Áudio e vídeo envelhecem conforme a mídia de armazenamento?

Sempre me perguntei isso (acredito que sim): conteúdo multimídia sofre uma deterioração natural conforme a ação do próprio tempo? Exemplo, um microfilme dos anos 80 armazenado em um centro de memória, arquivo, museu, etc com o passar do tempo pode ter uma deterioração da imagem naturalmente?

Creio que se for analógico sim, mas digital não.
Corrijam-me se estiver errado.

2 Curtidas

Também acho que sim.

Tudo é vulnerável à ação do meio ambiente/tempo, apesar de nossos melhores esforços. O antigo kilo padrão (antes de conseguirmos definir essa unidade com base em constantes da natureza) era armazenado à vácuo num cofre, e mesmo assim seu peso foi alterado.

Mídia digital também está sujeita a isso, cargas elétricas são conduzidas para fora de SSDs, ímãs de HDDs são influenciados e invertidos por flutuações de campos magnéticos próximos, raios cósmicos invertem bits, entre outras coisas.

Mas nas boas condições de um museu, e evitando ao máximo retirar o original, acho que dá para reduzir bastante o envelhecimento. Porém, nada substitui esforços de produzir cópias e análises o quanto antes (especialmente se quisermos evitar consultas ao original, que vai o expor ainda mais à agressão do meio ambiente).

2 Curtidas

Excelente resposta. :+1:

Mídia analógica, como filmes, fotos em papel, fitas de gravador de som e videocassete (quem lembra?) se degradam e a qualidade vai diminuindo.

Midia digital também se degrada, mas em vez se só degradar a qualidade, facilmente se corrompe e não pode mais ser reproduzido.

2 Curtidas

Obrigado pelo complemento.

1 Curtida

Acho que sim, pois uma hora a mídia poderá se corromper e nem ser executada por completo.

Ou pelo menos o mesmo pode acontecer com uma parte do arquivo.

1 Curtida

Analógica deteriora com o tempo, e digital se perde (se for uma foto vídeo pode até ser recuperado, perdendo apenas um pedaço).
No caso da digital, o que acho como mais curioso é o fato da própria evolução das tecnologias. Uma foto digital num celular meia boca hoje provavelmente tem uma qualidade superior que uma digital de alguns anos atrás.

1 Curtida

PS: lembrando que uma mídia digital vai ter durabilidade de um a 10, 15 anos no máximo, conforme o tipo e condições de armazenamento.

1 Curtida

em primeiro lugar, decorre explicar o que entende por “deteriorar”. se a mídia deteriora, a audição/visão do arquivo nela armazenado será ruim pq a primeira não tá boa.

mas s consegue manter a mídia “inegastável”, a audição/visão do arquivo ocorrerá sem problemas. estes são um conjunto de 0 e 1 que permite aos apps “entender” o que tem ali.

o mesmo princípio para arquivos não digitais armazenados nessas mídias.

mas n se esqueça q tudo s gasta nessa vida: seja 1,0000000000000000…00000/seg ou 0,0000000000000000000000000000000000000…0000/seg, um dia n será possível extrair mais nada.

1 Curtida