Formatar o arch e manter a /home com as configurações

Olá. Sou iniciante no Arch e me veio esta duvida, quero pedir desculpas se já tem tópico com essa duvida.
Instalei o Arch ontem a noite e hoje me veio essa duvida. Se eu precisar formatar o arch como mantenho minha /home sem formatar afim de manter os arquivos.
Pode me ajudar?? Se possível com os comandos para que eu não faça lambança no meu arch. Obrigado.

Ps: Desculpa se nao foi claro o suficiente…

Olá, Leandro. Aprender um sistema novo é sempre recompensador.

Você não separou o “/home”, né? Você sempre pode verificar a hierarquia dos dispositivos de bloco e suas partições ou volumes usando o comando lsblk, além de poder verificar os sistemas-de-arquivos montados com o mount ou mesmo com um df -Th (mais usado para ver o espaço livre, mas retorna uma saída mais bonitinha).

Uma possibilidade é a seguinte: você utiliza um Live CD de sua preferência, que contenha o GParted, redimensiona a partição que você monta como raiz ("/") e, no espaço não alocado que vai ficar, cria outra partição que você poderá montar em “/home”.

Você então realiza a cópia dos dados do “/home” que se tornará mero ponto-de-montagem para a nova partição.

Seja “/” sda1 e “/home” sda2, via Live CD, temos:

root% cd /mnt # muda para /mnt
root% mkdir raiz home # cria os pontos de montagem temporários no Live CD
root% mount /dev/sda1 raiz # monta a raiz
root% mount /dev/sda2 home # monta a nova partição para os homes
root% cd raiz # muda para a raiz do Arch
root% cp -a --verbose /home/* /mnt/home # copia hierarquicamente os diretórios dos usuários para a nova partição, preservando o carimbo de data e hora e outros atributos, dizendo o que está sendo copiado

Feita a cópia, você então precisaria modificar a tabela de sistemas-de-arquivos do Arch, que no meu exemplo, estaria em “/mnt/raiz/etc/fstab”. Você pode usar o comando lsblk -f para obter os UUIDs conforme o dispositivo e ponto-de-montagem. Usar UUIDs não é necessariamente obrigatório, é possível substituí-los pelo caminho da partição (ex: /dev/sda2), mas se você mexer nos discos e as letras mudarem, o sistema não fará a montagem e isso pode impedir a inicialização.

Seja “06c3484c-0ee7-0cde-0f9e-056f39f41d88” a partição “/dev/sda1” com sistema-de-arquivos XFS e “3e3144d0-7d7a-440a-804a-704a2b11fe49” a partição “/dev/sda2” com sistema-de-arquivos XFS, teríamos as seguintes linhas para elas no “/etc/fstab”:

06c3484c-0ee7-0cde-0f9e-056f39f41d88  /      xfs  defaults  0  0
3e3144d0-7d7a-440a-804a-704a2b11fe49  /home  xfs  defaults  0  0

A raiz você não vai precisar mexer, só acrescentar a “/home”.

Para fins de becape, eu ainda faria no Live CD a renomeação do diretório antigo, para só apagá-lo após garantir que tudo está OK:

root% mv /mnt/raiz/home /mnt/raiz/home~ # renomear diretório de homes antigas
root% mkdir /mnt/raiz/home # recriar ponto-de-montagem

Basicamente, é isso.

Olá. Obrigado por responder ^^. Na verdade separei minha /home na instalação. A duvida é como manter os dados se eu precisar formatar novamente. Tipo como quebrar o sistema e não tiver solução. Mas pelo que eu entendi posso fazer isso por uma live iso de outra distro.

Quando você instalar outra distribuição, opte pelo particionamento avançado e indique a partição raiz do Arch para ser inicializada com um sistema-de-arquivos zerado e montada como raiz dessa outra distribuição, tomando o cuidado de pedir apenas para montar a partição dos homes, sem recriar o sistema-de-arquivos nela.

Minha duvida é mais com os comandos tipo se precisar instalar o arch muda alguma coisa nesses comando para a /home ficar sem formatar??

mkfs.fat -F32 /dev/sda1

mkfs.ext4 /dev/sda2

mkfs.ext4 /dev/sda3

mkswap /dev/sda4

mount /dev/sda2 /mnt

mkdir /mnt/home

mkdir /mnt/boot

mkdir /mnt/boot/efi (se for usar EUFI)

mount /dev/sda3 /mnt/home

mount /dev/sda1 /mnt/boot/efi

swapon /dev/sda4

A regra de ouro é que você só roda comandos e só acrescenta opções neles quando tem plena compreensão dos efeitos. Se rodar esses comandos aí como se fossem receita de bolo, vai perder dados. Por exemplo, você entende que mkfs.ext4 /dev/sda3 vai recriar o sistema-de-arquivos na terceira partição do primeiro disco, apagando todos os dados, né? Você compreende que é isso que o mkfs.ext4 faz, certo? Se você rodou ele antes de mkdir /mnt/home e mount /dev/sda3 /mnt/home, não tem como ter dado nenhum em “/mnt/home” além de um diretório “lost+found”.

Obrigado amigo era isso que eu tinha duvida. Pelo que eu entendi se eu usar o mkdir /mnt/home e mount /dev/sda3 /mnt/home vou manter minha /home intacta certo?? Me corrija se eu estiver errado.

Sim, vai manter. Você entende que o mkdir cria diretórios e que o mount faz essa ponte entre o dispositivo de blocos em “/dev/” e o diretório criado, que passa a ser um ponto-de-montagem, né? A aprendizagem conceitual é muito importante, principalmente ao usar uma distribuição como Arch.

Amigo obrigado de :heart: não sei como posso te agradecer, essa era minha duvida. Obrigado e desculpe o incomodo.

1 Curtida

Com o tempo usando Arch vc vai aprender bastante sobre o sistema e vai perceber que é muito mais fácil acertar o que está errado do que reinstalar o sistema!

1 Curtida

Acho que minha “sda” finalmente chegou ao fim encontrei a distro do meu :heart:
Quero aprender sobre o Arch e olha que eu nem sou da area de TI.

1 Curtida

Bateu mais uma duvida que é: tipo usando esse comando mkdir /mnt/home e mount /dev/sda3 /mnt/home vou te que mudar o usuario da /home ou posso manter o mesmo??

O ideal é manter o mesmo nome de usuário, caso contrário, você vai ter que passar por um processo chato alterando privilégios.

1 Curtida

Obrigado amigo. Não sei o que seria de min sem esse forum.

Olá. Como vocês fazem para re-instalar o arch e manter a /home. Podem me dar uns exemplos??. Tipo o arch quebrou e não tem como resolver só formatando, como vocês fazem???. Poderiam passar os comandos??. Obrigado.

Amigos finalmente minha jornada para manter a /home intacta chegou ao fim. Descobri um comando para manter o usuario e a mesma /home. Como eu estava usando esse comando " useradd -m -g users -G whell usuario " e estava dando erro de usuario existente, garinpei a internet até encontar uma solução que foi esse comando " usermod -a -G groupName userName ". O usuario foi re-criado e consegui manter minha /home intacta. Agradeço aos amigos que me ajudaram e peço
desculpas por não ter sido claro com minha duvida. Obrigado a todos.

2 Curtidas