Já fizeram Hackintosh?

Estava aqui ouvindo o Diocast e numa parte dele falam sobre os níveis do hopping, e mencionam sobre o Hackintosh. Eu no mesmo momento me lembrei das várias tentativas que fiz (sem sucesso, óbvio.) de instalar o macOS em meu computador. Mas e vocês, já fizeram Hackintosh? E funcionou alguma vez?

Já fizeram?
  • Sim
  • Não
  • Sim, e deu errado.

0 votantes


foi um fracasso total
não conseguia uma resolução maior que 1024x768, não tinha aceleração 3D, minha placa de rede não funcionava, nem meu adaptador wifi usb e não dava boot sem usar um pendrive com o clover em mbr (minha bios não suporta gpt)
felizmente o drivedroid existe e eu consegui “arrumar” o computador

1 Curtida

Eu mesmo nem chegava no sistema, o máximo que cheguei foi na instalação. Depois de ver que não funcionava de jeito nenhum, desisti de vez.

Já sim, deixei redondinho. Tava funcionando Wi-Fi, trackpad, resolução, som, bateria, vídeo integrado (não tenho dedicado), tudo certinho. Inclusive, cheguei a criar este tópico:

Hackintosh para dar certo tem que ser hardwares muito específicos, se for notebook então pior ainda, ainda há a possibilidade de se perder parte do desempenho por não se ter um dos diferenciais dos macs: “casamento” entre hardware e software funcionando como um 'monobloco". Existe ainda o outro problema de mesmo o hardware sendo compatível em uma versão, na próxima atualização poder ir tudo por água à baixo (cada caso é um caso).
E por fim, se entre os PCs não surgir um seguimento relevante de ARM, os hackintoshs estarão nos próximos anos praticamente mortos.

1 Curtida

E eu, que dei a sorte de o meu laptop ter EXATAMENTE o hardware de um MacBook Pro mid 2013? :joy:

1 Curtida

Sim, dependendo do caso pode-se ter grandes resultados, mas, tem que se contar com a “sorte”, rsrsrs.

Os últimos Macs x86 saíram em 2020, e os Macs recebem atualizações por 8 anos (tirando os patches de terceiros). Ou seja, a morte do Hackintosh x86 está prevista pro fim de 2028 :thinking:

Sim, mas, sabemos como a Apple e o interesse dos desenvolvedores mudarão o cenário, aliás, mesmo tendo suporte, é possível que em 2, 3 ou 4 anos quase tudo saia em ARM. Tecnicamente será possível, mas, cada vez será menos interessante ou viável:

:ok_hand:

Eu ja pensei em fazer um Hackintosh, nesse caso um Ryzentosh, mas so de ver o processo e
ter que formatar o computador denovo ja me faz mudar de ideia :sweat_smile:

2 Curtidas

Funcionou tudo beleza (Asus é boa pra isso) exceto dois detalhes em particular, no Mac OS tem um recurso que permite fazer as janelas minimizarem em câmera lenta, eu fui testar e o sistema crashou, outro detalhe é quê eu precisava do pendrive conectado pra dar boot, eu não consegui dar boot pela partição EFI do SSD

1 Curtida

Eu lembro de quando eu ainda tentava fazer um Hackintosh e se desse algum erro eu escrevia num caderno pequeno (tipo, eu copiava o erro todo no caderno) pra pesquisar depois XD

Essa é a morte natural, o OS X pra se conectar nos serviços da Apple usam o serial ID do dispositivo pra permitir ou negar a conexão, ele meio que valida o dispositivo, ele se baseia onde o dispositivo foi fabricado, o lote, o país… Enfim, só que agora o processo é completamente aleatório, o que pode significar que se a Apple tiver uma base de dados com os números de série ela pode barrar updates, quebrar a AppStore, etc.

1 Curtida

Só usei em VM, nunca achei necessidade em usar algum produto da Apple, a única coisa que admiro muito neles é o design, tanto que me inspiro nas customizações de interfaces que uso, de resto acho que tem produtos equivalentes com preços muito menores, e usar algo não oficial como um Hackintosh é pedir para ter dor de cabeça!

Realmente, eu fiquei fascinado com o fato de que poderia colocar esse sistema no meu próprio computador. Mas depois vi que é complicado demais.

E além disso, a Apple não aprova. Então prefiro usar Linux mesmo.

1 Curtida

Só se você não tiver o hardware certo ou não souber configurar. Eu te garanto que um Hackintosh bem feito fica muitas vezes melhor que um Mac que custa um fusca. Além disso, às vezes a dor de cabeça não vem nem por ser um Hackintosh, mas pelo próprio fato de ser um macOS, onde as coisas acontecem de forma diferente.

De certa forma, o Hackintosh é como o Gentoo. Se tem preguiça de ler, passa longe.

1 Curtida

Atualmente tá custando um Golf 2006

3 Curtidas

Mesmo se surgir, o Hackintosh vai continuar bastante dificultado, o projeto Asahi (aquele do Linux nos Macs ARM) já documentou bastante diferenças entre o chip M1 e literalmente todas as outras CPUs/SOCs ARM no mercado.

Admito que eu não entendo muito bem (o blog é bem técnico mesmo), mas desde a comunicação de eventos de hardware até matemática é diferente nesses ARMs da Apple (chega a ter um modo específico que emula a matemática dos processadores x86, para acelerar o Rosetta II).

1 Curtida

Interessante, pela apresentação oficial do processador eu cheguei a desconfiar que esses chips apesar de serem da arquitetura ARM64 seriam únicos, obrigado por confirmar a informação, então, dá para crer que será uma tarefa bem difícil a sobrevivência dos hackintoshs na próxima década.