Fedora 31 irá descontinuar suas versões do kernel i686

Parece que após o anúncio da Canonical sob o 32 bits, outros times de Distros começaram a acordar. Fedora também pensa parecido, porém não vão ser tão radicais quanto o time Canonical.

Ainda acho melhor fazer como o time do Arch fez, mas cada um tem sua forma de trabalhar, não?!

1 Curtida

Nesse ponto eu concordo a arquitetura 64bits existe há tanto tempo, o primeiro processador que executava essa arquitetura foi criado em 2003, então dropar o suporte a árquitetura é algo compreensível…

1 Curtida

Não é bem assim, dropar o kernel e as imagens do sistema tá tranquilo o que não pode acontecer até 2038 é dropar as bibliotecas

1 Curtida

Mas é isto msmo, pode dropar o kernel ou parte dele, pois há aplicativos que ainda precisam do headers, o que não dá por enquanto é tirar as bibliotecas.
Dá pra fazer igual o time do Arch, que não lança mais ISO 32 bits, mas mantém os multilibs e outras bibliotecas necessárias. Não precisa ser radical e tirar tudo.

1 Curtida