Auxilio na Migração de Windows para Linux com particionamento

#1

Sempre usei computador mais voltado a Jogos.
E também sempre tive um carinho grande pelo Linux, testando em Live CDs e afins.
Com a introdução do Proton, DXVK e afins, fortaleceu minha decisão em abandonar o Windows de vez.
A dúvida maior para essa migração é como manter minha organização de partições e arquivos no Linux.
O que eu faço atualmente:
Tenho 1 SSD e dois HDs
O SSD, eu dividi em duas partições, na C, está apenas o sistema e drivers instalados. Na D estão meus documentos, os programas (versões portáteis, para que eu não tenha que reinstalar nada a cada formatação) e jogos
No primeiro HD, só tenho uma partição, a E, onde estão mais jogos e minhas músicas. No segundo HD estão as minhas ROMS e Emuladores.
Para cada formatação, o pouco que preciso de configuração, é feito por um batch script que eu criei. Em relação aos jogos é só reimportar os mesmos nos respectivos clientes. Os programas em si que uso são todos portáteis. Ou seja, não preciso reinstalar nenhum deles.
Há como replicar isto usando Linux?
Pelo pouco que eu entendi, minha C seria a / (onde seria apagado em qualquer formatação) e a parte da D onde fica meus documentos e configurações seria a /home, correto? As outras partições, dá pra manter de forma independente?

0 Likes

#2

Sim seria como comentou.

Por exemplo, seria algo mais ou menos assim:

SSD
sda1 —> “/”
sda2 —> “home”
sda3 —> “swap”

HD (seu primeiro HD)
sdb1

HD (seu segundo HD)
sdc1

Caso tenha instalado via UEFI, seria necessário criar uma partição “efi”… Lá em seu SSD, algo pequeno de 256mb - 512mb (já fiz de 128mb…kkkk). No próprio instalador tem tudo isso, é bem simples.

Os HDs vc poderia até manter em NTFS, caso fosse o desejado e não queira formatar para “ext4” e perder os dados…

Recomendo antes de fazer tal procedimento, que instale o Virtual Box, e baixe sua distribuição favorita, e crie várias participações e vá testando… Assim poderá fazer inúmeros testes, sem comprometer seus dados…

Recomendo que veja esse ótimo vídeo do Dio.

E sobre o Virtual Box, veja esse vídeo aqui.

1 Like

#3

Eu rodo via UEFI.
É necessário a partição SWAP? Tenho 16 GB de RAM e desabilito a memória virtual no Windows.
È possível eu deixa a partição / e a /home como ext4 e deixar uma outra em NTFS no SSD?
Isso vai me penalizar em carregamento de jogos ou corromper arquivos?

1 Like

#4

O HD é exatamente igual, no caso dos portáteis que eu saiba só AppImage

1 Like

#5

Depende o que você faz no computador? Caso mexa com renderização e edição de video é recomendado deixar uma partição de 2GB, mas na minha opinião com 16GB acho dificil a Swap ser usada, eu aqui com 3GB só de vem em quando a partição vem a ser usada já que o Linux se não me engano tem o melhor gerenciamento de RAM, e gralmente não passa de 300MB

0 Likes

#6

Basicamente, só jogo.

1 Like

#7

Então nem vai precisar da Swap

0 Likes

#8

Esse em NTFS você pensa em usar para quê, para o Linux? Se for não recomendo muito rodar jogos que estão em partição NTFS, nem a Steam recomenda isso (para sistemas Linux), o ext4 é o indicado.

Já se o intuito é fazer uma partição NTFS para instalar o Windows em dualboot, não vejo muitos problemas.

Particularmente não curto fazer dualboot de Windows e Linux num mesmo HD, ainda mais com as últimas atualizações do Windows 10. Porém é só uma questão de gosto, e forma para evitar possíveis dores de cabeça…KKK.

1 Like

#9

Sei do que você estar falando o Windows matando o Grub é algo chato para consertar, Melhor colocar o Linux em outro HD para evitar esse tipo de coisa

0 Likes