Kernel "ultrapassado" OpensSUSE Leap

Caros amigos. Como vão? Recentemente comecei a usar OpenSUSE (Leap 15.2) e estou achando uma distro bastante sólida e legal de se usar, porém me surgiu uma dúvida. Sei que é possível fazer upgrade de kernel com facilidade nesta distro mas, ao menos os “point releases”, porque a OpenSUSE (Leap) chegam com kernels antigos? O Leap 15.2 foi lançado no início de julho e veio com um Kernel que está no fim de sua vida útil(5.3.18). Existe algum motivo em específico para essa distro não vir com o kernel mais novo? :lizard:

Como toda distro stable (está incluindo Ubuntu, Debian Stable, etc.), eles preferem usar um kernel antigaço/“ultrapassado” e pagar desenvolvedores para trazer consertos de brecha de segurança das versões posteriores. Assim, mantêm-se a segurança sem introduzir novos recursos que podem ser fontes de incompatibilidade.

Se você precisa de um kernel novo com recursos novos:

  • Use OpenSUSE Tumbleweed, uma espécie de Manjaro do OpenSUSE, que tá sempre 100% atualizado. Isso é muito melhor do que remendar kernel novo em distro stable.
  • Configure o multikernel com Kernel:HEAD

Não se preocupe com o número de versão do kernel, sua distro trabalha assim no estado “natural” e garante que ele é seguro apesar da idade.

4 Curtidas

Kernel do openSUSE será mantido pelo suse/comunidade até o final da vida do Leap 15.2 que tem suporte por 2 anos ja que é uma LTS.

1 Curtida