Iniciante no Linux com um notebook fraco [O que fazer?]

Olá pessoal, tudo bem?

Já tem bastante tempo que eu estava pensando em migrar para o Linux, mas ando um pouco desanimado com a ideia visto que isso não vai mudar o fato que preciso sacrificar certas coisas que não queria. Ainda sim desejo aprender mais sobre, mas não queria me jogar de forma tão brusca no Linux, esquecendo o Windows e usando Linux full-time, e queria ajuda de vocês para abrirem meus olhos um pouco.

O meu maior medo é se o meu notebook irá suportar ou ter problemas de desempenho nessa troca, e tem muitas coisas que eu ainda não entendo sobre o Linux. Eu queria que pedir ajuda de vocês nisso, seja com recomendações e tutoriais falando mais sobre as funções do Linux. Essas são as especificações dele:

  • Windows 10 Home Single Language x64
  • Intel® Celeron® CPU N2920@ 1.86GHz (4CPUs), ~1.9GHz
  • 4GB de RAM DDR3
  • Intel® HD Graphics

Se puderem me ajudar com indicações e dicas para quem deseja começar a usar Linux, fico agradecido…

Bem-vindo ao Fórum!

O que exatamente você teria que sacrificar para migrar para o GNU/Linux?

Para esse hardware, eu recomendaria o Linux Mint ou o Lubuntu. São sistemas leves e amigáveis para iniciantes.

1 Curtida

Opinião pessoal: Aconselho você deixar seu notebook dual-boot para se acostumar com o linux.
Pra essa configuração de máquina, aconselho o Lubuntu ou derivado.

Teste essa versão do Lubuntu, funciona muito bem nesse hardware.

https://winunix.github.io

2 Curtidas

Essa sua máquina não é fraca de jeito nenhum. Com 4gb vc pode escolher o desktop q preferir, mas aconselho, em 1 primeiro momento, optar por um q seja mais win-like.

Dá uma olhada no Mint, seja Xfce ou Cinnamon.

1 Curtida

No caso, eu reconheço que ele não é uma máquina muito forte (pra jogos).

O que mudaria é que eu teria que deixar os jogos de lado se eu quisesse manter a saúde do notebook em dia. Eu atualmente jogo nele, sabendo dos possíveis riscos, mas achei que pelo fato do Linux ser um SO muito mais amigável com o sistema no quesito de consumo de RAM, eu achei que ajudaria um pouco nisso…

Fora outras aplicações que utilizo, do Ms Office, Photoshop… etc.

Sim, com 4GB ajuda muito, mas pela idade que ele tem e o processador dele, a vida útil dele tá bem… razoavelmente ruimzinho. Eu posso usar ele por um tempo ainda (creio que eu consiga até comprar um novo).

Mas eu também desejo usar Linux, pelos benefícios que o próprio sistema oferece e toda a liberdade que dá ao usuário. E pra mim que estou aprendendo programação, é uma boa.

Vai de mint e Ubuntu em KDE.

WPS Office é uma ótima alternativa.

Eu sempre uso o GIMP…

Sim, eu já procurei algumas outras alternativas.

O fato é que, eu sou muito carente de conhecimento de Linux, sei poucas coisas. Se puderem me indicar vídeos falando mais sobre funções e coisas que eu posso estranhar no Linux, eu ficarei agradecido.

Principalmente sobre comandos, que pelo que eu vi em alguns vídeos é bem interativo. Also, o que seriam essas coisas… Cinnamon, XFCE, KDE… eu não entendo muito disso, mas aparentemente tem haver com a customização e aparência do sistema (foi uma conclusão bem superficial, não me aprofundei nisso ainda e.e ). É esse tipo de coisa que queria um caminho…

O Microsoft Office funciona normalmente usando o Wine e é bem fácil de instalar pelo PlayOnLinux (que é grátis). Eu uso o 2013 na versão x86 (32 bits) tranquilamente. Ou seja, você não precisa deixar de usá-lo, apesar de existirem diversas alternativas (eu pessoalmente não consegui migrar pela falta de compatibilidade, que acaba resultando em perdas de formatação).

Com relação aos jogos, quais seriam, especificamente? Com o Proton da Steam e o Lutris, jogar no GNU/Linux ficou bem mais fácil. Eu uso apenas o Ubuntu 20.04 LTS (não tenho dual boot) e minha experiência em jogos tem sido excelente.

Importante destacar também que um sistema com menor consumo de memória ram não será, necessariamente, melhor ou mais rápido que outro.

Well… eu jogo League of Legends, osu!, as vezes Elsword e também alguns servidores privados de Grand Chase.

Eu tava vendo alguns vídeos sobre o Wine, e tinha vários aplicativos com nomes parecidos, e eu fiquei meio na dúvida:

  • Wine seria um termo de aplicações que emulam o terminal do Windows? (foi algo assim que eu tinha encontrado sobre ele, que ele não era um emulador de Windows e sim emulava o terminal dele…)

Acredito que o canal do Diolinux seja uma boa referência em português Br.

São Ambientes de área de trabalho (Desktop Environments).
No windows seria os ambientes Luna, Aero, Metro e Fluent.

No Lubuntu a DE atualmente é a LXQt, a mais leve que conheço que não seja tão difícil de usar.

Eu diria pra começar migrando desde o Windows, comece a se adaptar ao LibreOffice ou outro que tenha nativo pra Linux, comece a aprender o GIMP…

Posteriormente, comece a mudar seu mindset esse post é um bom lugar pra começar

Então crie um Live USB (pode usar o Etcher pra isso) e experimente todas as distribuições que tiver vontade (ou faça uma máquina virtual).

Por fim faça um dual boot com sua distribuição

1 Curtida

Vou te contar minha experiência de transição do Windows pro Linux.
Tinha um notebook com as configurações parecidas com as do teu.
Um dia, simplesmente, enjoei do Windows, comecei a pesquisar e no dia seguinte, estava com o Linux Mint instalado.
Direto. Sem dual boot. Sem testar antes.
Mudança súbita, sem chance de arrependimentos, hehehe.
Isso tem um ano e meio e não voltei pro Windows.
Atualmente, estou usando o Pop!_OS 20.04.

2 Curtidas

Mint deve ser a melhor opção para o seu caso mesmo.

Minha dica é procurar por desktop enviroment no canal Diolinux.

Heim?

Existem outras questões a serem levadas em consideração, como os programas que usará. Por ex, o Chrome é papa memória, então usar Brave, Vivaldi ou Yandex no lugar, poderá ajudar.

@ailtonbsj Acredito que os “DEs” (ou as interfaces equivalentes) do Windows seriam por exemplo o Aero (Windows 7 e Vista) e Metro (8, 8.1 e 10).

:man_facepalming: Foi mal pessoal.

A equivalência no MS Windows seria Luna no XP, Aero no Vista e 7, Metro no 8 e 8.1, Fluent no 10.
Nas versões do Win9x seria o GDI, acredito. Mas isso tudo é muito avulso por se tratar de código fechado.

O Windows Explorer no linux teria equivalência ao PCManFM, Nautilus, Thunar, Dolphin, Konqueror, etc.

2 Curtidas

Que susto seu minino! Mas agora ficou melhor explicado.

O League of Legends já vi um pessoal aqui comentando que roda. Os outros jogos eu não conheço. Quanto ao que estiver no Steam, é bem fácil descobrir (a grande maioria funciona perfeitamente): https://www.protondb.com/

Wine é uma camada de compatibilidade que atua entre os programas de Windows e o sistema GNU/Linux. A maneira mais fácil de lidar com ele é por meio de aplicativos como o Lutris e o PlayOnLinux (assim não precisa configurar manualmente).

Comigo também foi assim. Nada de dual boot, foi uma mudança “raiz”. E baseada, quase que puramente, em curiosidade, porque também cansei do Windows. Não tinha problemas com ele, apenas queria experimentar algo novo. E um vídeo sobre o Fedora no canal do Diolinux foi o que começou com isso.

Testei de cara o Ubuntu 18.04 LTS no meu notebook para trabalho. Adorei. Pouco tempo depois pesquisei sobre rodar jogos… E logo em seguida estava com o Ubuntu 19.10 instalado no meu desktop gamer também. Em seguida atualizei ambos para o Ubuntu 20.04 LTS e instalei também no meu tablet/netbook híbrido. Já faz meses que não uso Windows 10 e não sinto falta.

1 Curtida