Deputados votam fim da lei do software livre, que economizou bilhões | Plural

3 Curtidas

Retrocesso, pois a lei atual não proíbe o uso de software proprietário, apenas dá preferência ao software livre.

3 Curtidas

Quem vai pagar é o cidadão paranaense, literalmente…

Mas eu diria que o copo está meio cheio, pois o dinheiro que foi economizado durante esses anos já virou benefício para a população.

Vc no tem ideia de como isso está longe de ser verdade.

Deve ter algum lobby certamente.

Software Livre não paga campanha.

1 Curtida

Se coloquem no lugar da Microsoft, não é um grande investimento você molhar a mão dos deputados para votarem a favor, e depois ter um retorno incalculável?

E sobre a economia em softwares livres, não faz diferença, já que de qualquer maneira o dinheiro vai pra bolso desses DESGRAÇADOSSSSSSSSSSSAAAAAAAAAAAAA

1 Curtida

Essa lei nunca foi muito efetiva por dois motivos, por ser uma empresa nacional a maioria dos computadores públicos vem da Positivo,que por sua vez tem consórcio com a Microsoft e trás o MS Office e o Windows, os “técnicos” do setor público mal consegue ativar o antialiasing no Windows,quem dirá trocar o sistema operacional e resgatar o valor das licenças… só por aí já dá pra ter uma noção do quão ineficiente ela é

1 Curtida

Na verdade nem é a M$ que frauda do rolê, são as empresas que tem consórcio com ela, como é o caso da Positivo que o @Natanael.755 citou.

1 Curtida

No caso do Paraná, também tinha a Sofhar (q parece q fechou), fazendo a maior pressão para o governo deixar o SL de lado, uma vez que a empresa era focada em revenda de licenças e treinamento.

1 Curtida

Claro que tudo isso vem de lobby.
Esse imbecil diz que o estado paga mais com SL por causa de manutenção e atualizações… tá de brincadeira, né? quer falar de atualização e citar a M$ como solução?
O problema é que não há estudos, não se tem números, não se tem NADA! são só palavras ao vento e que são repercutidas pela imprensa (parte interessada, pois precisa do butim do patrocínio), incansavelmente, até nos convencerem de que tem que ser feito.
Não sei se já notaram, mas a coisa começa assim:
Uma materiazinha no JN sobre falta de saneamento.
Depois outra materiazinha falando como sofrem as populações de baixa renda sem saneamento.
Começa o bombardeio diário, até que você fica convencido de que saporra precisa privatizar!!
Assim foi com a previdência, com a reforma trabalhista e com tudo o mais.
Não que o sofrimento e a falta de saneamento não sejam realidades. O enfoque é que tá errado, entende? Por que não cobrar dos responsáveis? por que não colocar na cadeia meia dúzia de “gestores” incompetentes, que jogam no ralo dinheiro público?
Por que a iniciativa “privada” (adoro esse nome, pois é a isso que me remete) é capaz de fazer o serviço e o estado não? lá tem algum ET? ou são pessoas qualificadas e empenhadas em gerar lucro? por que não profissionalizar o estado?

2 Curtidas

Estado fazendo coisas desnecessárias se metendo onde não devia e gastando dinheiro da população atoa. Qual a novidade?

1 Curtida

Você deve ter percebido o enfoque positivo do meu comentário, então mesmo que você ache o estado ineficiente, se ele tem mais recursos, mesmo continuando ineficiente, retornará mais valor para a população.

Nem software proprietário. Inclusive com a criminalização das doações de empresas a partidos políticos conseguiram que o próprio estado financie as eleições. Pareceu que ia melhorar, mas piorou.

Por isso que o combate a corrupção, investigação e desconfiança com os políticos e empresas não deve cessar nunca. A todo momento tem alguém pensando em como burlar o sistema, por isso a inteligência da polícia, os auditores da receita federal e a imprensa devem ser independentes, bem como deve haver canais de denúncia anônimos. Quando o sistema propicia a corrupção, não adianta apenas mudar quem está no comando. Deve-se sempre atingir as brechas.

Os trabalhadores do estado são aprovados em concurso público, o que garante que os profissionais que tem maior conhecimento (baseado na prova) são os admitidos. Tem gente que fica encostada? Sim. Tem gente incompetente? As vezes passa. Mas na média a competência dos profissionais é bastante elevada. O que mais acontece é que o trabalho desses profissionais passa desapercebido pela população, que no final acaba se apegando a alguma característica ruim para generalizar a incompetência dos trabalhadores.

A iniciativa privada leva em consideração a eficiência na geração de valor, com a finalidade do lucro. O Estado não. Por isso o Estado tende a ser ineficiente. Outro ponto é que o Estado que precisa fazer aquilo que a iniciativa privada jamais faria, por não dar retorno financeiro. Nenhuma empresa vai fazer instalação de esgoto na favela, porque sabe que a população local não terá dinheiro para pagar esse investimento. Já o Estado, que cuida da saúde, sabe que fica mais barato fazer o esgoto do que cuidar das doenças provenientes, e também que um cidadão que morre prematuramente não contribuiu com a sociedade, apenas gerou gasto (falando do cidadão em termos estritamente monetário). Também o Estado que precisa garantir a vida de seus cidadãos, melhorar o saneamento é aumentar a expectativa de vida (Índice de desenvolvimento humando - IDH). Por diversas razões é que esse nosso modelo atual (mundialmente falando), com um Estado muito maior que o chamado estado mínimo teorizado pelos liberais, é o que está melhor funcionando. O Estado máximo também foi ineficaz e sucumbiu. Um precisa do outro.

1 Curtida

Mesmo que essa lei estivesse longe do ideal, é melhor do que o que o governo fez. Eu hoje sou um usuário de Linux principalmente ao fato de eu ter usado Linux que era instalado em computadores de uma universidade federal. Mas a política do governo atual são o maior retrocesso da história.

A questão aqui é: o governador que criou essa lei realmente fez coisas interessantes para o estado, mas seus sucessores não.

De maneira pública/aberta realmente não faz.

É ruim heim!

Numa taxa alarmante.

Vai sonhando

Aqui cai por terra sua teoria de que são poucos os incompetentes.

Mas não o faz.

Que delírio! De onde vc tirou que ele é o q está melhor funcionando? Olha a pouca vergonha, ineficiência e roubalheira q está! A situação está caótica no Brasil.

A má vontade não é qualificada na prova, por isso passa muita gente que trabalha por necessidade e não gosta do que faz, o resultado a gente vê por aí.

Uma coisa que vocês normalmente não colocam na conta é o treinamento dos profissionais que vão usar software livre…

Geralmente, o cara que tem alguma formação, já fez algum curso de Windows e ferramentas relacionadas, o que raramente acontece com Linux.

Desse modo, ao implementar software livre num determinado departamento, sempre entra na conta o treinamento de quem vai usar, e em alguns casos, que não são poucos mundo afora, esse valor acaba sendo equivalente ou até superior ao de comprar uma licença de programas e serviços que os usuários já tem no currículo.

1 Curtida

É o que eu já falei algumas vezes aqui no fórum, pode ser mais barato o software em si, mas ainda existe a questão da mudança. Nela é necessário o treinamento de profissionais, que não é nada barato, e também toda a transição da estrutura, que demanda muito tempo, gastando dinheiro e atrasando muitos projetos.

O software livre e open source, na minha opinião, seria o mais adequado para serviços público por questão de controle e manutenção, mas disso não adianta nada se nem os profissionais e nem a população conseguem utilizar essas ferramentas.

1 Curtida

Essa discussão vai longe…hehehe

Eu conheço pessoas que defendem a tese de que não há necessidade de treinamento pra quem só vai usar o navegador ou LibreOffice e coisas mais comuns, mas mesmo nesses casos, dependendo do nível de conhecimento que a pessoa tem sobre informática e tecnologia, pode ser um problema grande.

1 Curtida

Todos esses anos, porq até agora não foi criado material de treinamento interno?

Conheci tantas pessoas que, só pelo fato de o inVISTA não ter o botão verde escrito INICIAR, já entrou em desespero, pois não sabia aonde encontrar os programas já instalados. Criatura não teve a capacidade de pensar em clicar na logo, pra ver o q acontecia.