eXtern OS Beta 2 - Uma segunda passada no "Blur OS", será que presta?

Introdução

    Alguns de vocês já devem ter ouvido falar no eXtern OS, talvez até mesmo pelo canal Diolinux no YouTube. Eu já tinha testado a Beta 1 (inultilizável), então resolvi dar uma chance pro Beta 2.
    A primeira coisa que quero adiantar é que testei este belo SO num belo Core 2 Duo com 2GB RAM. Não é o melhor hardware, então a sua experiência pode ser melhor que a minha.

Blur

    Ahhh, o blur. Nada como um desfoque com transparência aqui e ali, para dar um ar de beleza e elegância. Com um toque de blur, dá para incrementar ainda mais a beleza de uma DE (DDE que o diga…). Sem exageros, claro. Mas esse é o ponto aqui. O eXtern não é feio, mas tem transparência e blur em qualquer peça aplicável da DE. Se existe um limite para desfoque de fundo, o eXtern tá em cima da linha.
    Uma das coisas na qual isto mais impacta é o desempenho. Não se engane, não é ruim. Neste hardware deplorável, fui capaz de realizar minha atividades do dia-a-dia sem problemas. Editar textos, ouvir música, escrever no fórum… Nada disso me causou dor de cabeça. Mas não chega nem aos pés do desempenho de qualquer outra DE.

Aplicativos e DE

    O eXtern é escrito em JavaScript (node.JS), e para mim teve desempenho similante ao ChromeOS. Ele se baseia no Ubuntu, então não há do que reclamar em relação a apps. Mas ele vem com alguns pré-instalados, escritos da mesma forma da DE. São apenas básicos, como navegador, gerenciador de arquivos e etc. Porém, como já disse você tem uma base sólida, com disponibilidade boa de apps.

Conclusão

    O eXtern pode ser ultilizado para tarefas básicas, mas não o aplique em ambientes de produção. Como já disse é uma beta e seu desempenho não é tão bom. Além do que eu nem passei tempo suficiente com ele para experimentar problemas grandes, mas pode ser o seu caso.

2 curtidas

Vamos ter que esperar por uma versão final (se é que um dia ela irá sair). Mas, devo confessar que gosto da proposta do sistema de sair da mesmice.

Não vejo com bons olhos a utilização de tecnologias web para compor ambientes desktop… Ou melhor, para compor um sistema inteiro, pois o uso em ambientes desktop já é comum até (Atom, Whatsapp, entre outros)

1 curtida