Instalei o Mint 20.1 beta - breve opinião

Instalei agora pouco, fiz alguns testes, instalei as IDEs que eu uso, senti que deu umas travadas algumas vezes e pareceu mais lento que a versão anteriora. Uma diferença é até agora tem o chromium por apt, não precisa de snapd. Fui além e instalei o plasma (já usava ele no anterior), e aí que lerdeou tudo, travava tudo toda hora, deu ruim, claro que não é algo que o sistema se proponha mas no anterior rodo o plasma bonito. Bom, eu sou fã do Mint, vi um beta já quis ver na hora, no final, fiz o restore da versão anteriora e pronto, esse beta aí pra quem precisa do sistema funcionando, como eu que uso pra trabalho, não dá.

2 Curtidas

Por ser uma versão beta, alguns podem estar presentes, principalmente no Cinnamon. No tópico Linux MInt 20.1 Cinnamon - Com CPU perto dos 100%, você citou que a versão do Cinnamon é a 4.6.7, sendo que no blog post deles, eles falavam que iam atualizar para 4.8, com inúmeras melhorias de performance.

Perdoem, eu quem preenchi a versão errada do Cinnamon

Estou voltando ao Linux, comecei no conectiva 3, 4 depois cheguei a ficar no kurumin e agora estou voltando ao Linux, o fator mais importante (sou programador) é que finalmente não preciso ficar fazendo milagre no wine, hoje temos opções pra Linux que preenchem todas as funcionalidades antes somente disponíveis no Linux. Acredito que por isso me frustrei com essa versão beta. O Mint já escolheu oferecer xfce e Cinnamon, que são teoricamente mais leves e fluidas do que a opção com Gnome, então esperava mais investimento no Cinnamon, por l principalmente no quesito performance. Por ser beta já compreendo os bugs e limitações mas mesmo assim espero que assim que disponibilizarem uma versão estável, pelo menos o Cinnamon e o xfce tenham melhorias na performance. Não quero que o Cinnamon seja um “kde lite”.