Calligra Office: alguém usa?

Taí um pacote office que não vejo ninguém usar, não encontro tutoriais na rede. Pra mim é um grande desperdício de energia mantê-lo. No mesmo grupo coloco o Epiphany, browser nativo do gnome.

Os desenvolvedores deveriam focar em algo que realmente faça a diferença, não em apps que não são usados.

Qual sua opinião?

Tentei usar o editor de textos, mas não fiquei muito tempo, até pq já vem 1 pacote office instalado em 99% das distros, então acabo nem lembrando que existe o Calligra.

Nunca usei ele. Não sei nem como se parece. rsrsrs
Gosto muito do LibreOffice mas por motivos de compatibilidade com o MS Office estou usando mais o FreeOffice para trabalhar.

Pelas prints que vi ele parece um office “datado” (aparecia antiga/antiquada, isso não quer dizer que ele é ruim)

atualmente eu uso o Freeoffice da Softmaker e ele está me atendendo muito bem.

Tentei usar o LibreOffice mas alem de travar na hora de salvar automaticamente, ele “bugava” os trabalhos que fiz uma vez quando deu queda de energia em casa. Se não fosse isso, eu estaria o utilizando até hoje

1 Curtida

Gosto muito do LibreOffice mas esse problema de salvamento já e antigo e vive me atormentando, Calc tem sérios problemas quando se fica com ele aberto por muito tempo.

esse problema é só com máquinas “antigas/modestas” ou com todo tipo de Hardware? ‘-’

Presenciei isso com todo tipo de hardware, percebi esse problema nas versões 4 e ocorrem ate as versões de hj.

Já testei e achei meio fraco, um pouco bugado.
Ele está meio abandonado, não vejo ele sendo padrão em distros com KDE e o repositório dele tem pouco movimento.

Cheguei a fazer alguns testes há uns meses, e era bastante incompleto. Funções que são essenciais para o meu uso (como fórmulas matemáticas) estavam mal implementadas (chegavam a causar travamentos). Talvez servisse mais como um editor de texto intermediário (como o Wordpad, no Windows), com uns ajustes nos controles para ficar mais “focado” (Imagino um QtAbiWord).

O LibreOffice é muito melhor para realizar formatações complexas, e ele já vem com uma integração fantástica com o KDE.

Atualmente, o Calligra é uma das opções mais interessantes para usar no Haiku, pela escassez de aplicativos do sistema operacional. Pode ser que isso ajude o projeto a ganhar algum impulso. No mundo Linux, pode ser interessante para quem tenta aderir ao máximo ao KDE.

1 Curtida

Já tentei usá-lo, é simpático e simples, mas, tem grandes problemas de compatibilidade. Eu já acho o contrário, creio que justamente se focassem mais na suite é que ela se tornaria algo realmente útil e uma real opção livre.

1 Curtida

Tentei usar algum tempo atrás, quando deparei com alguma distro que não instalava o LibreOffice por padrão, mas desisti.

Tive dificuldades, por falta de conhecimento ou experiência com ele, e não fui adiante. [Era muito mais simples instalar logo o LibreOffice].

EDIT - Não, não era simples instalar LibreOffice. Foi em sessão Live do Fedora, em 2016, e eu não sabia instalar pacotes na sessão Live.

Algum arquivo que editei e salvei no Calligra, depois não abriu direito no LibreOffice.

EDIT - Desde 2018, passei a instalar o Calligra, para obter pré-visualização de arquivos Office.

2 Curtidas

O Calligra é o novo nome do antigo KOffice.
Na época do KOffice não haviam tantas opções de aplicativos de escritório, e o KOffice era uma dessas opções. Funcionava perfeitamente para um usuário doméstico que não precisava se preocupar tanto com compatibilidade.

Atualmente o Calligra está se tornando um aplicativo mobile, junto com a iniciativa do Plasma Mobile. Então, ele é sim um programa importante para o KDE.

Aliás, foi do KOffice / Calligra que saiu o Krita. Sim, inicialmente o Krita era parte do KOffice / Calligra, mas começou a caminhar com as próprias pernas (conseguiu financiamento).

Já usei o Calligra Stages num momento em que precisei gerar uma página HTML com slides (na época que não existia Prezi e outras coisas assim).

Outro aplicativo bom do Calligra é o Kexi, é muito parecido com o antigo Microsoft Access 97.

Outro aplicativo que precisava amadurecer, o que ocorreu com o Krita, é o Karboun.

3 Curtidas

Gosto de processadores de texto mais simples e leves, como o Write e o WordPad do Windows. Solto as ideias neles, que me servem de rascunho; e depois passo o que valeu a pena para o processador completo (Word, LibeOffice Writer e similares).

No Linux Mint uso o AbiWord. Mas outro dia estava usando o Q4OS, que é com o Plasma, aí instalei o Calligra. O uso foi OK, mas detestei essa enorme área de botões e menus na lateral direita. Não sei se foi por bug, mas não consegui removê-la ou redimensioná-la de jeito nenhum!

2 Curtidas

Esses dias estou brincando com o Slackware e o Calligra é o padrão da distro. Mexi um pouco com ele mas não gostei nem um pouco.

Isso também me incomodou um bocado.

2 Curtidas