Já virou chacota por ser um novato no mundo Linux?

Um dia todo mundo já foi um novato no mundo Linux. Alguns tiveram a “sorte” de começarem agora, mas teve outros que já são da velha guarda, ou seja, quando precisavam se virar para fazer o que hoje é o básico.

Como já havia dito em outras postagens, eu comecei de fato nesse ano, atualmente uso o Linux Mint 19.2(Xfce) apenas, e aguardo ansiosamente a nova atualização (19.3).

E como todo bom iniciante, tive dificuldades um tanto quanto “idiotas” na visão de muitos, como instalar um driver específico, até corrigir bugs do mesmo.

Só que eu resolvi entrar em grupos de Facebook e perguntar, tentando dar o máximo de detalhes possíveis para facilitar quem “queria me ajudar”. E o resultado disso era que eu virava um motivo de chacota…

Por sorte, eu consegui resolver por conta própria pegando um pouco de conhecimento aqui, um pouco ali, mas não é todo mundo que supera esses limites, ainda mais sendo ridicularizado por alguém que “sabe mais”.

Então resolvi criar esse assunto no fórum, para conversar com outros iniciantes que estejam passando por dificuldades e que tem medo de expôr as suas dúvidas por medo de serem zoados.

Vale lembrar que não estou falando que esse tipo de coisa acontece aqui no fórum do Diolinux

14 Curtidas

Todos nós seremos iniciante em alguma coisa, então as dificuldades irão surgir para todos em qualquer tipo de atividade, acho que quem é mais experiente pode dar um “norte” para quem está começando, sim.

5 Curtidas

Não há “dificuldade” ou pergunta idiota.
Idiotice é achar que sabe tudo, principalmente quando o assunto é tecnologia.

7 Curtidas

Sempre tem esse tipo de gente, não importa onde seja ou sobre o que seja.
Por sorte não passei por esse tipo de coisa no mundo linux, mas infelizmente isso ainda existe.
Ignore, e se possível reporte/denuncie esse tipo de gente. :slight_smile: :v:

4 Curtidas

Concordo com você, pode não ser OBRIGADO a responder tudo e todos, mas se for falar algo em uma postagem, que seja ajudando quem tem dúvidas.

Concordo com você, mas tem muita gente que não pensa assim.

Sim, eu ignorei e busquei a solução do meu problema, mas tem gente que não vai fazer o mesmo. O que pode fazer com que não dê uma chance a nenhuma distribuição.

Além disso pode existir uma possibilidade dessa pessoa começar a falar que a comunidade em torno do Linux e suas distros, é composta por pessoas arrogantes.

2 Curtidas

So quando tive que recorrer a comunidade arch linux e debian kkkkkk
Hj nem passo perto desse tipo de distro… Nem me pagando e claro, mas parece uma coisa natural da comunidade

2 Curtidas

Nunca passei por isso (se passei, não percebi).
Mas acho que foi porque eu optei pela comunidade correta hehe Quanto tinha dúvidas e entrava em certos blogs/fóruns e observava o nível de respostas, eu preferia nem postar nada.

Ativamente mesmo, só participei do Diolinux (e um pouco de uma comunidade de Win 10). E aqui o pessoal sempre foi solícito com minhas dificuldades. E em tópicos de debates, apesar de já ter havido discordâncias, nunca percebi agressões ou zoação. Talvez tivesse sido diferente se fosse em outros fóruns.

8 Curtidas

Não. Sou usuário de Debian e Ubuntu e para mim de boa. Apesar que também eu só recorro a comunidade quando tenho um problema e não achei resposta para ele por outras vias. Acho que a maioria das minhas perguntas não sou toscas e eu falo pouca bobagem. Agora quem fala muita, vai virar chacota em qualquer grupo.

1 Curtida

Não há pergunta idiota, idiota é ficar com a dúvida por medo de perguntar.

1 Curtida

O Cara que Faz chacota,“trollagens” ou ate insultos para os novatos que estão tendo dificuldades no mundo Linux,só estão se rebaixando ao ridículo,sei que nem todos são assim,tem gente que realmente ajuda e se importa em ajudar

Infelizmente essa realidade de virar alvo de chacota por ser novato tem em todos os lugares,tanto no Linux,Games e socialmente

Tive sorte de não tedo encontrado esse tipo de gente ruim na minha passagem para o mundo linux

3 Curtidas

Eu sinto que em comunidades de distribuições mais “raíz” isso ocorre com mais facilidade, tipo Debian e Arch, pois por mais que não comecem por essas distribuições, novatos fazem perguntas em grupos que possuem membros dessas comunidades.
CLARO que não é regra, há muitos membros e muitos são gente boa e sempre ajudam, mas há vários que são bem arrogantes.

De qualquer maneira, eu migrei de vez pro Linux esse ano também, tem sido de boas até agora, sem muita “chachota” ou nenhuma, raramente eu procuro resolução de problemas nos grupos/comunidades, normalmente eles são resolvidos antes de eu chegar a esse último meio.

4 Curtidas

A velha máxima que cabe em qualquer situação: Ninguém nasce sabendo.

Eu particularmente nunca enfrentei esse tipo de problema. Apesar de mais de 15 anos de T.I, sou um completo newbie em Linux, comecei a me aprofundar mesmo nos últimos seis meses, e com certeza qualquer um fará perguntas bobas um dia. Acho que ninguém está livre disso.

Cheguei até aqui graças aos vídeos do Guanabara e consequentemente lia os comentários do Dio, passei ver os vídeos também do Dio (devorei vários em poucos dias) e vi aqui na comunidade um lugar acolhedor exatamente para esse tipo de aprendizado, seja com perguntas bobas ou não.

3 Curtidas

Concordo com todos e concordo com sua visão também. Sou usuário avançado mas prefiro ficar fora de comunidades que tem estes tipos de pessoas, hoje em dia nem paciência de aturar tenho.
Aconselho fazer como a @Ana faz. Vai no fórum ou comunidade, verifica os tipos de pessoas que estão neles e decida se vai participar ou não. Isso ajuda muito.

Em meu caso o problema é inverso, se eu vou em alguma comunidade que tem um maior número de pessoas avançadas ninguém consegue é responder .unhas perguntas e/ou me ajudar. Já que quando tenho dúvida de algo, é uns 99% das vezes uma buxa que não tem nem matéria ou menção em sites de busca afora (duvidas avançadas).
Então infelizmente pra mim não adianta perguntar, ninguém vai conseguir responder mesmo.

5 Curtidas

Quando alguém dá uma resposta desrespeitosa, não devemos nos sentir atingidos. O problema é da pessoa que faltou com respeito, pois ela tem diversos tipos de problemas e acaba usando uma pergunta simples para se sentir melhor, mas rebaixando o outro.

Lembre-se que você só é responsável pelas suas ações, deixe que o outro desça pela descarga pelas próprias ações dele. Se entrar em batalha, você desce junto. Desconsidere as repostas que não somam e aproveite aqueles que querem ajudá-lo.

(ok, é mais fácil falar com meus trinta e muitos anos, mas queria eu ter aprendido essa lição muito antes…)

4 Curtidas

Eu já fui tratado mal quando comecei no linux. Fui tratado mal, motivo de chacota propriamente dito, não. Tanto por fazer perguntas, supostamente, simples, como sofri, digamos, bullying, por citar ou usar uma determinada distro. Não lembro que distro era ao certo (talvez, o Semplice Linux. Não lembro mesmo. Já fazem alguns anos), mas era alguma baseada no Debian (não no Ubuntu, no Debian mesmo).

Tem um ponto importante nessa discussão. Usar linux sempre gerou uma aura de conhecimento em cima das pessoas, como se todo usuário linux tivesse que saber tudo e conseguisse se virar sozinho. É verdade que, ao longo do tempo, quem é curioso e passa a usar o linux no dia a dia, acaba conseguindo resolver várias coisas sozinho ou com a ajuda de wikis etc. Mas, tem outras pessoas que, por motivos variados, ou não querem ou podem ter mais dificuldade e preferem recorrer a fóruns, grupos etc. para buscar ajuda. O que não é nenhum demérito para a pessoa. E alguns usuários não querem entender ou respeitar isso de forma nenhuma.

Outro ponto, em relação a perguntas, é que muitas dessas pessoas que tratam outros usuários mal é porque a pergunta tem a resposta fácil de ser encontrada na internet (como se isso justificasse determinado tratamento a outros usuários). Quem está iniciando, muitas vezes, nem sabe os canais de confiança para buscar informação direito. Logo, é óbvio que recorram a fóruns, grupos etc. em busca da resposta que desejam. Um iniciante ou usuário com menos conhecimento, pode não saber exatamente o que tem que apresentar ou mostrar no tópico para a resolução do problema, o que gera bastante desrespeito na comunidade. Isso é reflexo do que falei no paragrafo acima.

Obs: falando de um tema que apenas tange o do tópico. Será que parte dessa arrogância/prepotência ou desrespeito de determinados usuários não se deve as raízes do linux? Digo, de ser um sistema de nerds, de pessoas que eram, em certa medida, meio marginalizados socialmente e que isso ficou como um resquício de tempos atrás na comunidade? Ou não, eu que estou viajando mesmo? :upside_down_face:

2 Curtidas

@Guarazinho, recentemente publiquei um tópico falando de um problema similar:

https://plus.diolinux.com.br/t/rant-desabafo-algumas-pessoas-da-area-de-tecnologia-sao-muito-arrogantes-com-quem-tem-hardware-modesto/

1 Curtida

Sim, eu não me senti atingido, tanto que estou em um fórum onde a maioria das pessoas usam ou estão dispostas a usar alguma distribuição Linux. E é sempre bom aprender, e como dizem, antes tarde do que nunca :slight_smile:

De fato é bem mais cômodo quando estamos em um ambiente onde existem pessoas que falam português e que estejam on-line por um longo período de tempo, pois não é todo mundo que sabe/tem interesse de aprender inglês.

E sobre a “aura de conhecimento”, eu também tive essa sensação quando disse para alguns amigos que passei a utilizar Linux (precisei mandar uma print de algo e apareceu a barra do mint.). Eles meio que “elevam” o nível de respeito por pensarem que estou em um nível “superior”, o que é uma bobagem.

Vou dar um pulinho aí nesse tópico, irei comentar o que eu acho.

2 Curtidas