E se as distros cobrarem pelo Download da .iso?

Foi só um pensamento do Cassidy, sobre se seria uma “ideia terrível” cobrar 1$ por download direto da .iso do ElementaryOS, pois existe custos para CDN’s para largura de banda, balanceamento, gerenciamento, manutenção…e deixar os Torrents grátis, já que permite terceirizar tudo isso…

Eu amplio a pergunta, e se todas principais ou não distros fizessem o mesmo? Qual sua opinião?

4 Curtidas

Totalmente legítimo, mas eu não pagaria, seguiria com o magnet link, como sugerido pelo Twitter. Eu sempre faco o download e seedo o iso do Arch.

3 Curtidas

Creio que, se “todo mundo” usar torrent pra baixar os isos e mantiver semeando por um tempo considerável, ajudaria bastante e diminuiria os custos de distribuição.
Com relação à cobrança, creio que não haveria nenhum problema. O pessoal ia acabar tomando mais cuidado e guardar as isos por mais tempo ao invés de baixar toda a vez que precisar, eu me incluindo nessa.

4 Curtidas

algumas distros já usam aquele sistema de “'pague quanto quiser” eu gosto dessa ideia

2 Curtidas

Vejo que o público em geral, que não é muito afeto a TI, não valoriza estas coisas, acha que tudo é “mágico”, automático e que é apenas um clique, e não daria valor.
Eu gosto muito da ideia de pagar quanto quiser, bem como a de ter distros “especializadas”, que já fazem uma parte interessante do trabalho, seja com suporte, instalação de apps específicos, alguma coisa que facilite a vida do usuário.

6 Curtidas

Opinião simples e direta:

É algo justo, não vejo problema nenhum, os devs envolveram reduziram o único ativo irrecuperável pra produzir a ISO: tempo, então, sim, eu compraria

Opinião complexa

Com base nesses argumentos… eu não compraria nem ferrando, se o problema é armazenamento distribuído:

  • GitHub
  • BitBucket
  • OSCDN
  • Tuxfamily
  • Sourceforge

Então… Lugar gratuito não falta, isso sem contar com centenas de universidades ao redor do globo, então o preço da CDN não é nem de longe o problema aí…

Então não se deve cobrar? Lógico que se deve cobrar, mas não sob justificativa de ser caro manter CDNs, mas sim pelo trabalho feito, mas pra isso tem que haver benefícios pegando o caso do elementaryOS:

Poderia existir 2 ISOs:

  • Uma com o básico do básico ou seja a ISO atual com apenas a loja+terminal+gestor de arquivos, sendo essa gratuita

  • A ISO atual com melhorias, porque atualmente tá ruim, sendo essa paga

Isso é um modelo mais justificado e obviamente exigiria features premium, ou mesmo uma CDN própria com links não expiraveis

Seria bom para a manutenção e custeio dos serviços, mas, a obrigatoriedade poderia ser um tiro no pé ao nichar ainda mais o Linux.
As distribuições ficariam restritas a praticamente só quem já é do meio, porque isso desencorajaria por exemplo usuários de outros sistemas operacionais que já tem aversão ou preconceitos com sistemas operacionais Linux a se arriscarem pagando por algo que para eles já não é convincente por si só.
Outro efeito é que provavelmente reduziria significativamente, mesmo na comunidade, os chamados “saltadores de distros”. Isso já acontece em alguma medida com distros que tem alguma forma de controle sobre os downloads, como aquelas que obrigam a criação de registro e só linkam o download por e-mail após uma autorização de horas.

2 Curtidas

O problema é que como sabemos, o individualismo faz 90% dos torrents morrerem em pouco tempo, creio que muitas distros “morreriam” por inanição em pouco tempo nesse sistema.

2 Curtidas

Pior que você tem razão.
Eu costumo semear durante algum tempo.

2 Curtidas

Ou talvez porque quem baixa a ISO por torrent já formata o PC e perde o seed… :joy:

2 Curtidas

@msteles
@Aghbi
Pois é, na prática só funcionaria com as distros muito populares (porque haveriam muitos semeadores constantemente). Isso faria uma “seleção artificial” no Mundo Linux, o que para quem não gosta da variedade de distribuições e acha que que deveriam existir poucas e focadas distribuições com alguma padronização isso seria um prato cheio.

Pelo que vi nos comentários até agora os “possíveis” pontos negativos:

  • aumenta a quantidades de etapas a se instalar o OS
  • iria diminuir a quantidade de “saltadores de distros”
  • nichar ainda mais o Linux, fazendo com que desencorajem novos usuários…
  • torrent’s iriam ficar lentos por falta de seeds
  • só funcionaria com distros mais populares

Porém, muitos acham esta ideia algo “justo”.

Agora pergunto, qual seria os pontos positivo disso?

1 Curtida

Como uma opção seria interessante, para quem pudesse (e quisesse) ajudar o projeto. Como obrigação não!

1 Curtida

Esses pontos negativos só existem no modelo proposto pelo autor, todos os pontos positivos existem em outros modelos:

  • Maior engajamento dos usuários
  • Maior incentivo para que o sistema não seja descontinuado
  • Possibilidade de suporte direcionado
  • Possibilidade da distro se tornar a principal fonte de renda dos devs
  • Possibilidade dos deves terem poderem investir maior tempo no projeto

e por aí vai

1 Curtida