Como reviver um notebook antigo trocando o Windows pelo Linux (Matéria do Olhar Digital)

Aprovam a matéria do Olhar Digital?

2 Curtidas

Eu acho que não existe uma distro “ideal” para reviver o PC, o que existe é uma série de fatores (dentro deles a distro) que fazem isso acontecer (PS: ainda não li a matéria, só estou comentando pelo título).

3 Curtidas

A matéria é boa, para quem realmente não usou distros, baseadas no kernel linux ja revive alguns notbooks de 2004 com lxde e lxqt, ou até Cinnamon realmente não existi a ideal, são vários fatores para vc mudar para uma distro ou uma de, mas ganhou o selo estevinho de aprovação.

3 Curtidas

Bem que eu gostaria de ter um notebook antigo e conservado, pra poder experienciar um Slitaz ou Puppy Linux rsrs

3 Curtidas

Seria melhor um Devuan+XDM+Fluxbox e DOAS.
Sendo que acho, que o XDM poderia ser descartado.

Concordo, principalmente o suporte e detecção de hardware antigo do Puppy é único. Se o Puppy não detectar e rodas, nada atual em Linux o fará.

Acho que as pessoas precisam parar de olhar o Linux como “alternativa leve pro meu PC lento”. Linux é uma alternativa superior à qualquer sistema operacional no mercado, bastando a pessoa querer autonomia e viver de uma forma que não precise recorrer à pirataria.

Apesar disso, não podemos negar que uma grande parcela do pessoal aqui conheceu o Linux exatamente por este motivo, o que não é uma opção descartável… de certa forma o artigo até foi razoável, apesar de que eu o vi mais como uma propaganda grátis para o Linux Mint. :joy: :rofl:

Bloco de Citação
“O Mint ocupa o terceiro lugar no ranking de distribuições mais populares do momento segundo o DistroWatch.”

Isso aqui foi a única coisa impossível de se aceitar… não dá pra acreditar que a galera se baseia ainda em ranking do DistroWatch, sabendo que o DistroWatch não conta esses números a partir de quanto de downloads foi feito, e sim de quantas vezes visitaram a distribuição pra conhecer detalhes. Quem garante que a pessoa que entrou lá vai baixar?