Instalação com UEFI, ou não?

Evite, dá muita dor de cabeça.

1 Curtida

O UEFI já existe há muitos anos, porque ele dá tanta dor de cabeça??? Ainda uso Legacy meu Core2Duo.

2 Curtidas

Particularmente acho melhor instalar via UEFI, pois o Boot é bem mais rápido.

5 Curtidas

@RamonVSBR, veja o caso da sua placa mãe, se ela der suporte ao UEFI, indico instalar em modo UEFI por que você terá ganho na velocidade de inicialização do sistema - Principalmente se tiver um SSD. Agora se quiser continuar usando o modo Legacy você pode, mas eu particularmente acho que a melhor escolha é optar pelo modo UEFI principalmente quando a placa da suporte.

Atualmente, você só usa o modo Legacy se a placa não der suporte ao UEFI.

Sobre a instalação, é rápido você só terá que ficar atento a alguns detalhes. Talvez a maior dificuldade seja em instalar alguns componentes proprietários que as empresas fazer para rodar ao lado do UEFI(Minha opinião, dá para sobreviver sem esses aplicativos).

Basicamente ficaria desse jeito o particionamento:
“/boot” “Fat32” “Sistemas de EFI” “512MB”
“/” “Ext4” para o seu raiz
“/home” “Ext4” para o seu arquivos pessoais
“SWAP” “SWAP” opcional, você pode optar pelo “SWAPFile”.

7 Curtidas

Não há nenhum problema em instalar em modo UEFI. Pelo contrario, é o ideal, por conta de ser mais moderno e rápido principalmente com SSD’s. Caso você tenha um Dual Boot com windows, verifique antes se o windows esta rodando em Legacy ou UEFI (Me pergunte se houver duvidas)

3 Curtidas

Teria um passo a passo para instalar no modo UEFI?

Se for utilizar Dual Boot (Windows+Linux) verifique no SETUP (Quando reiniciar) se o seu sistema esta atualmente em Legacy ou UEFI. Se estiver em Legacy e você criar o pendrive com o programa Etcher (UEFI) o novo sistema sera criado e não encontrara o boot do windows, porque ele estara ainda em Legacy. Se for o caso, pra usar o dual boot crie o pendrive com o Rufus no formato MBR (Legacy)

Mas se seu setup já estiver em UEFI, mãos a obra!

Segue o passo-a-passo
1 - Baixe a ISO (Imagem) Linux de sua preferencia
2 - Crie um Pendrive Bootavel com o Balena Etcher (Tem pra windows, Linux e Mac e ja cria o pendrive UEFI) e deixe o pendrive na porta USB

3 - Reinicie sua maquina

Descubra qual tecla lhe da acesso a BIOS (No meu caso DELL é a tecla F2/ No ACER F12 assim que o nome ACER aparece)

4 - Entre no SETUP
5 - Desabilite o Secure Boot
6 - Confirme se o modo de sistema esta em UEFI ou Legacy. Coloque em UEFI
7 - Escolha dar o boot pelo pendrive que voce criou. (Tambem é bom procurar no setup um lugar onde possa habilitar uma tecla para escolher por dar boot. Isso é interessante quando por exemplo colocar um pendrive bootavel. No meu caso DELL é a tecla F12, no Acer é a F9, geralmente essa opção fica na primeira pagina do SETUP)
7 - Salve e saia (Clique F10 e depois Enter, o sistema ira reiniciar)
8 - Se habilitou a tecla para escolher o boot pressione ela ou espere o sistema dar o boot pelo pendrive
9 - No Ubuntu e distribuições que se baseiam nele (Mint, Deepin) escolha a forma de instalação "Ao lado do Windows)
10 - Siga o instalador, aguarde terminar e ao final o instalador mandara voce reiniciar. Quando o computador reiniciar retire o pendrive.

A partir de entao, ao ligar a maquina, o computador lhe dara a opção de entrar pelo Linux ou windows (Voce escolhe usando as teclas do teclado e pressionando enter)

Duvidas me pergunte.

6 Curtidas

Tenho algumas dúvidas sobre o UEFI e Secure Boot no meu Notebook.
Vou tirar fotos da BIOS e depois posto-as aqui também.

1 Curtida

se tem suporte suporte a UEFI e bom instala-lo, nunca tive dor de cabeça com ele não entendo porque do pessoal não gostar é uma tecnologia nova que substitui o BIOS/MBR.

2 Curtidas

Eu tenho instalado linux desda época que a gente usava o LILO como boot loader… demorou pra eu aceitar o UEFI, já que tem que ter disco com partições gpt e não msdos, e deixar umas partição fat32 separada pro /boot/efi. Para o legacy BIOS, bastava uma partição pro / e feito.

POREM tenho usado ele no ultimo ano, e realmente a performance é melhor! Como disseram, se vc tem um ssd e uma placa-mãe com support: mergulhe de cabeça! Vale a pena.

1 Curtida

Quando surge uma tecnologia para substituir outra e sempre bom adota-la pq não esta ali atoa. Se vc tem suporte e claro.

1 Curtida

Melhor video sobre o assunto 4fasters

1 Curtida

Modo UEFI e mais moderno do que o modo Bios,alem de bootar mais rápido,só vejo vantagens então o modo UEFI e melhor,segue o link com explicação muito melhor:

https://www.youtube.com/watch?v=N6sj1o-Gy60

1 Curtida

eae, cara, instalei o windows 10 no modo UEFI, e a distri linux mint, por descuido, acabou indo modo legacy. agora quando da boot, se na bios estiver UEFI, inicia o windows 10 sem opçoes de inicializar, se mudar para LEGACY, inicia o linux tbm sem dar opções de qual sistema. tem algum jeito fácil de mudar isto, ou precisa reinstalar o linux em modo UEFI ??
vlw

Se foi instalado em modo legacy significa que sua tabela de partição está como msdos/BIOS e necessita que seja modificada para GPT.

Infelizmente para realizar tal ação, todas as partições serão excluídas, para que sejam criadas novas no padrão apropriado.

entendo bem pouco mas obrigado. como acabei de instalar estes sistemas, o note e novo, nao tenho problema em desinstalar e instalar novamente. no caso prefiro fazer isso com o linux. será que é so por o pendrive e reinstalar no modo UEFI ? ou tenho que entrar lá no linux e desinstalar e talz ?

Sempre instalei todas as distros que usei em UEFI, criando a partição na instalação, e nunca tive problema algum.

O jeito fácil é reinstalar em modo UEFI. O jeito difícil é fazer manualmente.

Não necessariamente. O gpt preserva o local da MBR. Isso o torna compatível com o legacy. Uma vez carregado o inicializador da mbr, se o sistema operacional for compatível com GPT não haverá conflito com essa configuração.

Porém se fosse o contrário, e o disco tivesse uma tabela de partição tipo dos, corretamente teria que ser reformatado o disco. Ainda assim é possível iniciar partições nos mesmos setores da partição anterior, preservando assim seu conteúdo (operação arriscada), exceto para a primeira partição do disco, pois o header da GPT é maior.

entendi, mt obrigado. eu criei o pendrive bootável usando o YUMI e o download na opção Legacy. Acho que por isso, quando estou em UEFI com o windows e reinicio, ele não lê o pendrive. Provavelmente terei que fazer no modo UEFI. vlw aee !!!

Até Janeiro, meu computador era antigão, só BIOS / MBR, e eu lia sobre UEFI e achava complicado.

Quando montei um novo, aproveitei que o SSD nem estava particionado, e usei UEFI / GPT.

Primeiro, me concentrei só em 2 ou 3 bookmarks que iam direto ao assunto.

Minha experiência está aqui: