[ Discussão ] As distros linux não tem uma "cara infantilizada"?

Isto é algo que eu venha pensando há um tempo já e gostaria de saber a opinião de vocês sobre. As vezes eu acho que visualmente falando as distros/DEs entregam um visual com uma cara nada “profissional” ou qualquer coisa algo que passe de alguma forma uma maior seriedade, faltando de alguma forma uma “maturidade” as mesmas. Diferentemente de por exemplo o Windows 10, que já oferece um visual mais “formal” (ao meu ver) e eu digo isso relacionado principalmente a cores, ícones, temas, etc… diferentemente de praticamente todas as distros que eu conheço.

Não, nada haver isso!

2 Curtidas
4 Curtidas

Será? Ex: tu é um empresário e usuário “comum” e vê o visual do Win10 e de um Xubuntu (que é meu amorzinho por questão), qual você acha que passaria uma melhor impressão?

Isso depende muito do usuário, ao meu ver, se ele quiser ele pode personalizar para deixar como se fosse um ambiente de escritório, como ele também pode deixar como uma creche, eu acho essa liberdade de escolha o fantástico das distros.

3 Curtidas

Discordo, mano. Primeiro, temos que separar distros de interface gráfica nesse caso, pois as distros possuem interfaces diferentes, logo, não faz sentido generalizar. “Ah, o Mint é menos atraente esteticamente do que o Windows 10” Ok! Mas qual interface do Mint ? Cinnamon ? Mate ? XFCE ?

Não vejo uma diferença absurda entre a interface do windows 10 e o KDE, por exemplo. Se o tal empresário visse o visual do windows 10 e de um Kubuntu ? Não sei qual passaria uma melhor impressão, pois isso é bastante subjetivo, mas a briga seria boa.

1 Curtida

Quem usa Linux é “chupeta” kkkkkkk

@avatar
Sim, mas essa parte da customização fica mais para nós da comunidade e é algo até simplório e banal, porém para as outras pessoas talvez não que não estão na mesma “vibe” nossa talvez não seja. Ao meu ver o problema é como a distro já vem para o usuário final e qual é o público que ela deseja alcançar.


@Lavrudinho
Concordo em partes, na minha opinião Plasma e GNOME Vanilla são as que apresentam essa estética mais madura, porém não vejo isso nas outrasa DEs. E concordo que seja algo bem subjetivo, porém acho que seja algo a se pensar pois muito se discute sobre como o as distros linux se vendem (tanto é que o Dio fez um vídeo sobre isso, porém relacionado a outro parâmetro).


Ou talvez isso seja um estereótipo que eu acabei criando, mesmo utilizando Linux. Acho que também parte para outras questões além do visual do OS como a forma que a comunidade interage com o projeto, isso faz com que se crie vamos dizer assim uma intimidade que de alguma forma cause o que eu falei no início do tópico.

@RamonVSBR também temos que levar em consideração o fato de que os DEs possuem intuitos diferentes. Não há como ser todo perfumado por padrão um DE que possui como intuito a leveza e a estabilidade, como é o XFCE, por exemplo.

1 Curtida

Talvez isso possa ser que você acha o design do Windows como o ideal pois sempre usou ele, está acostumado com tal design, aí quando você esbarra em um design diferente causa esse estranhamento. Afinal de contas, quais são as características de um design “maduro”?

2 Curtidas

Sim sim, penso nisso também. Acho que com isso nos voltamos a questão primordial de se “varias distros e interfaces gráficas são um dos problemas da popularização do Linux, ou um de seus triunfos?”. Eu vejo como vantagem, porém meu olhar não é nada imparcial e capaz de refletir o que os outros usuários pensam.

E um design “”“maduro”"" é…?
Se vcs nem definirem o ponto da questão isso aqui vai ser uma thread de opinião inutil

3 Curtidas

Bom, com certeza. Usei Windows a vida toda, apesar que o Windows 10 em si mesmo acho que só 1 ano, e a uns 2 anos uso Linux e já rodei muito por essas distribuições. Talvez seja ainda algo que eu carregue da época de usuário do Windows.

Acredito que uma padronização mais atrapalharia do que ajudaria. Afinal, quais vantagens uma única distro Linux com apenas uma interface esteticamente atraente traria para um usuário que possui um hardware antigo ? Ficariam no windows mesmo.

Se o ponto da questão for “o que é um design maduro ?” continuará sendo subjetivo e a subjetividade é a responsável por fazer a thread ser de opiniões inúteis. Afinal, são opiniões…

Exatamente
Essa é um thread sem sentido, pq é totalmente baseada no subjetivo

3 Curtidas

@Fenrir Justamente. (20 caracteres)

Mas o objetivo dessa thread é exatamente ver qual a opinião que cada um tem sobre o tema (sendo que é claro, isso passa pela subjetividade de cada um). Não é criar definições e conceitos sobre o que é tal coisa, o que é maduro, etc. É só ver qual a opinião de cada um, e pelo que vi sou o único a pensar desta forma, o que acho bom pois na minha cabeça essa falta de “maturidade” (que eu vejo) poderia atrapalhar a popularização das distros, por exemplo.

Eu tenho observado que muitas distribuições não ligam muito para como ela vai parecer, muito menos se o seu visual vai ser consistente, uma das melhores que eu observei de fato foi o Deepin que conseguiu deixar bem consistente o seu visual (em comparação as outras maiores como manjaro, ubuntu, mint…).
No inicio uma das coisas que eu estranhei foi as distribuições terem essa cara mais desleixada na época foi com o ubuntu 14.04 LTS se me lembro bem. Mas bem os melhores icones que eu achei até hoje (não que eu vá muito atrás) foram o Papirus e o Numix Circle e eles tem um aspecto bem simples/infantil(?) na minha opinião

1 Curtida

Uma dúvida: Se o Windows tem cara de ser um SO “profissional”, o MacOS (OSX) também tem, ou não?
Na sua percepção, quais seriam as características de um SO com cara profissional? :thinking: :slight_smile:

1 Curtida