pratico de usar bastar clicar no arquivo.

2 curtidas

Eles são responsáveis também pelo WinApps.

1 curtida