Clonar partiçao HDD para SSD e trocar equpamento sem formatar

Olá!

Estamos para fazer um upgrade de um equipamento de um colega.
Bem, vai “sobrar” um SSD de 240GB (em ambiente de trabalho nunca sobra algo em T.I.).

Minha máquina atual tem uma placa-mãe gigabyte, intel i5 2ª geração, 16GB RAM, HDD 500GB (200GB Linux Mint 19.2 x64 Cinnamom - 3GB swap - restante para dados em geral em NTFS), VGA nVidia GT 520;

A outra máquiina tem placa-mãe ASUS e um i7 4ª geração com 8GB RAM. Os 16GB RM do i5 serão instalados nessa i7; VGA nVidia GT630.

Pretendo utilizar o Clonezilla para clonar a partição Linux do HDD para o SSD full. O SSD será utilizado integralmente pelo LM, sem qualquer partição. Pretendo redimensionar o HDD e deixar uma ext3 para o timeshift, uns 4GB para SWAP e o restante para dados.

Clonando o LM do HDD para o SSD, pretendo ligar direto o SSD nesse i7… em teoria, deverá funcionar ou tem alguma situação que deve ser observada?

A ideia de clonar é para não perder as configurações, mapeamentos da rede, eetc e, claro, para fins de prática de “clonagem”, que nunca fiz. :smiley:

2 Curtidas

@elviolmp legal ja usei o CloneZilla pra esta finalidade assim como já passei também pela experiência de usar um disco em outra maquina totalmente diferente e o Linux reconhecer o hardware sem estranhar com muita coisa. Pode ser que você tenha algum susto por conta da placa de vídeo mais acredito que de resto tudo vai rodar tranquilamente. Boa sorte e posta o resultado da brincadeira. :love_you_gesture:t5:

1 Curtida

Você pode utilizar o Clonezilla, o próprio Gparted ou mesmo o rsync para fazer essa cópia sem perda de dados.

Se estiver com coragem para testar algo avançado dê uma olhada em documentação sobre o DD.

:vulcan_salute:

1 Curtida

Rsync nunca usei . Qual é o parâmetro ?

Como dica fica o Deepin Clone também, ferramente extremamente simples

Fonte: https://www.deepin.org/en/original/deepin-clone/

Você monta as duas unidades e faz um:
rsync --archive --recursive --verbose --progress origem destino

Normalmente é bem útil quando as partições são de tamanhos diferentes e simplesmente clonar não é uma opção, existem opções de clonagem que conseguem lidar com partições de diferentes tamanhos mas é preciso usar com extrema cautela.

Se quiser um exemplo mais especifico, dá uma lida nesse artigo aqui

:vulcan_salute:t4:.