China proíbe tecnologia estrangeira no governo

2 Curtidas

Quais outras distros chinesas além do Deepin?

Falem o que quiserem sobre as as filosofias open source, mas elas previnem esse tipo de coisa. É meio assustador pensar que os computadores do mundo inteiro estāo nas māos de uma empresa e por extensāo de um governo, basta uma decisāo deles e um país inteiro pode ficar parado ou seriamente prejudicado.

4 Curtidas

Tem o UOS (versão comercial do sistema que o Deepin atualmente usa como base para o v20) o Ubuntu Kylin e todas as distros não norte americana, visto que o código é livre para adaptação :sweat_smile:

3 Curtidas

A questão de se livrar do hardware já obtido é complicado, mas a nível de software, muito interessante a iniciativa. E um bom capitulo na briga entre EUA e China.

1 Curtida

Eu acho muito interessante a história recente da China, como ela conseguiu usar a globalização e o controle estatal para crescer assombrosamente. Inclusive eu acho que se não fosse ela, provavelmente a era da globalização não teria acabado! O livre mercado internacional funcionou muito bem enquanto não havia competidores aos países ricos tradicionais (aqueles que se enriqueceram na primeira onda do capitalismo), porém quando os países em desenvolvimento começaram a ameaçar essa hegemonia, a macroeconomia mundial mudou.

Para a população mundial acho que isso é ruim, pois o comércio é que gira e aumenta a riqueza mundial. Quanto mais barreiras forem colocadas por governos para seu próprio benefício (ou por ideologias), o somatório mundial será pior, mesmo que melhore para alguns países. Fico preocupado com essa batalha EUA e China se tornar uma nova “guerra fria” e dividir o planeta em dois blocos econômicos distintos.

A china é uma ditadura, então nenhuma surpresa até aí. Agora é engraçado ver o governo americano proibindo tecnologias da china, sendo um pais mais democratico do mundo, que se diz totalmente liberal e aberto pro mercado, isso sim é um absurdo.

De certa forma, vejo isso como uma boa noticia, as pessoas vão entender que pra usar um computador elas não precisam ficar presas a um único sistema operacional. Não consigo entender como, até hoje, as tecnologias open source ainda são meio que obscuras pro publico em geral… são tecnologias excelente, muitas vezes melhor do que as soluções pagas.

O real problema é que muitas coisas idealizadas por americanos são fabricadas na China, por conta do baixo preço da mão de obra. Os produtos da Apple, por ex, são produzidos lá.

Sou fã desse chineses. hehe

1 Curtida

Bom, nesse caso, errado o governo Chinês não está.

2 Curtidas

A China tem tudo para se tornar a primeira potência em termos desenvolvimento tecnológico. Boa parte do país já é cortado por trens bala. Acho natural a medida do governo porque lá eles tem uma uma preocupação com o desenvolvimento de empresas chinesas. Diferente do Brasil que vive o maior processo de desindustrialização da sua história.

1 Curtida

Eu sei que é livre pra adaptação, mas eu me referi as principais distros chinesas, aquelas já bem desenvolvidas e/ou com uma empresa/equipe competente por trás.

Todo governo deveria ter atitude semelhante. é uma falha de segurança muito grave usar sistemas e serviços fechados de um país/gpverno estrangeiro. Não precisa criar um sistema operacional ou programas do zero, até porque temos softwares livres pra isso que podem ser auditados e modificados pelos governos de eus respectivos países.

Mas é óbvio que os civis devem ter o direito de usarem o software e serviço que quiserem.




Ainda defendo que era para os governos do mundo estarem financiando softwares livres uteis para o Estado como sistemas operacionais, suítes de escritório, gerenciadores de contas, etc.

É um absurdo ver os funcionários usando o MicrosoftOffice com Windows nas repartições públicas quando um *ubuntu da vida com LibreOffice resolveria 99% dos problemas.

3 Curtidas

Não estou vendo problema nenhum, afinal vão ser apenas equipamentos do governo que passarão por essas mudanças.

Só espero que não impõem o mesmo aos civis.

1 Curtida

CS2C e Tianjin Kylin anunciam planos para desenvolver um novo sistema operacional chinês (A China Standard Software (CS2C) e a Tianjin Kylin Information (TKC ) são duas das maiores empresas de software da China).

Mais informações sobre:

1 Curtida

Verdade, um país tem que ter total controle de seus sistemas e programas (de preferência que sejam open source por conta de transparência), é muito mais barato do que comprar milhares, milhões de licenças. Acho ridículo o país ainda não ter feito algo do tipo até hoje.

Eu não acho que seja um absurdo, porque como você mesmo disse, os Estados Unidos é um país que leva a democracia muito, mas muito a sério, então nada mais lógico do que eles serem contra e se fecharem para um país que funciona a base de ditadura, como é no caso da China. Na China existem até mesmo campos de concentração a lá flavour Nazista, logo, não existe nada de absurdo no posicionamento anti-china que os Estados Unidos e outros países possuem.

Sim, isso faria sentido se os EUA se comportassem assim desde sempre, mas na verdade eles sempre fizeram comércio, inclusive fazem comercio com vários países ditadores no oriente médio, e quando um deles não fechar negócios com os EUA eles destroem o país, agora quero ver fazer isso com a china

1 Curtida

Eles não fazem comércio nem aponham ditaduras e sim investem em conflitos armados, comprando lados e instigando guerras civis para benefício próprio, agindo como urubus em busca de riquezas. Pesquise sobre os Estados Unidos e a tática do terrorismo patrocinado pelo estado que eles vem utilizando desde a guerra fria. Contudo, eles nunca apoiaram ditaduras nem mesmo fizeram comércio com elas, porque como eu disse, eles sempre fizeram o contrário, sempre instigaram os rebeldes e lucraram em cima disso, principalmente no oriente médio durante a corrida pelo petróleo, sempre faturando em cima do caos, tanto que a própria Al-Qaeda e outros grupos rebeldes são frutos disso.

O comunismo não vencerá nunca hahahaha

1 Curtida