As distros tem diferença em performance

Queria saber se em questão de jogos as distros tem impacto no fps, eu testei overwatch no mint e ele da umas engasgadas se eu colocar outra distros isso mudaria ou não? Se sim me dêem opções de distro.

2 Curtidas

Posso citar o meu caso… rodando Horizon Chase Turbo…

Mesma máquina, mesmo driver de vídeo, mesma configuração no NVidia X Server Settings…

No Ubuntu 18.04 roda suave, sem engasgadas… sensação de velocidade total… já no Mint 19.2 dá umas pequenas travadinhas, não oferece a mesma sensação de suavidade e velocidade… dá a impressão que ocorre um pequeno lag… agora se me perguntar o pq… ainda estou em busca dessa resposta…

1 Curtida

Há um certo impacto sim. O Linux tem algumas configurações de segurança (como máximo de RAM por programa, máximo de arquivos por programa, máxima transferência de dados por programa, etc.) que variam de distro para distro, resultando em diferenças de performance (por exemplo, uma distro que dá 8GB de RAM por programa tem mais desempenho que uma que dá só 4GB).

Há tentativas de padronizar esse valores para maximizar desempenho em cima da segurança, como o Post Install Raul Dipeas.

2 Curtidas

Tem sim, isso depende da otimização de pacotes de cada sistema. Em tese você pode fazer tudo em uma distro de propósito geral, todavia, a forma como as coisas funcionam “por baixo do capô” tem uma leve variação que pode se fazer sensível.

No caso do overwatch via lutris, não mudará.

Esses pequenos engasgos são causados pela criação de um cache, que servirá para você ter um melhor desempenho futuramente. Grosseiramente explicando, funciona semelhante aos navegadores, já notou que as páginas demoram um pouquinho para carregar quando você acessa pela primeira vez ? Mas depois fica bem mais rápido. Então, o conceito é o mesmo. Esses engasgos serão cada vez menores conforme você joga. Quando todos os shaders forem compilados, os engasgos e perda de fps deixarão de existir.

Enfim, não sou a melhor pessoa para explicar quando o assunto são jogos.
Invoco o todo poderoso @EsdrasTarsis

Tem distros que vem com diversos serviços desnecessários ativados por padrão para abranger uma gama maior de necessidade dos seus usuários, isto é bom por um lado em que o usuário não precisa configurar nada, mas por outro há consumo desnecessário de memória e cpu.

Pode interferir no desempenho de jogos, não sei se é o seu caso, mas é bom dar uma olhada.

A maioria dos ambientes gráficos (GNOME, KDE, XFCE, etc.) possuem uma regra que funciona justamente pra não puxar recursos da placa de vídeo na hora que se esta jogando; o compositor de janelas fica em off quando você inicia um jogo e o desempenho, seja no GNOME ou KDE, vão ficar praticamente o mesmo. O que pode acontecer é que uma DE pode consumir mais RAM do que a outra e isso poderia interferir no desempenho em alguns casos. É muito improvável, mas não impossível.

Os problemas que você pode estar enfrentando pode ser com os drivers, configurações de energia, etc., o ambiente gráfico é o último a influenciar alguma coisa ai.

Nesse caso dos games o compositor do ambiente pode influenciar um pouco, eu fiz um teste com o Team Fortress 2 (jogo nativo em OpenGL da Valve feito na Source Engine), testei com o compositor do XFCE e o compton no jogo em fullscreen, toda vez que eu jogava com o compositor desativado eu ganhava cerca de 20 frames por segundo (FPS) do que com ele ativado, nos games no Wine+DXVK isso deve ocorrer menos, porém o Lutris já tem a opção de desativar os efeitos gráficos (compositor) quando o jogo é desativado.

Falando sobre os shaders, sempre vai haver stutterings (pequenos travamentos) quando eles são compilados, os shaders assim como os programas de computador eles são feitos com uma linguagem de programação, só que específica para eles como o GLSL da Khronos Group ou HLSL do DirectX da Microsoft e são compilados, porém eles são compilados enquanto um programa que usa uma api gráfica (exemplo: jogos) está sendo executado, e durante essa compilação é utilizado a GPU para isso, por isso pode ocorrer os stutterings, isso ocorre muito principalmente nos emuladores (no emulador de Wii U que testei (Cemu) isso ocorre com muita frequência), uma forma de contornar isso é baixar os shaders do jogo da internet que foram compilados em computadores de outros usuários ou da propria empresa que criou e/ou distribui eles, isso ocorre no script do Overwatch no Lutris, que baixa um .zip de cache do GitHub, e também com os games na Steam na opção “Shader Pre-Caching” nas configurações da loja.

Falando especifcamente sobre a dúvida que o tópico carrega, na minha opinião em performance de vídeo não há nenhuma diferença, ou a diferença é quase nula, o que causa alguma diferença na desempenho gráfico é o ambiente gráfico (ou as vezes nem isso e sim o compositor como eu falei anteriormente).

1 Curtida

Obrigado por responder mas tem como baixar esses shaders e colocar no overwatch? como que faz e também se vc puder me responder outra pergunta que ja fiz nos forums e ninguem consegue me responder, como que escolhe qual placa de som sai o som por exemplo tem a entrada frontal e a traseira, quando eu ligo o fone em uma entrada a outra some nao tem como eu escolher entre o fone e a caixa de som e um ou outro tenho que ficar desplugando no windows é uma coisa tao simples mas aqui no linux ta dificil resolver isso.

1 Curtida

O lutris já baixa e instala o statecache do DXVK (shaders) logo na instalação dele, se ainda ocorrer travamentos é porque está compilando o statecache de um mapa especifico, de uma explosão especifica, de um personagem específico que não está no arquivo de statecache que o lutris baixou (provavelmente por estar desatualizado), mas uma hora para.

Sobre o áudio eu configuro com o pavucontrol (controle de volume do pulse audio), e quando não resolve eu uso o Alsamixer pelo terminal, recomendo dar uma pesquisada nos dois.