Chrome OS é o segundo SO de desktop mais usado no mundo

Na verdade não, tem o Cloudready que dá pra fazer um pendrive bootável, o Brunch é outra opção mas é mais complicado. Aqui:

Já era para ser o primeiro OS mais usado do Mundo. A Google que ainda “não quer” mas ela conquistou o Mundo com o Android desbancando o IOS. Ela já tem aplicativos da Microsoft em sua loja. Só integrar melhor o Chrome OS com o Android e ser mais internacional em Desktop OS… Questão de tempo isso…

Acho que não, o foco dos Desktop é bem diferente do mundo mobile.
No mobile você quer usar para acessar a internet, fazer ligações, mandar vídeos e pronto, o resto o sistema faz por você.
No Desktop você quer muito mais controle do que está rodando e maleabilidade ao fazer “as coisas”. O ChromeOS é EXTREMAMENTE limitado nisso.
Ao meu ver os chromebooks são tablets com teclado e preço absurdamente caro, não vejo muito sentido em existir isso.

2 Curtidas

Eu sempre duvidei muito destas estatísticas. Parece-me que elas são baseadas em venda, no sistema registrado na nota fiscal, porque não seguem muito o comportamento de lançamento, falhas, grandes atualizações etc.

Aí me pergunto como fica a situação de máquinas em dual boot.

Enfim, mas tirando isto, sobre o Chrome OS.
Eu tenho um modelo celeron básico, fica com minha esposa. O que gostava nele: para algo muito barato (na época < 1000 reais), eu tinha um note com desempenho aceitável, pequeno, leve, e com bateria que durava quase 10 horas. Para estudante, tá mais que suficiente e resolvido.

Aí a questão da contabilidade: o núcleo do Chrome OS é linux. Aí não deveria contar?

1 Curtida

Na minha opinião, eu usaria o Chrome OS como sistema principal, é bom pra pcs antigos e tem suporte ao Linux. Se o Windows parasse de existir (o que pode ser impossível) e eu resolvesse sair do Linux, Chrome OS seria minha primeira opção.

1 Curtida

Certamente se deve ao público de alguns países em específico, porque aqui no Brasil são quase desconhecidos do grande público, excetuando-se praticamente apenas universitários.
Tem um canal de YouTube sobre jogos retrô que sou inscrito por exemplo, que diversas em lives sobre computadores antigos as pessoas comentam que o sistema foi um fracasso.
Certamente esse sucesso não faz parte de nossa realidade.
Outra coisa a se notar é como temerosamente vemos o impacto da Nuvem com isso, o que poderá ter ainda mais impacto no futuro dos computadores como os conhecemos.

2 Curtidas

Mesmo estando em fase de testes é mais integrado que o toolbox no fedora em algumas partes

1 Curtida

Usa o mir acho eu

1 Curtida

Desde que seja tudo em flatpak num futuro ninguém dá a mínima se usam o containner do Linux no Chrome OS ou se utilizam em outras distros, desde que o suporte seja o mesmo

Desculpa, chrome os usa base o gentoo
Se todas as outras distros incluindo gentoo e o kernel Linux sumisse, de certeza que a Google iria começar a fazer manutenção de todo o software

Eu já sabia disso, olhei no site do gentoo as distros baseadas nele e o próprio Chrome OS está lá.

Legal, caso vire um “computador”. Não seu se é desconhecimento meu, mas esse Laptop é, até agora, um smartphone com teclado.

2 Curtidas

E extremamente depende de internet, dá para fazer coisa localmente, mas, isso é apenas em último caso.

E daqui uns 5 anos(to chutando) o Google vai “matar” ele com o fuchsia

2 Curtidas

Não vejo essa possibilidade, a própria Google falou que o Fuchsia não vem para substituir o Android e nem o ChromeOS.

Na real, o suporte a Flatpak (e .DEB e .AppImage por tabela) é mais pra pro users, inclusive não é muito interessante usar no ChrOS em hardware antigo, eu tenho ele instalado em um Desktop Intel HD Graphics (antiguinha (OpenGL 2.1) com o Brunch e a renderização e Flatpaks ocorre só via software isso vai ser problema se o ChrOS ficar popular fora de chromebooks

Como o @Pao_com_omlet já falou, o ChromeOS usa base Gentoo, ou seja kernel Linux.

Em um futuro próximo quando quase tudo o que temos se tornára Streaming e Nuvem, seria interessante utilizar o ChromeOS.

1 Curtida

Concordo

1 Curtida

Endgame é Linux. Não tem para onde correr.

1 Curtida

Sim, isso é verdade.

ChromeOS de base Linux, os servidores em sua maioria tambem, Android.