É aconselhável atualizar S.O com dual boot?

Boa tarde comrades!

hahahah zoeira, mas então guys, primeiro desculpem se é um tópico repetido, mas eu não achei algo sobre esse assunto específico.
Fiquei com essa dúvida do título porque trabalho numa universidade e tem laboratórios de informática onde um professor faz dual boot entre Windows e Ubuntu. No caso ele instala o Ubuntu depois do Windows. Só que temos que manter as máquinas atualizadas e sempre que atualizamos o Windows, algumas delas sempre dão pau, ou o Windows entra em modo de reparação que não repara, ou o grub fica todo zoado.
Queria saber se realmente isso é culpa do Windows (se ele altera algo no grub) e se é aconselhável atualizar os S.Os em dual boot.

Abraço!

1 curtida

não é aconselhável usar qualquer SO sem atualizar. Agora, o Windows não tem funcionalidade para duallboot nativamente, logo pode ocorrer problemas com bootloaders…

4 curtidas

Entendi, mas será que mesmo com o WSL, o Windows não vai adicionar uma funcionalidade para isso? Ou pelo menos facilitar a compatibilidade? Seria bom né…

Mas então o que você sugere para evitar os problemas com o dual boot?

evitar duallboot com windows, ou melhor, evitar windows…

3 curtidas

:joy: (10 caracteres)

Isso, porque (dizem) M$ “ama” Linux.

Imagina se não amasse.

Costumo ter 12 distros em dualboot, e nunca deixei de atualizar nenhuma.

O pior que já me aconteceu, foi o Grub ficar “inchado”. Foi muito simples desinchá-lo, e não tive mais problemas.

1 curtida

Só pra detalhar o “grub zoado” que eu citei na pergunta do tópico, é que o normal é a interface do grub ser assim, correto? :

Esse zoado que eu digo é que algumas máquinas já ficaram desse jeito:

Quando isso acontece, no nosso caso aqui, o Windows não loga. Ele inicia mas fica na tela de loading infinitamente e não mostra a tela de login.
Se alguém souber também o porquê disso…

Uai? Mudou a versão do GRUB quando cai nesse bug? E ainda com uma versão de kernel antigassa com Windows Vista?

Eu acredito que o disco rígido ainda tenha um grub antigo na MBR.

Acredito que o disco tinha particionamento msdos, e daí foi reparticionado com GPT. Porém foi mantido os dados na MBR. Quando acontece esse bug a placa mãe resolver iniciar no modo “legacy” e dá boot nesse esqueleto antigo que não foi apagado durante o reparticionamento.

Outra opção é que tenha dois discos rígidos e a placa mae passa a usar o bootloader do outro disco (legacy + MBR).

Caso seja isso, pra resolver tem dois jeitos.

  1. Desabilita a inicialização pelo método legacy. Deixa “UEFI Only”
  2. Deleta esse MBR antigo (tem um comando com dd que apaga os primeiro 400 e poucos bytes do disco). Evita de aparecer esse grub antigo mas se a placa mae tentar iniciar por legacy vai aparecer: sistema operacional não encontrado (ou algo parecido).

Nota: esse kernel 2.6.30 foi lançado em 2009! Esse disco rígido é velho hein!

2 curtidas

Não né mano, utilizei fotos do google como exemplo, da pra ver que não é o mesmo pc, achei que não precisaria explicar kkkkkkk

Mas entendi. Na real os micros lá só têm um HD mesmo e a gente costuma instalar tudo por UEFI. Mas valeu a dica, vou conferir amanhã se por acaso foi instalado como Legacy :+1:

1 curtida

O ideal seria mostrar fotos do que realmente acontece nos seus PCs. ─ Dependemos disso, para tentar entender e ajudar.

Sim eu sei disso, mas a hora que postei as fotos já estava em casa, só quis ilustrar o problema e serviu, afinal o Deleterium entendeu.
Foi mal se fui grosso, não estou de bom humor desde ontem à noite. Mas valeu a ajuda pessoal :+1:

Eu tenho dual boot com Windows 10 (recentemente atualizado para a versão 2004) e Fedora 31. Até o presente momento, ainda bem, nunca tive problemas em questão de atualização dos sistemas e ocorrer algum conflito. Sempre faço a busca por novas atualizações (se existir, eu instalo-as) quando inicio o sistema e tudo funciona perfeitamente.

1 curtida