Instalação offline snap flatpak

existe como baixar os programas flatpak e snap pra posterior instalação offline? uma vez que são apps de usuário, instalados na home, não entendo porque mesmo os programas populares não os disponibilizam em arquivos simples (estilo appimage), só que pra instalar. o libreoffice por exemplo só encaminha pras stores. ou ainda que fosse um zip, e dentro junto com os arquivos um script pra executar e fazer a instalação, seria muito mais amigável pra usuários basicos vindos de windows (acostumados a clicar em um setup.exe).

O flatpack é uma cápsula que vai dentro do anão. O anão é o container e o flatpack é o software.

não entendi exatamente o que você quis dizer com isso. usando a solução de mandar como zip + script de instalação, qual seria o problema?

Não sei a opção para Snap, mas a opção análoga no Flatpak é o Create USB.

# Criar um Flatpak USB (pasta com um "pedaço" da sua instalação do Flatpak)
flatpak create-usb /lugar/para/arquivar com.programa.Programa
# Na outra máquina: 
flatpak install --sideload-repo=/lugar/para/arquivar/.ostree/repo flathub com.programa.Programa

Nota: LibreOffice também tem AppImage.

1 curtida

essa opção funcionaria até num caso em que é o primeiro flatpak que vai ser instalado na máquina?

Parece que não. A segunda máquina (sem rede) deve já deve ter instalado pelo menos um Flatpak do mesmo repositório/loja que você “copiou” para o USB.

A triste realidade é que Flatpak e Snaps são feitos para serem completamente dependentes de lojas e tudo mais, ainda que não haja nenhuma limitação técnica impedindo instalações mais próximas de “baixe/copie esse arquivo”.

nesse caso vou torcer pra que appimage se tornem mais populares, com algumas modificações pra que seja possível deixar integrado a interface. por exemplo, os gerenciadores de arquivo exibirem uma opção extra para .appimages que seja “anexar à lista de programas” e aí ele puxa o ícone do pacote, e faz o que for necessário pra que esse ícone seja visto pelo sistema e responda a iconpacks. ficar na dependência eterna de uma conexão à internet é tudo que não precisamos

Um meio de adicionar essa funcionalidade é o AppImaged feito pelo autor do AppImage. Funciona no GNOME, KDE e XFCE.

Automaticamente anexa AppImages nas pastas Downloads e Applications da sua Home à lista de programas.

2 curtidas

primeiranente se a peesoa quer trocar de SO tem que ter em mente que nao é a mesma coisa entao…
E sim tem como voce instalar um snap ou flatpak offline só cabe ao desenvolvedor disponibilizar o .snap e o .flatpak

Creio eu que não existem .snap e .flatpak.

triste realidade é pessoas sem acesso a internet em 2020 quase 21…

Isso é mais comum do que você imagina. Em algumas pequenas comunidades da cidade de Morretes (Paraná), o único acesso à internet disponível é a satélite, com velocidades inferiores a 300kb/s e preços exorbitantes (quase 200 reais por essa velocidade).

Aliás, se não me engano, na Índia até pouco tempo estavam tentando sair do 2G, ainda (em plena época de migração para o 5G)

então como o app stremio disponibiliza em seu site um .flatpak

Um .flatpakrepo é apenas um arquivo de referência para o repositório flatpak, não possui um programa dentro (muito menos possibilita instalação offline)

1 curtida

verdade ate poucos meses atras aqui na minha cidade so tinha um provedor de internet que cobrava 60 por 2 mb

mas nao é um flatpakrepo é um arquivo .flatpak mesmo, vá ver com seus propios olhos

O Flatpak ter esse retrocesso em comparação com todos os formatos que o precederam (.rpm, .deb, até o Klik que deu origem ao AppImage) é sim triste.

Claro, a falta de inclusão digital é um problema sério que afeta o mundo todo, diferente de que Flatpaks não serem facilmente copiáveis de um lugar para outro. Mas há situações que se beneficiariam bastante se o Flatpak facilitasse isso. Lugares com internet com limite de franquia, pessoas viajando para o interior…


Bom, dei uma relida na documentação e aparentemente tem sim uma maneira de criar um arquivo Flatpak com o aplicativo todo:

flatpak build-bundle /var/lib/flatpak/ com.programa.Programa programa.flatpak

Isso não chega a ser tão bom quanto um AppImage. Se o outro computador já tiver baixado as “Platforms” do Flatpak, basta essa bundle. Caso contrário, você também tem que criar outro arquivo, dessa vez com as dependências/“platform”(org.gnome.Platform, org.freedesktop.Platform, etc.) dele e instalá-lo. E as platforms são gigantes (uma “platform” é mais de 200MB).

na minha opinião é contrário, é a evolução…já foi parecido com klik…

pra quem quiser ver um pouco da historia do flatpak História do Flatpak – Fast OS

me pergunto o que custa compilar um binario estatico

A esmagadora maiorias dos devs que publicam esses apps fazem AppImages, eles inclusive tendem a ser bleeding edge (gera o AppImage ao adicionar o código)

O LibreOffice por exemplo tem um AppImage aqui


Tem uma gambiarra ainda mais acertiva:

flatpak build-bundle /var/lib/flatpak/apps nome.do.app.flatpak nome.do.app

E

flatpak build-bundle /var/lib/flatpak/runtimes nome.da.runtime.flatpak nome.da.runtime

Pra instalar:

flatpak install nome.do.app.flatpak

Satisfazendo as dependencias é claro