Fiz meu primeiro dual boot com uma distro Linux, isso é maravilhoso

Olá, criei uma conta hoje, vi muitas coisas aqui no fórum durante esses dias, nessa ultima semana comecei testar algumas distros na maquina virtual, Mint, Zorin, Pop OS, bom, quando um usuário que nunca usou Linux procura algo no Youtube ele encontra muitas recomendações sobre quais distros usar se vc é um usuário que vem do Windows, mostra muitas recomendações sobre esses 3 sistemas que citei acima, depois de usar um pouquinho cada sistema, acabei eliminando o Pop OS, o visual não me agradou, não me aprofundei na personalização, o Mint o visual parece antigo, porem é familiar demais, mas ao iniciar o sistema o visual não agrada tanto, fiz uma personalização básica seguindo uns tutoriais do youtube e fica até agradável, mas ao instalar o Zorin o impacto ao iniciar o sistema foi muito grande kkk, cara, que sistema lindo, acabei instalando ele…
O Linux despertou uma coisa em mim que não sentia faz tempo, já que no Windows esse interesse de aprender mais já se esgotou, já com o Linux deu uma vontade muito grande de aprender mais e mais, sobre terminal, até ter vontade de ficar horas personalizando o sistema.
To com o sistema instalado em dual boot com o Windows 11 tem +/- 2 horas, meu notebook é um Samsung Galaxy Book 2, 12th Gen Intel® Core™ i5-1235U, 8GB RAM, com o Windows eu nunca vi o sistema voar como ele ta nesse momento, estou realmente surpreso, muito mesmo, que maravilha, 8GB e nesse momento esta sendo usado apenas 2,5GB RAM, sinceramente estou apaixonado pelo sistema Zorin e automaticamente pelas distros Linux, não precisei instalar nenhum driver manualmente, aparentemente esta tudo funcionando lindamente, assim como era com o Windows, som, Bluetooth, touchpad e seus gestos, etc etc, por enquanto zero problemas, acabo utilizando poucos programas no Windows, a maioria é feito pelo navegador mesmo, no momento não pretendo tirar o Dual boot e ficar somente com o Linux, ainda tenho que aprender muuuito pra ter essa confiança… Enfim, isso já virou um texto, realmente estou empolgado, que sistema maravilhoso, o pensamento que fica na minha cabeça é: Porque não testei uma distro Linux antes…

7 curtidas

Bem vindo ao fórum.

Que bom que gostou do Zorin. É um excelente sistema e muito bonito.

Vai com calma, aqui. Quanto mais mexer, mais fácil criar “inconsistências”. Fiz uma personalização rápida e simples, mas que já faz uma boa diferença no visual. Talvez sirva de inspiração.

Fique tranquilo, não há nada de mal nisso. Aprenda bastante. :+1:

1 curtida

Cara, você esta sendo “alimentado” pelo mesmo desejo que eu: Querer conhecer coisas novas. Não que eu conheça o Windows de maneira abrangente, mas pro meu uso eu diria que bastante…

Deu um certo trabalho adaptar o Linux para o que eu preciso, é necessário entender um pouco sobre bastante coisa mas após o trampo estou eu aqui, navegando e jogando games nativos do Windows no Kubuntu.

Achei diferente o fato de você ter vindo “crú”, e não digo isso no sentido pejorativo. Eu cheguei a testar algumas distros mas devido a experiencias anteriores, me limitei as KDE pois acho o Gnome meio esquisito e no seu caso não, testou sem discriminação. Aceite o desafio de tentar deixar o mais funcional possível em comparação com o Windows, mesmo que em doses homeopáticas.

1 curtida

Começa assim, daqui um tempo já ta instalando openbox e configurando ambiente virtual do 0

Mas brincadeiras a parte, eu comecei parecido com vc, achava mint muito feio, instalei zorin, o que acabou me levando embora dele é a base extremamente antiga, como sou dev, fica impossível, até a versão do gcc é antiga de mais pra mim utilizar no dia a dia.
Pra uso comum acredito não ter problemas, distro estavel e muito boa!

Rapá, sem querer “atiçar”, mas fica de olho no Deepin 23 quando sair. Está muito lindo.

acho uma recomendação bem ruim pra quem ta começando, interface com pouco tutorial online, novo gestor de pacote que metade da documentação e suporte vai estar só em forum chines, loja de aplicativos ruim de usar no brasil, muitas coisas não estão traduzidas

Mais facil mandar ele usar um kde e customizar, vai ter menos dor de cabeça

Ah sim, até porque, quando lançarem de fato ele já vai estar mais habituado, talvez já tenha passado pela “crise de distro”, etc. O que poderia fazer é , quando mais experiente, instalar via virtual box, mas aí gosto é gosto vai que ele não gosta.

1 curtida

Sei bem que sensação é essa. Tive a mesma. Comecei na pandemia a ver os vídeos do Dio e aprender um pouquinho sobre Linux. Testei de tudo. Comecei pelo Ubuntu. Acho o Zorin legal, mas não consegui usar. Não sei explicar isso. Fiquei um tempo no Fedora. Agora estou no Big Linux (uma distro brasileira muito boa!). Em breve posso migrar pra o Tiger Os do grande @Daigo , quando a interface KDE chegar no sistema. Seja bem-vindo ao mundo Linux e ao Fórum! Aqui, realmente se aprende mais! E esse fórum é muito colaborativo.

1 curtida

Interessante ver que vários usuários apareceram na mesma circunstancia que nós: Começaram a usar “como quem não quer nada” e estão até hoje. Conseguir jogar no Linux é um grande avanço, já posso ficar dias por aqui mesmo sem usar o dual boot =P

Bem-vindo ao Fórum e ao Linux! E que essa chama por aprender, não se apague. Talvez você realmente goste disso. E fico feliz que esteja gostando do sistema.

Tipo aquela curiosidade de “quero conhecer esse tal de Linux que vejo por aí”. E alguns acabam ficando e outros indo embora. Alguns de vez, outros voltam depois de uns anos.

Assino embaixo. É bem assim mesmo.

1 curtida

Tipo aquela curiosidade de “quero conhecer esse tal de Linux que vejo por aí”. E alguns acabam ficando e outros indo embora. Alguns de vez, outros voltam depois de uns anos.

Pois é… No meu caso, tive uma experiencia peculiar com ele mais recentemente, mas não foi meu primeiro contato… Ou seja, já usei há quase duas décadas atrás (idade chega e vem esse papo de década) e retornei depois de muito tempo.

Eu quero ver como vai ficar, optei pelo Kubuntu, não sei se será uma decisão a ser mantida, estou encarando tudo aqui como uma experiencia e as coisas podem mudar. Fiquei tentando a experimentar o Pop! Os pela questão dos games mas por enquanto o Kubuntu esta ok

No meu caso, eu já tinha usado o Linux antes há uns 11 anos, e acabei deixando de usar, pois eu estava tentando instalar o Slackware e acabei destruindo o meu Debian, que estava totalmente configurado em meu netbook.

E como eu tinha o Windows 8 em dualboot, acabei ficando no Windows mesmo. Até que depois de 10 anos, voltei a usar o Linux porque eu queria modificar um tema para o meu Blog. Usei primeiro em uma máquina virtual, depois instalei em dualboot, mas eu quase não usava e por fim comprei um notebook novo em que está apenas o Linux instalado.

E quero migrar em definitivo para o Linux, e se precisar de algo do Windows, posso usar uma máquina virtual.

E por enquanto tenho gostado bastante desse retorno ao Linux e o Gnome é um ambiente que me agrada muito.

Minha ideia inicial era usar a parte “navegação e edição” no Linux, mas quando notei que o mesmo reconheceu minha placa de som fiquei instigado “e se eu tentar executar games por aqui?” e é o que ando fazendo, deu trabalho mas consegui, usando o Proton e Wine.

Tirar o Windows é ainda inimaginável, por conta do foco em games na plataforma, mas pela primeira vez estou jogando “pra valer” no Linux e a coisa ta indo muito bem. Da primeira vez era apenas curiosidade e tempo livre mesmo

1 curtida

Você fez uma ótima escolha. O Zorin é muito bem feito. Eu uso o elementary OS há bastante tempo. Mas ainda recomendo o Zorin OS para pessoas vindo do Windows.

Mas na próxima versão 8 do elementary, eu acredito que ele já se encaixará para qualquer usuário sem experiência com Linux. Mas ainda não tem previsão de lançamento.