Já estou baixando a ISO do Beta do Mint 19.2

saiu os repositórios pro teste do Mint 19.2 e estou baixando a demo
pedindo minimo de 1GB e Cinnamon 4.2

https://blog.linuxmint.com/?p=3773

6 Curtidas

Por favor, depois de instalar conta ai o que estais achando.

acho que vou fazer um beckup no timeshift e atualizar em cima do meu principal.
image

Ontem eu fiquei sabendo que a iso já estava disponível em alguns espelhos, então eu baixei e instalei em uma VM.

Eu gostei das modificações no tema (pequenos ajustes no tom das cores) e nas fontes padrão, que deram um ar bem mais legal para o sistema. Mas no geral o sistema está o mesmo.

To curioso para testar como o novo pacote do wine montado pela equipe do Mint (wine-installer, que instala a versão winehq-stable [4.0]) vai se sair junto com o Lutris, mas isso é difícil de testar na VM. Além disso, de acordo com os anúncios do blog, foram feitas diversas otimizações de baixo do capô, mas apenas quando sair a versão estável terei como saber o impacto disso.

4 Curtidas

Quando sair a versão estável provavelmente os drivers mais recentes da NVidia já estarão disponíveis nos repositórios oficiais do Ubuntu. Juntamente com o novo pacote do Wine, vai ser legal instalar o sistema e não precisar de nenhum PPA, talvez com exceção do Lutris.

Porém, eu esperava que eles corrigissem alguns bugs que me incomodam e que já foram reportados, mas não aconteceu.

3 Curtidas

Queria saber se ele ficará rápido como o Ubuntu 19.04.

1 Curtida

Como é feito esse processo de atualização por cima da versão atual? Se não for um incômodo pra vc, poderia me explicar. Tem um pc aqui com o mint 19.1, se o 19.2 vier com pacotes mais atualizados já tá valendo o teste.

não consegui achar o repositório

@Danilo, isso é algo complicado de testar. O que você considera rápido? O quão rápido os aplicativos abrem? O quão rápido o usuário consegue acessar as informações que precisa? Menos uso de memória?
O Mint 19.x utiliza como base o Ubuntu 18.04, o que implica no uso de libs do gnome 3.28 ou anterior, sem ainda as otimizações do gnome 3.32, e no uso do Kernel 4.1X. Porém, as otimizações foram feitas mais na interface gráfica do Gnome 3 e não tanto nas core-libs, ou seja, não influencia muito no Cinnamon. O kernel só vai impactar em alguns HW muitos novos ou no uso de bateria ou afins, e não no tempo de carregamento dos programas.

@StrikerFX, assim que a nova versão for lançada oficialmente, e não apenas o Beta, o sistema (mint 19.1) irá exibir uma opção para atualizar para a nova versão. É importante notar que essa nova versão continua usando como base o Ubuntu 18.04 e apenas traz otimizações no Cinnamon e em aplicativos/configurações específicos do Mint. Ou seja, não espere uma nova versão do LibreOffice, Gimp, … pois esses aplicativos são distribuídos pelo repositório do Ubuntu e não diretamente pelos do Mint.

@rp.serejo, as informações sobre o Beta podem ser acessadas no blog do Mint. No primeiro post está o link para o post do blog sobre a versão Cinnamon, no qual tem uma grande lista de links para baixar a ISO.

2 Curtidas

a iso eu baixei, queria o repositório pra atualizar pra versão beta, parece q n da, acho que seria da LTS pra LTS.

@brunonzanette, poderia citar alguns desses bugs já conhecido e reportados?

2 Curtidas

Atualmente são 3 que me incomodam mais:

  1. A resolução do papel de parede fica errada no monitor maior (The wallpaper gets scaled down after restart, and does not fit the bigger resolution monitor · Issue #7035 · linuxmint/cinnamon · GitHub). Aqui eu tenho a tela do notebook que é de 1366x768 e um monitor de 1920x1080. Mesmo eu colocando um papel de parede maior ou igual a 1920x1080 o mesmo ficará com a resolução de 1366x768 no monitor de 1920x1080. Isso não atrapalha em nada o uso, mas torna o ambiente menos atraente, ainda mais pra mim que tenho um certo toc pra isso.
    (Edit: Este bug inclusive eu cheguei a entrar em contato com os devs para tentar consertá-lo, e ainda tenho esse desejo, mas pelo o que me disseram só acontece em certas placas de vídeo o que o torna mais difícil de consertar e menos prioritário).

  2. Outro, que também não atrapalha em nada mas que incomoda os mais perfeccionistas, é que os ícones das pastas coloridas são exibidos em uma resolução menor que os demais (Colored folders inside Nemo are presented at a lower resolution · Issue #71 · linuxmint/mint-19.1-beta · GitHub). Eu utilizo isso para marcar os diretórios que mais acesso. Funciona, mas fica bem feio.

  3. Os ícones da bandeja do sistema de vez em quando não aparecem ou aparecem quebrados. Ou seja, eu inicio o sistema e o ícone do atualizador, por exemplo, não aparece mas ocupa o espaço dele, deixando um espaço vazio, o que exige reiniciar o Cinnamon para corrigir (Ctrl+Alt+Esc), e toda vez que inicio o Steam (instalado via flatpak) o ícone aparece completamente quebrado, e só é corrigido após eu fechar e reabrir o programa (imagem abaixo).
    bug_icone_steam

Todos esses bugs não são críticos, mas que incomodam por ser um sistema simples e que preza pela agilidade e pelos detalhes. O meu sistema não tem transparência, docks, temas complexos, … e as poucas coisas que tem não são exibidas da melhor forma. Mas ainda é um ótimo sistema, pois todos os demais detalhes ele acerta de forma perfeita (ex.: nem o KDE permite centralizar um applet no painel, tanto vertical quanto horizontal. ex2.: em nenhum outro sistema a hora é exibida em duas linhas (hora/minutos) quando exibida em um painel vertical fino).

2 Curtidas

Não uso dois monitores, por isso nunca presenciei.

Não faço uso de pastas coloridas, uso as vezes a opção de “emblemas” para diferenciar/ realçar pastas. Esse na teoria a resolução é simples, talvez usar o ícone em .SVG ao invés de .PNG.

De não aparecer nunca aconteceu comigo, mas direto aparece o ícone de atualização quebrado, apenas 1/4 do ícone, mas clicando nesse 1/4 ele ainda é funcional.

Realmente, se for ver uma das coisas que mexeram nessa versão 19.2 alguns tons e fontes (estéticas), essas são tão simples e mais úteis!

Uma que até pouco tempo acontecia comigo e me incomodava, agora não acontece mais, é que quando ia para clicar com o ponteiro do mouse sobre o botão do menu iniciar e o mouse ia até o vértice da tela (limite, canto inferior esquerdo), dependendo da cor do tema que você esta usando na área de trabalho, simplesmente a tela inteira ficava da cor do tema por alguns segundos.

Exatamente!

Pois é, como eu falei, todos os bugs são bem pequenos e que não afetam uma boa parte dos usuários, mas seria bem legal pra mim se fossem corrigidos! hahaha

Esse que você falou, do ponteiro do mouse, eu nunca tive.

1 Curtida

logo de início da pra ver uma melhora na estética da barra de ferramenta.

1 Curtida

Esses bugs também acontecem comigo, e espero que um dia corrijam.

A minha solução temporária está sendo reiniciar o Cinnamon quando acontece, na maioria das vezes da certo usando o famoso: Alt+F2, r, Enter.

2 Curtidas

Como essa vai ser a minha primeira atualização de sistema no Linux, me surgiu uma dúvida: eu já estou utilizando o kernel 5 no meu Mint, e o 19.2 ainda utiliza a versão 4.15, se eu atualizar, vai voltar para o 4.15 ou ele vai se manter no 5?

1 Curtida

O Mint já tem kernel 5 e como a 19.2 é baseado no Ubuntu 19 também vai vir com kernel atualizado. mas também to na curiosidade, se a sua versão atual instalada for maior que a nativa do sistema se ele vai dejar como esta.

Que eu saiba a versão 19.2 ainda vai ser baseada no Ubuntu 18.04 e virá com o kernel 4.15

2 Curtidas

O Mint desde há algum tempo se baseia apenas em versões LTS. O 19.2 continua utilizando como base o 18.04.

@geordieguy, provavelmente será mantido o mesmo Kernel que você está utilizando, assim como os mesmos drivers. De qualquer forma, antes de atualizar é sempre bom fazer um backup dos arquivos e utilizar o Timeshift para fazer o backup do sistema (pacote, configurações, …).

3 Curtidas